Receitas tradicionais

Momentos de comida mais deliciosos de Kate Upton

Momentos de comida mais deliciosos de Kate Upton

Destacando as experiências gastronômicas da nova capa da Sports Illustrated

MLB Photos via Getty Images

É seguro dizer que quando a maioria das pessoas pensa na supermodelo Kate Upton, a nova garota da capa da edição anual de maiôs da Sports Illustrated, comida não é a primeira coisa que vem à mente. Mas dar uma olhada mais de perto em seus contratos de patrocínio, shows anteriores e aparições na mídia revela alguns fatos engraçados sobre a conexão de Upton com a comida.

Upton tem sido uma porta-voz das bebidas SoBe, ela afirmou em entrevistas que sua comida favorita é sushi (que ela come pelo menos cinco vezes por semana), e ela jogou em 2011 o jogo All-Star Legends & Celebrity Softball da Taco Bell no Chase Field em Phoenix - apenas para citar alguns fatos relacionados à comida. Por outro lado, o Daily Mail de Londres relatou que os amigos de Upton fizeram uma intervenção no ano passado porque sentiram que ela havia "se deixado levar" em relação ao seu peso.

Enquanto esta sereia da Sports Illustrated continua se destacando como modelo e atriz, dê uma olhada em alguns dos momentos relacionados com comida e bebida que ela experimentou ao longo do caminho. Além de alguns boatos interessantes que você pode não saber sobre ela.


Kate Upton é uma mulher que amamos

Passear no rodeio com a modelo de maiô mais famosa do mundo. Mas primeiro, um vídeo. E tesouras.

Publicado na edição de março de 2012 da Esquire

Kate Upton olha para baixo em seu iPhone enquanto ela corre em direção ao tapete vermelho improvisado no canto do Madison Square Garden. Um repórter de TV pergunta o que ela está fazendo aqui. "Estou aqui pelos touros!" ela diz. É sexta-feira à noite e ela está fazendo uma aparição voluntária no fim de semana anual dos Professional Bull Riders em Manhattan. Um velho pede para tirar uma fotografia com ela. Dois universitários. O tight end do New York Giants, Bear Pascoe. Um executivo da CBS, blogueiros, um Daily News escritor, os próprios paparazzi - ela obriga a todos. Antes de ir para o ringue, ela vê o grande troféu do campeonato de montaria em touro. "Meu feed precisa disso", diz ela. Ela abraça a xícara, chuta a bota no ar e seu agente tira uma foto. Um menino de 12 anos olha para ela, depois olha para o pai, depois olha para trás, é pego olhando pelo pai e então eles sorriem. Então ela posa para eles também, as mãos do pai tremendo.

Se alguma das pessoas que querem ser fotografadas com a supermodelo Kate Upton sabe quem ela é, eles a conhecem por sua aparência no Esportes ilustrados edição de maiô no ano passado, ou de um trailer para o próximo Três Patetas, em que ela interpreta uma freira saindo de uma piscina no que você pode chamar de roupa de trabalho clerical, ou de um vídeo carregado no Twitter no ano passado, dela dançando e cantando "Teach Me How to Dougie" na primeira fila de um jogo do Clippers. É um momento honesto de uma mulher de dezoito anos, e o vídeo mostra que ela está se divertindo muito. "As pessoas querem ver a personalidade. Caso contrário, fazem suposições, como" & mdash ela descreve um par de seios invisíveis com as mãos & mdash "'Sim, ela é bonita, mas provavelmente é uma vadia.' É por isso que todo mundo gosta do vídeo. Sou eu. Não foi planejado para o Twitter ou YouTube. É, tipo, real. "

Com as pernas para cima na primeira fila, no centro, cercado por doze mil pessoas, quarenta touros, um cavalo e um palhaço de rodeio, Upton muda de um texto para outro. Ela ganhou seu iPhone outro dia depois de deixar seu BlackBerry no banheiro outra noite na Flórida, onde ela cresceu cavalgando, antes de sua vida atual em Nova York. Nos últimos minutos, ela ouviu de seu avô sobre seu tempo como campeão de rodeio do Texas (sela e sem sela!) de sua mãe, encorajando-a (deve haver alguns cowboys bonitos lá & mdash você deve estar em seu elemento) de sua colega modelo e melhor amiga Lizzy Glynn, que está tentando chegar aos assentos de Upton desde que eles estão separados há três horas.

O locutor pede que o povo ore. Upton fica de pé (um metro e setenta e cinco, mais botas), continuando a checar seu feed do Twitter, e mostra sua primeira tatuagem. Ela recebeu isso outro dia também - uma cruz no lado esquerdo do dedo médio direito. “Os modelos de biquíni precisam ter cuidado”, diz ela.

Três dos cavaleiros do outro lado da cerca estão olhando por cima, penteando o cabelo enquanto dão meia-volta em direção à bandeira. Uma delas inclina o chapéu para ela, então ela sorri e faz uma saudação preguiçosa de escoteiro.

Em seguida, outro texto: a foto dela e o troféu, enviado pelo agente sentado ao lado dela. "Ótimo. Ok."

O hino nacional acabou e o show começou. Ela não tuíta há um dia, mas há pelo menos uma dúzia de menções a @KateUpton em seu feed de pessoas que viram a verdadeira Kate Upton esta noite. Você pode me montar como um touro é o favorito dela. “Gosto de ver tudo isso”, diz ela. "Até as coisas ruins." Ela pressiona upload quando o portão se abre e o primeiro touro ataca. Os cowboys ainda estão olhando para ela de vez em quando, e ela ainda está olhando para baixo, esperando por respostas.


Kate Upton é uma mulher que amamos

Passear no rodeio com a modelo de maiô mais famosa do mundo. Mas primeiro, um vídeo. E tesouras.

Publicado na edição de março de 2012 da Esquire

Kate Upton olha para baixo em seu iPhone enquanto ela corre em direção ao tapete vermelho improvisado no canto do Madison Square Garden. Um repórter de TV pergunta o que ela está fazendo aqui. "Estou aqui pelos touros!" ela diz. É sexta-feira à noite e ela está fazendo uma aparição voluntária no fim de semana anual dos Professional Bull Riders em Manhattan. Um velho pede para tirar uma fotografia com ela. Dois universitários. O tight end do New York Giants, Bear Pascoe. Um executivo da CBS, blogueiros, um Daily News escritor, os próprios paparazzi - ela obriga a todos. Antes de ir para o ringue, ela vê o grande troféu de montaria em touros. "Meu feed precisa disso", diz ela. Ela abraça a xícara, chuta a bota no ar e seu agente tira uma foto. Um menino de 12 anos olha para ela, depois olha para o pai, depois olha para trás, é pego olhando pelo pai e então eles sorriem. Então ela posa para eles também, as mãos do pai tremendo.

Se alguma das pessoas que querem ser fotografadas com a supermodelo Kate Upton sabe quem ela é, eles a conhecem por sua aparência no Esportes ilustrados edição de maiô no ano passado, ou de um trailer para o próximo Três Patetas, em que ela interpreta uma freira saindo de uma piscina no que você pode chamar de roupa de trabalho clerical, ou de um vídeo carregado no Twitter no ano passado, dela dançando e cantando junto com "Teach Me How to Dougie" na primeira fila de um jogo do Clippers. É um momento honesto de uma mulher de dezoito anos, e o vídeo mostra que ela está se divertindo muito. "As pessoas querem ver a personalidade. Caso contrário, fazem suposições, como" & mdash ela descreve um par de seios invisíveis com as mãos & mdash "'Sim, ela é bonita, mas provavelmente é uma vadia.' É por isso que todo mundo gosta do vídeo. Sou eu. Não foi planejado para o Twitter ou YouTube. É, tipo, real. "

Com as pernas para cima na primeira fila, no centro, cercado por doze mil pessoas, quarenta touros, um cavalo e um palhaço de rodeio, Upton muda de um texto para outro. Ela ganhou seu iPhone outro dia depois de deixar seu BlackBerry no banheiro na outra noite na Flórida, onde ela cresceu cavalgando, antes de sua vida atual em Nova York. Nos últimos minutos, ela ouviu de seu avô sobre seu tempo como campeão de rodeio do Texas (sela e sem sela!) de sua mãe, encorajando-a (deve haver alguns cowboys bonitos lá & mdash você deve estar em seu elemento) de sua colega modelo e melhor amiga Lizzy Glynn, que está tentando chegar aos assentos de Upton desde que eles estão separados há três horas.

O locutor pede que o povo ore. Upton fica de pé (um metro e setenta e cinco, mais botas), continuando a verificar seu feed do Twitter, e mostra sua primeira tatuagem. Ela recebeu isso outro dia também - uma cruz no lado esquerdo do dedo médio direito. “Os modelos de biquíni precisam ter cuidado”, diz ela.

Três dos cavaleiros do outro lado da cerca estão olhando por cima, penteando o cabelo enquanto dão meia-volta em direção à bandeira. Uma delas inclina o chapéu para ela, então ela sorri e faz uma saudação preguiçosa de escoteiro.

Em seguida, outro texto: a foto dela e o troféu, enviado pelo agente sentado ao lado dela. "Ótimo. Ok."

O hino nacional acabou e o show começou. Ela não tuíta há um dia, mas há pelo menos uma dúzia de menções a @KateUpton em seu feed de pessoas que viram a verdadeira Kate Upton esta noite. Você pode me montar como um touro é o favorito dela. “Gosto de ver tudo isso”, diz ela. "Até as coisas ruins." Ela pressiona upload quando o portão se abre e o primeiro touro ataca. Os cowboys ainda estão olhando para ela de vez em quando, e ela ainda está olhando para baixo, esperando por respostas.


Kate Upton é uma mulher que amamos

Passear no rodeio com a modelo de maiô mais famosa do mundo. Mas primeiro, um vídeo. E tesouras.

Publicado na edição de março de 2012 da Esquire

Kate Upton olha para baixo em seu iPhone enquanto ela corre em direção ao tapete vermelho improvisado no canto do Madison Square Garden. Um repórter de TV pergunta o que ela está fazendo aqui. "Estou aqui pelos touros!" ela diz. É sexta-feira à noite e ela está fazendo uma aparição voluntária no fim de semana anual dos Professional Bull Riders em Manhattan. Um velho pede para tirar uma fotografia com ela. Dois universitários. O tight end do New York Giants, Bear Pascoe. Um executivo da CBS, blogueiros, um Daily News escritor, os próprios paparazzi - ela obriga a todos. Antes de ir para o ringue, ela vê o grande troféu do campeonato de montaria em touro. "Meu feed precisa disso", diz ela. Ela abraça a xícara, chuta a bota no ar e seu agente tira uma foto. Um menino de 12 anos olha para ela, depois olha para o pai, depois olha para trás, é pego olhando pelo pai e então eles sorriem. Então ela posa para eles também, as mãos do pai tremendo.

Se alguma das pessoas que querem ser fotografadas com a supermodelo Kate Upton sabe quem ela é, eles a conhecem por sua aparência no Esportes ilustrados edição de maiô no ano passado, ou de um trailer do próximo Três Patetas, em que ela interpreta uma freira saindo de uma piscina no que você pode chamar de roupa de trabalho clerical, ou de um vídeo carregado no Twitter no ano passado, dela dançando e cantando "Teach Me How to Dougie" na primeira fila de um jogo do Clippers. É um momento honesto de uma mulher de dezoito anos, e o vídeo mostra que ela está se divertindo muito. "As pessoas querem ver a personalidade. Caso contrário, fazem suposições, como" & mdash ela descreve um par de seios invisíveis com as mãos & mdash "'Sim, ela é bonita, mas provavelmente é uma vadia.' É por isso que todo mundo gosta do vídeo. Sou eu. Não foi planejado para o Twitter ou YouTube. É, tipo, real. "

Com as pernas para cima na primeira fila, no centro, cercado por doze mil pessoas, quarenta touros, um cavalo e um palhaço de rodeio, Upton muda de um texto para outro. Ela ganhou seu iPhone outro dia depois de deixar seu BlackBerry no banheiro na outra noite na Flórida, onde ela cresceu cavalgando, antes de sua vida atual em Nova York. Nos últimos minutos, ela ouviu de seu avô sobre seu tempo como campeão de rodeio do Texas (sela e sem sela!) de sua mãe, encorajando-a (deve haver alguns cowboys bonitos lá & mdash você deve estar em seu elemento) de sua colega modelo e melhor amiga Lizzy Glynn, que está tentando chegar aos assentos de Upton desde que eles estão separados há três horas.

O locutor pede que o povo ore. Upton fica de pé (um metro e setenta e cinco, mais botas), continuando a verificar seu feed do Twitter, e mostra sua primeira tatuagem. Ela recebeu isso outro dia também - uma cruz no lado esquerdo do dedo médio direito. “Os modelos de biquíni precisam ter cuidado”, diz ela.

Três dos cavaleiros do outro lado da cerca estão olhando por cima, penteando o cabelo enquanto dão meia-volta em direção à bandeira. Uma delas inclina o chapéu para ela, então ela sorri e faz uma saudação preguiçosa de escoteiro.

Em seguida, outro texto: a foto dela e o troféu, enviado pelo agente sentado ao lado dela. "Ótimo. Ok."

O hino nacional acabou e o show começou. Ela não tuíta há um dia, mas há pelo menos uma dúzia de menções a @KateUpton em seu feed de pessoas que viram a verdadeira Kate Upton esta noite. Você pode me montar como um touro é o favorito dela. “Gosto de ver tudo isso”, diz ela. "Até as coisas ruins." Ela pressiona upload quando o portão se abre e o primeiro touro ataca. Os cowboys ainda estão olhando para ela de vez em quando, e ela ainda está olhando para baixo, esperando por respostas.


Kate Upton é uma mulher que amamos

Passear no rodeio com a modelo de maiô mais famosa do mundo. Mas primeiro, um vídeo. E tesouras.

Publicado na edição de março de 2012 da Esquire

Kate Upton olha para baixo em seu iPhone enquanto ela corre em direção ao tapete vermelho improvisado no canto do Madison Square Garden. Um repórter de TV pergunta o que ela está fazendo aqui. "Estou aqui pelos touros!" ela diz. É sexta-feira à noite e ela está fazendo uma aparição voluntária no fim de semana anual dos Professional Bull Riders em Manhattan. Um velho pede para tirar uma fotografia com ela. Dois universitários. O tight end do New York Giants, Bear Pascoe. Um executivo da CBS, blogueiros, um Daily News escritor, os próprios paparazzi - ela obriga a todos. Antes de ir para o ringue, ela vê o grande troféu de montaria em touros. "Meu feed precisa disso", diz ela. Ela abraça a xícara, chuta a bota no ar e seu agente tira uma foto. Um menino de 12 anos olha para ela, depois olha para o pai, depois olha para trás, é pego olhando pelo pai e então eles sorriem. Então ela posa para eles também, as mãos do pai tremendo.

Se alguma das pessoas que querem ser fotografadas com a supermodelo Kate Upton sabe quem ela é, eles a conhecem por sua aparência no Esportes ilustrados edição de maiô no ano passado, ou de um trailer para o próximo Três Patetas, em que ela interpreta uma freira saindo de uma piscina no que você pode chamar de roupa de trabalho clerical, ou de um vídeo carregado no Twitter no ano passado, dela dançando e cantando "Teach Me How to Dougie" na primeira fila de um jogo do Clippers. É um momento honesto de uma mulher de dezoito anos, e o vídeo mostra que ela está se divertindo muito. "As pessoas querem ver a personalidade. Caso contrário, fazem suposições, como" & mdash ela descreve um par de seios invisíveis com as mãos & mdash "'Sim, ela é bonita, mas provavelmente é uma vadia.' É por isso que todo mundo gosta do vídeo. Sou eu. Não foi planejado para o Twitter ou YouTube. É, tipo, real. "

Com as pernas para cima na primeira fila, no centro, cercado por doze mil pessoas, quarenta touros, um cavalo e um palhaço de rodeio, Upton muda de um texto para outro. Ela ganhou seu iPhone outro dia depois de deixar seu BlackBerry no banheiro outra noite na Flórida, onde ela cresceu cavalgando, antes de sua vida atual em Nova York. Nos últimos minutos, ela ouviu de seu avô sobre seu tempo como campeão de rodeio do Texas (sela e sem sela!) de sua mãe, encorajando-a (deve haver alguns cowboys bonitos lá & mdash você deve estar em seu elemento) de sua colega modelo e melhor amiga Lizzy Glynn, que está tentando chegar aos assentos de Upton desde que eles estão separados há três horas.

O locutor pede que o povo ore. Upton fica de pé (um metro e setenta e cinco, mais botas), continuando a checar seu feed do Twitter, e mostra sua primeira tatuagem. Ela recebeu isso outro dia também - uma cruz no lado esquerdo do dedo médio direito. “Os modelos de biquíni precisam ter cuidado”, diz ela.

Três dos cavaleiros do outro lado da cerca estão olhando por cima, penteando o cabelo enquanto dão meia-volta em direção à bandeira. Uma delas inclina o chapéu para ela, então ela sorri e faz uma saudação preguiçosa de escoteiro.

Em seguida, outro texto: a foto dela e o troféu, enviado pelo agente sentado ao lado dela. "Ótimo. Ok."

O hino nacional acabou e o show começou. Ela não tuíta há um dia, mas há pelo menos uma dúzia de menções a @KateUpton em seu feed de pessoas que viram a verdadeira Kate Upton esta noite. Você pode me montar como um touro é o favorito dela. “Gosto de ver tudo isso”, diz ela. "Até as coisas ruins." Ela pressiona upload quando o portão se abre e o primeiro touro ataca. Os cowboys ainda estão olhando para ela de vez em quando, e ela ainda está olhando para baixo, esperando por respostas.


Kate Upton é uma mulher que amamos

Passear no rodeio com a modelo de maiô mais famosa do mundo. Mas primeiro, um vídeo. E tesouras.

Publicado na edição de março de 2012 da Esquire

Kate Upton olha para baixo em seu iPhone enquanto ela corre em direção ao tapete vermelho improvisado no canto do Madison Square Garden. Um repórter de TV pergunta o que ela está fazendo aqui. "Estou aqui pelos touros!" ela diz. É sexta-feira à noite e ela está fazendo uma aparição voluntária no fim de semana anual dos Professional Bull Riders em Manhattan. Um velho pede para tirar uma fotografia com ela. Dois universitários. O tight end do New York Giants, Bear Pascoe. Um executivo da CBS, blogueiros, um Daily News escritor, os próprios paparazzi - ela obriga a todos. Antes de ir para o ringue, ela vê o grande troféu de montaria em touros. "Meu feed precisa disso", diz ela. Ela abraça a xícara, chuta a bota no ar e seu agente tira uma foto. Um menino de 12 anos olha para ela, depois olha para o pai, depois olha para trás, é pego olhando pelo pai e então eles sorriem. Então ela posa para eles também, as mãos do pai tremendo.

Se alguma das pessoas que querem ser fotografadas com a supermodelo Kate Upton sabe quem ela é, eles a conhecem por sua aparência no Esportes ilustrados edição de maiô no ano passado, ou de um trailer do próximo Três Patetas, em que ela interpreta uma freira saindo de uma piscina no que você pode chamar de roupa de trabalho clerical, ou de um vídeo carregado no Twitter no ano passado, dela dançando e cantando "Teach Me How to Dougie" na primeira fila de um jogo do Clippers. É um momento honesto de uma mulher de dezoito anos, e o vídeo mostra que ela está se divertindo muito. "As pessoas querem ver a personalidade. Caso contrário, fazem suposições, como" & mdash ela descreve um par de seios invisíveis com as mãos & mdash "'Sim, ela é bonita, mas provavelmente é uma vadia.' É por isso que todo mundo gosta do vídeo. Sou eu. Não foi planejado para o Twitter ou YouTube. É, tipo, real. "

Com as pernas para cima na primeira fila, no centro, cercado por doze mil pessoas, quarenta touros, um cavalo e um palhaço de rodeio, Upton muda de um texto para outro. Ela ganhou seu iPhone outro dia depois de deixar seu BlackBerry no banheiro outra noite na Flórida, onde ela cresceu cavalgando, antes de sua vida atual em Nova York. Nos últimos minutos, ela ouviu de seu avô sobre seu tempo como campeão de rodeio do Texas (sela e sem sela!) de sua mãe, encorajando-a (deve haver alguns cowboys bonitos lá & mdash você deve estar em seu elemento) de sua colega modelo e melhor amiga Lizzy Glynn, que está tentando chegar aos assentos de Upton desde que eles estão separados há três horas.

O locutor pede que o povo ore. Upton fica de pé (um metro e setenta e cinco, mais botas), continuando a verificar seu feed do Twitter, e mostra sua primeira tatuagem. Ela recebeu isso outro dia também - uma cruz no lado esquerdo do dedo médio direito. “Os modelos de biquíni precisam ter cuidado”, diz ela.

Três dos cavaleiros do outro lado da cerca estão olhando por cima, penteando o cabelo enquanto dão meia-volta em direção à bandeira. Uma delas inclina o chapéu para ela, então ela sorri e faz uma saudação preguiçosa de escoteiro.

Em seguida, outro texto: a foto dela e o troféu, enviado pelo agente sentado ao lado dela. "Ótimo. Ok."

O hino nacional acabou e o show começou. Ela não tuíta há um dia, mas há pelo menos uma dúzia de menções a @KateUpton em seu feed de pessoas que viram a verdadeira Kate Upton esta noite. Você pode me montar como um touro é o favorito dela. “Gosto de ver tudo isso”, diz ela. "Até as coisas ruins." Ela pressiona upload quando o portão se abre e o primeiro touro ataca. Os cowboys ainda estão olhando para ela de vez em quando, e ela ainda está olhando para baixo, esperando por respostas.


Kate Upton é uma mulher que amamos

Passear no rodeio com a modelo de maiô mais famosa do mundo. Mas primeiro, um vídeo. E tesouras.

Publicado na edição de março de 2012 da Esquire

Kate Upton olha para baixo em seu iPhone enquanto ela corre em direção ao tapete vermelho improvisado no canto do Madison Square Garden. Um repórter de TV pergunta o que ela está fazendo aqui. "Estou aqui pelos touros!" ela diz. É sexta-feira à noite e ela está fazendo uma aparição voluntária no fim de semana anual dos Professional Bull Riders em Manhattan. Um velho pede para tirar uma fotografia com ela. Dois universitários. O tight end do New York Giants, Bear Pascoe. Um executivo da CBS, blogueiros, um Daily News escritor, os próprios paparazzi - ela obriga a todos. Antes de ir para o ringue, ela vê o grande troféu do campeonato de montaria em touro. "Meu feed precisa disso", diz ela. Ela abraça a xícara, chuta a bota no ar e seu agente tira uma foto. Um menino de 12 anos olha para ela, depois olha para o pai, depois olha para trás, é pego olhando pelo pai e então eles sorriem. Então ela posa para eles também, as mãos do pai tremendo.

Se alguma das pessoas que querem ser fotografadas com a supermodelo Kate Upton sabe quem ela é, eles a conhecem por sua aparência no Esportes ilustrados edição de maiô no ano passado, ou de um trailer para o próximo Três Patetas, em que ela interpreta uma freira saindo de uma piscina no que você pode chamar de roupa de trabalho clerical, ou de um vídeo carregado no Twitter no ano passado, dela dançando e cantando "Teach Me How to Dougie" na primeira fila de um jogo do Clippers. É um momento honesto de uma mulher de dezoito anos, e o vídeo mostra que ela está se divertindo muito. "As pessoas querem ver a personalidade. Caso contrário, fazem suposições, como" & mdash ela descreve um par de seios invisíveis com as mãos & mdash "'Sim, ela é bonita, mas provavelmente é uma vadia.' É por isso que todo mundo gosta do vídeo. Sou eu. Não foi planejado para o Twitter ou YouTube. É, tipo, real. "

Com as pernas para cima na primeira fila, no centro, cercado por doze mil pessoas, quarenta touros, um cavalo e um palhaço de rodeio, Upton muda de um texto para outro. Ela ganhou seu iPhone outro dia depois de deixar seu BlackBerry no banheiro outra noite na Flórida, onde ela cresceu cavalgando, antes de sua vida atual em Nova York. Nos últimos minutos, ela ouviu de seu avô sobre seu tempo como campeão de rodeio do Texas (sela e sem sela!) de sua mãe, encorajando-a (deve haver alguns cowboys bonitos lá & mdash você deve estar em seu elemento) de sua colega modelo e melhor amiga Lizzy Glynn, que está tentando chegar aos assentos de Upton desde que eles estão separados há três horas.

O locutor pede que o povo ore. Upton fica de pé (um metro e setenta e cinco, mais botas), continuando a verificar seu feed do Twitter, e mostra sua primeira tatuagem. Ela recebeu isso outro dia também - uma cruz no lado esquerdo do dedo médio direito. “Os modelos de biquíni precisam ter cuidado”, diz ela.

Três dos cavaleiros do outro lado da cerca estão olhando por cima, penteando o cabelo enquanto dão meia-volta em direção à bandeira. Uma delas inclina o chapéu para ela, então ela sorri e faz uma saudação preguiçosa de escoteiro.

Em seguida, outro texto: a foto dela e o troféu, enviado pelo agente sentado ao lado dela. "Ótimo. Ok."

O hino nacional acabou e o show começou. Ela não tuíta há um dia, mas há pelo menos uma dúzia de menções a @KateUpton em seu feed de pessoas que viram a verdadeira Kate Upton esta noite. Você pode me montar como um touro é o favorito dela. “Gosto de ver tudo isso”, diz ela. "Até as coisas ruins." Ela pressiona upload quando o portão se abre e o primeiro touro ataca. Os cowboys ainda estão olhando para ela de vez em quando, e ela ainda está olhando para baixo, esperando por respostas.


Kate Upton é uma mulher que amamos

Passear no rodeio com a modelo de maiô mais famosa do mundo. Mas primeiro, um vídeo. E tesouras.

Publicado na edição de março de 2012 da Esquire

Kate Upton olha para baixo em seu iPhone enquanto ela corre em direção ao tapete vermelho improvisado no canto do Madison Square Garden. Um repórter de TV pergunta o que ela está fazendo aqui. "Estou aqui pelos touros!" ela diz. É sexta-feira à noite e ela está fazendo uma aparição voluntária no fim de semana anual dos Professional Bull Riders em Manhattan. Um velho pede para tirar uma fotografia com ela. Dois universitários. O tight end do New York Giants, Bear Pascoe. Um executivo da CBS, blogueiros, um Daily News escritor, os próprios paparazzi - ela obriga a todos. Antes de ir para o ringue, ela vê o grande troféu do campeonato de montaria em touro. "Meu feed precisa disso", diz ela. Ela abraça a xícara, chuta a bota no ar e seu agente tira uma foto. Um menino de 12 anos olha para ela, depois olha para o pai, depois olha para trás, é pego olhando pelo pai e então eles sorriem. Então ela posa para eles também, as mãos do pai tremendo.

Se alguma das pessoas que querem ser fotografadas com a supermodelo Kate Upton sabe quem ela é, eles a conhecem por sua aparência no Esportes ilustrados edição de maiô no ano passado, ou de um trailer para o próximo Três Patetas, em que ela interpreta uma freira saindo de uma piscina no que você pode chamar de roupa de trabalho clerical, ou de um vídeo carregado no Twitter no ano passado, dela dançando e cantando junto com "Teach Me How to Dougie" na primeira fila de um jogo do Clippers. É um momento honesto de uma mulher de dezoito anos, e o vídeo mostra que ela está se divertindo muito. "As pessoas querem ver a personalidade. Caso contrário, fazem suposições, como" & mdash ela descreve um par de seios invisíveis com as mãos & mdash "'Sim, ela é bonita, mas provavelmente é uma vadia.' É por isso que todo mundo gosta do vídeo. Sou eu. Não foi planejado para o Twitter ou YouTube. É, tipo, real. "

Com as pernas para cima na primeira fila, no centro, cercado por doze mil pessoas, quarenta touros, um cavalo e um palhaço de rodeio, Upton muda de um texto para outro. Ela ganhou seu iPhone outro dia depois de deixar seu BlackBerry no banheiro outra noite na Flórida, onde ela cresceu cavalgando, antes de sua vida atual em Nova York. Nos últimos minutos, ela ouviu de seu avô sobre seu tempo como campeão de rodeio do Texas (sela e sem sela!) de sua mãe, encorajando-a (deve haver alguns cowboys bonitos lá & mdash você deve estar em seu elemento) de sua colega modelo e melhor amiga Lizzy Glynn, que está tentando chegar aos assentos de Upton desde que eles estão separados há três horas.

O locutor pede que o povo ore. Upton fica de pé (um metro e setenta e cinco, mais botas), continuando a verificar seu feed do Twitter, e mostra sua primeira tatuagem. Ela recebeu isso outro dia também - uma cruz no lado esquerdo do dedo médio direito. “Os modelos de biquíni precisam ter cuidado”, diz ela.

Três dos cavaleiros do outro lado da cerca estão olhando por cima, penteando o cabelo enquanto dão meia-volta em direção à bandeira. Uma delas inclina o chapéu para ela, então ela sorri e faz uma saudação preguiçosa de escoteiro.

Em seguida, outro texto: a foto dela e o troféu, enviado pelo agente sentado ao lado dela. "Ótimo. Ok."

O hino nacional acabou e o show começou. Ela não tuíta há um dia, mas há pelo menos uma dúzia de menções a @KateUpton em seu feed de pessoas que viram a verdadeira Kate Upton esta noite. Você pode me montar como um touro é o favorito dela. “Gosto de ver tudo isso”, diz ela. "Até as coisas ruins." Ela pressiona upload quando o portão se abre e o primeiro touro ataca. Os cowboys ainda estão olhando para ela de vez em quando, e ela ainda está olhando para baixo, esperando por respostas.


Kate Upton é uma mulher que amamos

Passear no rodeio com a modelo de maiô mais famosa do mundo. Mas primeiro, um vídeo. E tesouras.

Publicado na edição de março de 2012 da Esquire

Kate Upton olha para baixo em seu iPhone enquanto ela corre em direção ao tapete vermelho improvisado no canto do Madison Square Garden. Um repórter de TV pergunta o que ela está fazendo aqui. "Estou aqui pelos touros!" ela diz. É sexta-feira à noite e ela está fazendo uma aparição voluntária no fim de semana anual dos Professional Bull Riders em Manhattan. Um velho pede para tirar uma fotografia com ela. Dois universitários. O tight end do New York Giants, Bear Pascoe. Um executivo da CBS, blogueiros, um Daily News escritor, os próprios paparazzi - ela obriga a todos. Antes de ir para o ringue, ela vê o grande troféu do campeonato de montaria em touro. "Meu feed precisa disso", diz ela. Ela abraça a xícara, chuta a bota no ar e seu agente tira uma foto. Um menino de 12 anos olha para ela, depois olha para o pai, depois olha para trás, é pego olhando pelo pai e então eles sorriem. Então ela posa para eles também, as mãos do pai tremendo.

Se alguma das pessoas que querem ser fotografadas com a supermodelo Kate Upton sabe quem ela é, eles a conhecem por sua aparência no Esportes ilustrados edição de maiô no ano passado, ou de um trailer do próximo Três Patetas, em que ela interpreta uma freira saindo de uma piscina no que você pode chamar de roupa de trabalho clerical, ou de um vídeo carregado no Twitter no ano passado, dela dançando e cantando "Teach Me How to Dougie" na primeira fila de um jogo do Clippers. É um momento honesto de uma mulher de dezoito anos, e o vídeo mostra que ela está se divertindo muito. "As pessoas querem ver a personalidade. Caso contrário, fazem suposições, como" & mdash ela descreve um par de seios invisíveis com as mãos & mdash "'Sim, ela é bonita, mas provavelmente é uma vadia.' É por isso que todo mundo gosta do vídeo. Sou eu. Não foi planejado para o Twitter ou YouTube. É, tipo, real. "

Com as pernas para cima na primeira fila, no centro, cercado por doze mil pessoas, quarenta touros, um cavalo e um palhaço de rodeio, Upton muda de um texto para outro. Ela ganhou seu iPhone outro dia depois de deixar seu BlackBerry no banheiro outra noite na Flórida, onde ela cresceu cavalgando, antes de sua vida atual em Nova York. Nos últimos minutos, ela ouviu de seu avô sobre seu tempo como campeão de rodeio do Texas (sela e sem sela!) de sua mãe, encorajando-a (deve haver alguns cowboys fofos lá & mdash você deve estar em seu elemento) de sua colega modelo e melhor amiga Lizzy Glynn, que está tentando chegar aos assentos de Upton desde que eles estão separados há três horas.

O locutor pede que o povo ore. Upton fica de pé (um metro e setenta e cinco, mais botas), continuando a verificar seu feed do Twitter, e mostra sua primeira tatuagem. Ela recebeu isso outro dia também - uma cruz no lado esquerdo do dedo médio direito. “Os modelos de biquíni precisam ter cuidado”, diz ela.

Três dos cavaleiros do outro lado da cerca estão olhando por cima, penteando o cabelo enquanto dão meia-volta em direção à bandeira. Uma delas inclina o chapéu para ela, então ela sorri e faz uma saudação preguiçosa de escoteiro.

Em seguida, outro texto: a foto dela e o troféu, enviado pelo agente sentado ao lado dela. "Ótimo. Ok."

The national anthem is over and the show begins. She has not tweeted in a day, but there are at least a dozen mentions of @KateUpton in her feed from the people who have seen the real Kate Upton tonight. You can ride me like a bull is her favorite. "I like to see all of it," she says. "Even the bad stuff." She presses upload as the gate opens and the first bull charges. The cowboys are still looking at her every now and then, and she is still looking down, waiting for responses.


Kate Upton Is a Woman We Love

Hanging out at the rodeo with the most famous swimsuit model in the world. But first, a video. And scissors.

Published in the March 2012 issue of Esquire

Kate Upton looks down at her iPhone as she charges toward the makeshift red carpet in the corner of Madison Square Garden. A TV reporter asks her what she is doing here. "I'm here for the bulls!" ela diz. It's Friday night, and she's making a volunteer appearance at the Professional Bull Riders' annual weekend in Manhattan. An old man asks to have his photograph taken with her. Two college kids. The New York Giants tight end Bear Pascoe. A CBS executive, bloggers, a Daily News writer, the paparazzi itself--she obliges them all. Before heading to the ring, she sees the big championship bull-riding trophy. "My feed needs this," she says. She hugs the cup, kicks a boot in the air, and her agent takes a photo. A twelve-year-old boy looks at her, then looks at his father, then looks back, then gets caught looking by his father, and then they smile. So she poses for them, too, the father's hands trembling.

If any of the people wanting to be photographed with the supermodel Kate Upton know who she is, they know her from her appearance in the Esportes ilustrados swimsuit issue last year, or from a trailer for the upcoming Three Stooges, in which she plays a nun exiting a pool in what you might call clerical resort wear, or from a video uploaded to Twitter last year of her dancing and singing along to "Teach Me How to Dougie" in the front row of a Clippers game. It's an honest moment from an eighteen-year-old woman, and the video shows her having an unmistakably great time. "People want to see personality. Otherwise they make assumptions, like" &mdash she describes a pair of invisible breasts with her hands &mdash "'Yeah, she's pretty, but she's probably a bitch.' That's why everyone likes the video. It's me. It wasn't planned for Twitter or YouTube. It's, like, real."

Legs up in the front row, center, surrounded by twelve thousand people, forty bulls, one horse, and a rodeo clown, Upton switches from one text to another. She got her iPhone the other day after dropping her BlackBerry in the toilet the other night in Florida, where she grew up riding horses, before her current life in New York. In the last few minutes, she has heard from her grandfather about his time as a Texas rodeo champion (saddleback and bareback!) from her mother, encouraging her (must be some cute cowboys there &mdash you should be in your element) from her fellow model and best friend Lizzy Glynn, who's been trying to get to Upton's seats since they've been apart for a whole three hours now.

The announcer asks the people to pray. Upton stands tall (five foot ten, plus boots), continuing to check her Twitter feed, and shows off her first tattoo. She got this the other day as well &mdash a cross on the left side of her right middle finger. "Bikini models have to be careful," she says.

Three of the bull riders on the other side of the fence are glancing over, combing their hair as they half-turn toward the flag. One of them tips his hat her way, so she smiles and gives him a lazy little Boy Scout salute.

Then another text: the photo of her and the trophy, sent from the agent sitting next to her. "Great. Okay."

The national anthem is over and the show begins. She has not tweeted in a day, but there are at least a dozen mentions of @KateUpton in her feed from the people who have seen the real Kate Upton tonight. You can ride me like a bull is her favorite. "I like to see all of it," she says. "Even the bad stuff." She presses upload as the gate opens and the first bull charges. The cowboys are still looking at her every now and then, and she is still looking down, waiting for responses.


Kate Upton Is a Woman We Love

Hanging out at the rodeo with the most famous swimsuit model in the world. But first, a video. And scissors.

Published in the March 2012 issue of Esquire

Kate Upton looks down at her iPhone as she charges toward the makeshift red carpet in the corner of Madison Square Garden. A TV reporter asks her what she is doing here. "I'm here for the bulls!" ela diz. It's Friday night, and she's making a volunteer appearance at the Professional Bull Riders' annual weekend in Manhattan. An old man asks to have his photograph taken with her. Two college kids. The New York Giants tight end Bear Pascoe. A CBS executive, bloggers, a Daily News writer, the paparazzi itself--she obliges them all. Before heading to the ring, she sees the big championship bull-riding trophy. "My feed needs this," she says. She hugs the cup, kicks a boot in the air, and her agent takes a photo. A twelve-year-old boy looks at her, then looks at his father, then looks back, then gets caught looking by his father, and then they smile. So she poses for them, too, the father's hands trembling.

If any of the people wanting to be photographed with the supermodel Kate Upton know who she is, they know her from her appearance in the Esportes ilustrados swimsuit issue last year, or from a trailer for the upcoming Three Stooges, in which she plays a nun exiting a pool in what you might call clerical resort wear, or from a video uploaded to Twitter last year of her dancing and singing along to "Teach Me How to Dougie" in the front row of a Clippers game. It's an honest moment from an eighteen-year-old woman, and the video shows her having an unmistakably great time. "People want to see personality. Otherwise they make assumptions, like" &mdash she describes a pair of invisible breasts with her hands &mdash "'Yeah, she's pretty, but she's probably a bitch.' That's why everyone likes the video. It's me. It wasn't planned for Twitter or YouTube. It's, like, real."

Legs up in the front row, center, surrounded by twelve thousand people, forty bulls, one horse, and a rodeo clown, Upton switches from one text to another. She got her iPhone the other day after dropping her BlackBerry in the toilet the other night in Florida, where she grew up riding horses, before her current life in New York. In the last few minutes, she has heard from her grandfather about his time as a Texas rodeo champion (saddleback and bareback!) from her mother, encouraging her (must be some cute cowboys there &mdash you should be in your element) from her fellow model and best friend Lizzy Glynn, who's been trying to get to Upton's seats since they've been apart for a whole three hours now.

The announcer asks the people to pray. Upton stands tall (five foot ten, plus boots), continuing to check her Twitter feed, and shows off her first tattoo. She got this the other day as well &mdash a cross on the left side of her right middle finger. "Bikini models have to be careful," she says.

Three of the bull riders on the other side of the fence are glancing over, combing their hair as they half-turn toward the flag. One of them tips his hat her way, so she smiles and gives him a lazy little Boy Scout salute.

Then another text: the photo of her and the trophy, sent from the agent sitting next to her. "Great. Okay."

The national anthem is over and the show begins. She has not tweeted in a day, but there are at least a dozen mentions of @KateUpton in her feed from the people who have seen the real Kate Upton tonight. You can ride me like a bull is her favorite. "I like to see all of it," she says. "Even the bad stuff." She presses upload as the gate opens and the first bull charges. The cowboys are still looking at her every now and then, and she is still looking down, waiting for responses.


Assista o vídeo: Kate Uptons Effect on Men (Dezembro 2021).