Receitas tradicionais

Um coquetel de caviar moderno

Um coquetel de caviar moderno

O caviar pode parecer um item de luxo fora de alcance, e geralmente é. Mas com Caviarcubos de Petrossian, está disponível para uma nova geração de apreciadores de caviar. Esses minúsculos quadrados de caviar compactados estão cheios de sabor - e podem ser adquiridos por um preço "razoável". Um frasco custa US $ 45 e contém cerca de 12 a 16 cubos. Eles podem ser facilmente usados ​​em coquetéis, shoters e uma variedade de pequenos pratos - aqui está um plano de menu para um coquetel divertido projetado inteiramente em torno deles.

Bebidas

O czar

Caviar e pepino são uma combinação natural. Caviar, pepino e vodka - ainda melhor. Este coquetel é elegante e fresco, e o caviar prensado adiciona um toque agradável de sal e riqueza.

O Caviar2 [ao quadrado]

Como você melhora um enfeite de caviar? Você adiciona mais caviar! Além do cubo, este coquetel traz também uma azeitona recheada com caviar e uma cebola perolada em conserva. Para quem gosta desse tipo de coisa, é tudo ácido, salgado e picante - uma boa combinação para um coquetel forte.

martini

No entanto, você toma o seu martini - sujo ou seco, batido ou mexido, gim ou vodka - com um toque especial e o Caviarcube o torna uma experiência nova e divertida.

Shots de vodka

Esta é uma maneira de vestir a dose de vodka do dia a dia. Deixe-se levar por uma vodca de primeira qualidade e sirva em copos de shot resfriados guarnecidos com um Caviarcube e rodela de pepino. O sal do cubo é um ótimo caçador para limpar o palato.

Vinho espumante

Embora Champagne venha imediatamente à mente, não é o único espumante que funciona com caviar. Desfrute dos cubos entre goles de variedades de espumante com preços mais moderados, como Prosecco ou Cava.

Aperitivos

Iguarias pequenas que criam uma combinação refrescante de pepino fresco e caviar salgado.

Azeitonas Recheadas com Caviar

"Peg quadrado, buraco redondo" é como gostamos de descrever este aperitivo simples e espetado. Basta colocar um cubo de caviar dentro da azeitona sem caroço (de preferência verde), furar com um palito e arrumá-la em uma travessa.

Basta substituir a colher de caviar nesta receita impressionante de hors d'oeuvre de Étoile do Vale de Napa por um cubo de caviar.

Um prato que parece mais difícil de compor do que realmente é torna-se ainda mais elegante com um cubo de caviar por cima.


Caviar 101 (e aperitivos simples de caviar)

Caviar. A própria palavra evoca visões de festas elegantes e estilos de vida luxuosos. Embora isso seja certamente aplicável, o caviar é uma maneira deliciosa de elevar sua próxima festa ou reunião, e é muito fácil de incorporar em seu menu de aperitivos. Com uma temporada de festas pela frente, pensei em juntar algumas receitas fáceis e deliciosas de aperitivos de caviar.

Assim como o único champanhe real é da região vinícola de Champagne na França e todo o resto é um vinho espumante, o verdadeiro caviar gourmet vem apenas do esturjão & # 8211 principalmente dos esturjões Beluga, Sterlet, Ossetra e Sevruga. Todas as espécies de esturjão, no entanto, estão na lista de espécies ameaçadas de extinção, portanto, há outros peixes que produzem caviar. Caviar de qualquer outra fonte que não o esturjão deve ser designado pelo peixe de onde ele vem, como & # 8216 caviar de salmão & # 8217 ou & # 8216 caviar de peixe-rabo. & # 8217 Se apenas disser & # 8216caviar & # 8217 no recipiente, ele & # 8217s do esturjão. (Ou deveria ser.) Aqui está um ótimo artigo sobre os diferentes tipos de caviar e o que procurar.

Uma das formas mais populares de servir caviar é com blini. Blini vem em uma variedade de formas e tamanhos, mas é na verdade uma pequena panqueca fina ou crepe. Eles são deliciosos e uma ótima entrada para qualquer festa.

Estes canapés de caviar e salmão fumado têm um aspecto impressionante e um sabor ainda melhor se o salmão, o caviar e o crème fraiche estiverem todos muito frios antes de os adicionar aos blinis quentes. Obtenha a receita completa de Amazing Appetizer Recipes.

Esta é uma variação de um blini tradicional, com batata. Coberto com creme de leite com ervas e um montão de caviar, é simples e delicioso. Pegue a receita com Sandra Lee.

Esta receita de blini de caviar em particular é uma das favoritas de Tory Burch. A chef Dana Manuta também usa batata em sua receita de blini.

Se você está procurando um aperitivo verdadeiramente lindo e com um sabor divino, é isso. A preparação é muito simples, a apresentação é bastante espetacular. Pegue a receita da Party Tipz.

Ovos cozidos são sempre os favoritos e esses ovos com cobertura de caviar são uma ótima maneira de servir caviar para pessoas que nunca experimentaram antes. Obtenha a receita em What & # 8217s Cooking America.

Estas batatas fritas de parmesão assadas com creme fraiche e caviar da Jackie Alpers parecem deliciosas! As batatas fritas de parmesão com um ingrediente são uma alternativa saborosa e sem carboidratos ao blini. Eles são fáceis de fazer, para inicializar! Compre a receita no Jackie & # 8217s Happy Plate.

Quer ser super simples? Que tal batata frita cozida na chaleira com um pouco de creme fraiche ou creme azedo e uma porção do seu caviar favorito? Irreverentemente delicioso!


Champagne Cocktail Bar

Comece a festa com um pouco de espumante! Um pouco da história do coquetel de champanhe clássico é que ele é um dos coquetéis mais antigos da história. Sério & # 8230, foi publicado no primeiro livro de coquetéis do mundo em 1862. Embora não tenha sido inventado na década de 1920, foi apreciado copiosamente ao longo da década. Além disso, nada diz a opulência dos anos 1920 mais do que um copo cupê cheio de espumante.

Você pode dar um toque a esta receita tradicional saturando um cubo de açúcar com vários traços de bitters de angostura antes de colocá-lo no fundo de uma taça de champanhe. Em seguida, cubra com champanhe gelado e decore com um toque de limão antes de servir.

Dica nova: Para tirar o máximo proveito da torção, aperte-o sobre o vidro e esfregue-o ao longo da borda antes de deixá-lo cair.

Para realmente animar a festa, você pode comprar uma variedade de bitters diferentes (as opções são infinitas!) E preparar uma variedade de torções cítricas, como toranja, limão, limão meyer, laranja sanguínea e tangerina. Não só parece bonito, mas também permite que os hóspedes preparem suas próprias bebidas de forma personalizada!

Veja estes combinações divertidas de sabores para alguma inspiração:

  • Angostura amarga com um toque de limão (o clássico!)
  • Bitter de cardamomo com um toque de laranja
  • Bitters de pimenta defumada com toranja
  • Hibiscus bitters com um toque de limão
  • Amargo de lavanda com um toque de limão meyer


Nossos 10 principais aperitivos sulistas favoritos para servir em uma festa

Aperitivos e petiscos também são a alternativa perfeita para um grande jantar. Diga a seus convidados que eles são pratos pequenos do sul - eles vão pensar que você é chique. Para ajudá-lo a planejar o menu, reunimos nossos 10 aplicativos favoritos absolutos que vão roubar totalmente o show.

Palhinhas de Queijo de Anne Byrn
Canudos de queijo são um acéfalo: baratos, fáceis de fazer e divertidos de lanchar. Eles podem não ser originalmente do sul, mas como você os encontrará na mesa na maioria das festas do sul, nós os adotamos como nossos. Para simplificar, nossa receita pede pouco mais do que queijo, farinha e manteiga - você já tem na despensa, certo? Equilibramos a mordida do cheddar extra-acentuado com um pouco de acentuado puro e adicionamos um pequeno shake de pimenta de Caiena para apenas um toque de calor. (Sinta-se à vontade para deixá-lo de fora se preferir que seus canudos de queijo permaneçam puros.) Dica profissional: Não se preocupe em torná-los perfeitamente disformes. Canudos de queijo ainda são canudos de queijo, afinal. Combine-os com sopa de tomate para crédito extra.
Pegue a receita Bolinhos com queijo e geléia de pimenta
Se você tem restos de grãos em sua cozinha, esta é a maneira perfeita de transformá-los em um aperitivo. Certifique-se de que os grãos estão completamente resfriados para que você possa formar facilmente os bolinhos fritos e - o mais importante - recheá-los com queijo. Esses bolinhos podem ser servidos sozinhos, mas recomendamos bater um pouco de geleia de pimenta quente para mergulhá-los.
Pegue a receita Asas Esmaltadas Coca-Cola
A Coca-Cola pode parecer uma opção incomum para usar como cobertura para asas de frango, mas a doçura da Coca combinada com o calor das pimentas cria um perfil de sabor incrível. O esmalte é simples: açúcar mascavo, suco de limão, Coca-Cola e jalapenos picados fervem juntos em um esmalte xaroposo. Depois de conseguir isso, tudo que você precisa fazer é grelhar, baby, grelhar.
Pegue a receita Tomates verdes fritos de Anne Byrn
É um fato claro e simples: os sulistas adoram fritar tomates verdes. Entre o exterior crocante e crocante e o centro brilhante e suculento, é difícil encontrar defeito neste aperitivo clássico. Nossa melhor receita vem, sem surpresa, de Anne Byrn, que testou e experimentou muitas das diferentes maneiras de preparar e fritar os tomates em sua coluna Taste of a Place. Se você é tão fã dessas guloseimas quanto nós, sugerimos que experimente todas.
Pegue a receita Hushpuppies de Caranguejo com Abacate Aioli
Esses hushpuppies fofos e dourados são ótimos como aperitivo e acompanhamento. Adicionar carne de caranguejo a uma massa hushpuppy tradicional dá à nossa receita uma complexidade que normalmente não é encontrada na variedade de milho simples. Para adicionar ainda mais emoção ao prato, gostamos de servir os hushpuppies com um aioli de abacate leve (-ish) e picante (-ish).
Pegue a receita

Queijo de pimentão antiquado

O queijo de pimentão, também conhecido como “patê do sul”, faz parte da culinária sulista desde os anos 1920. Muitas variações de queijo pimentão surgiram nas mesas do sul, mas nossa receita antiquada se concentra nos sabores básicos pelos quais esse aperitivo é conhecido: queijo cheddar, pimentão, maionese e queijo cremoso. Incluímos uma pitada de pimenta caiena e pimenta jalapeño em conserva em cubos para aquecer um pouco o prato, mas você pode deixá-los de fora se for um purista.
Pegue a receita Molho de cebola Vidalia
Cebola caramelizada Vidalia, creme de leite e especiarias se misturam neste mergulho rico e totalmente sulista. E, uma boa notícia para todos vocês, procrastinadores, fazer molho de cebola do zero é realmente muito rápido e fácil. Certifique-se de caramelizar profundamente as cebolas para que sua doçura complexa se espalhe por todo o prato. Recomendamos servir o molho com batatas fritas simples para deixar a cebola brilhar.
Pegue a receita Brie Assado com Bacon e Maçãs
Este aperitivo doce e salgado é um upgrade para o clássico brie assado que você costuma servir em uma mesa de aperitivos. Seria difícil encontrar alguém que não ame queijo brie cozido derretido, independentemente do que você coloque nele, mas quando você cobre com canela, maçãs e bacon? Perfeição. Este prato pode ficar sozinho ou como um complemento de uma tábua de queijos. Apenas tome cuidado - isso provavelmente roubará o show.
Pegue a receita

Ovos Deviled Clássicos

Você não pode errar em servir ovos cozidos em um churrasco de verão, festa de férias ou coquetel. Quer você siga a receita clássica ou apimente o perfil do sabor adicionando mostarda amarela, alcaparras e picles ao recheio de gema, seus convidados ficarão ansiosos para colocar as mãos neles. Guarnições como bacon são adições inesperadas que todos irão gostar, mas se você quiser manter a tradição, esta é a receita certa.
Pegue a receita Ostras com Muscadine Mignonette
Adoramos servir ostras como aperitivo porque já estão embaladas no recipiente perfeito para servir. Para servir ao lado, colocamos nosso próprio toque sulista em um molho mignonette adicionando uvas muscadine. A adição das uvas ao vinagre mignonette confere-lhes uma qualidade em conserva para um toque de sabor por cima das ostras frias e salgadas.
Pegue a receita

Fotos (bolinhos fritos, molho de cebola, ovos cozidos, ostras): Ramona King
Foto (tomate verde frito): Danielle Atkins
Foto (hushpuppies): Maura Friedman

Foto (brie assado): Pam Brand

Rachel Taylor é redatora da Southern Kitchen. Ela se mudou para Atlanta no início deste ano após se formar na faculdade em Maryland, e foi especialista em público digital no Atlanta Journal-Constitution e Politically Georgia, bem como redatora freelance para publicações como USA Today e Delmarva Daily Times em Maryland & # Costa Leste dos anos 39. Ela morou na França e na Itália e adora viajar.


O moderno

O que é moderno? Em 1979, quando me formei no colégio, eram calculadoras e aparelhos de som que permitiam colocar uma pilha de LPs em um pequeno thingamajig que os segurava precariamente acima do toca-discos, largando-os para tocar um por um. A última novidade em carros era o Datsun 280Z e, para ter um estilo verdadeiro ao dirigir, era necessário usar uma blusa de gola alta bordô com um zíper curto dourado na frente. E tinha que ser aberto, para exibir a faixa de conchas de puka em seu pescoço. Em 1961, quando nasci, os carros ainda tinham barbatanas, as mulheres usavam chapéus redondos e o telefone Princess - o mais recente em eletrodomésticos - ainda tinha um botão.

O tempo tem um jeito de zombar de todos nós, de fazer nossas tentativas de fazer o novo parecerem fúteis e, pior, tolas. Mas sempre há algumas coisas que parecem novas e, sim, modernas, não importa a idade. As casas de Frank Lloyd Wright, os desenhos animados do Pernalonga, a música de Charlie Parker - tudo isso não conhece idade. O primeiro Dry Martini pode ter sido provocado na década de 1880 ou no início da década de 1890, mas um gole transmite o choque do novo, assim como qualquer coisa em que Lady Gaga se envolva.

Claro, existem outras bebidas que alcançaram a velocidade de escape da órbita de seus tempos. A maioria deles é elegante, simples e livre do tipo de excentricidade que ancora as coisas em uma era e um lugar. The Modern Cocktail, no entanto, não é, apesar do nome, um deles.

Inventado na primeira década do século XX por Charlie Mahoney, barman-chefe do famoso hotel Hoffman House de Nova York na Madison Square, o Modern combina os dois ingredientes mais modernos do período: uísque escocês e gim de abrunho. Você não pensaria que o emparelhamento funcionaria, mas funciona, da mesma forma que bondes e relógios de bolso pesados ​​com caixa de prata funcionavam. Bom o suficiente para mim.


Nossos 10 principais aperitivos sulistas favoritos para servir em uma festa

Aperitivos e petiscos também são a alternativa perfeita para um grande jantar. Diga a seus convidados que eles são pratos pequenos do sul - eles vão pensar que você é chique. Para ajudá-lo a planejar o menu, reunimos nossos 10 aplicativos favoritos absolutos que vão roubar totalmente o show.

Palhinhas de Queijo de Anne Byrn
Canudos de queijo são um acéfalo: baratos, fáceis de fazer e divertidos de lanchar. Eles podem não ser originalmente do sul, mas como você os encontrará na mesa na maioria das festas do sul, nós os adotamos como nossos. Para simplificar, nossa receita pede pouco mais do que queijo, farinha e manteiga - você já tem na despensa, certo? Equilibramos a mordida do cheddar extra-acentuado com um pouco de acentuado puro e adicionamos um pequeno shake de pimenta de Caiena para apenas um toque de calor. (Sinta-se à vontade para deixá-lo de fora se preferir que seus canudos de queijo permaneçam puros.) Dica profissional: Não se preocupe em torná-los perfeitamente disformes. Canudos de queijo ainda são canudos de queijo, afinal. Combine-os com sopa de tomate para crédito extra.
Pegue a receita Bolinhos com queijo e geléia de pimenta
Se você tem restos de grãos em sua cozinha, esta é a maneira perfeita de transformá-los em um aperitivo. Certifique-se de que os grãos estejam completamente resfriados para que você possa formar facilmente os bolinhos fritos e - o mais importante - recheá-los com queijo. Esses bolinhos podem ser servidos sozinhos, mas recomendamos bater um pouco de geleia de pimenta quente para mergulhá-los.
Pegue a receita Asas Esmaltadas Coca-Cola
A Coca-Cola pode parecer uma opção incomum para usar como cobertura para asas de frango, mas a doçura da Coca combinada com o calor das pimentas cria um perfil de sabor incrível. O esmalte é simples: açúcar mascavo, suco de limão, Coca-Cola e jalapenos picados fervem juntos em um esmalte xaroposo. Depois de conseguir isso, tudo que você precisa fazer é grelhar, baby, grelhar.
Pegue a receita Tomates verdes fritos de Anne Byrn
É um fato claro e simples: os sulistas adoram fritar tomates verdes. Entre o exterior crocante e crocante e o centro brilhante e suculento, é difícil encontrar defeito neste aperitivo clássico. Nossa melhor receita vem, sem surpresa, de Anne Byrn, que testou e experimentou muitas das diferentes maneiras de preparar e fritar os tomates em sua coluna Taste of a Place. Se você é tão fã dessas guloseimas quanto nós, sugerimos que experimente todas.
Pegue a receita Hushpuppies de Caranguejo com Abacate Aioli
Esses hushpuppies fofos e dourados são ótimos tanto como aperitivo quanto como acompanhamento. Adicionar carne de caranguejo a uma massa hushpuppy tradicional dá à nossa receita uma complexidade que normalmente não é encontrada na variedade de milho simples. Para adicionar ainda mais emoção ao prato, gostamos de servir os hushpuppies com um aioli de abacate leve (-ish) e picante (-ish).
Pegue a receita

Queijo de pimentão antiquado

O queijo de pimentão, também conhecido como “patê do sul”, faz parte da culinária sulista desde os anos 1920. Muitas variações de queijo pimentão surgiram nas mesas do sul, mas nossa receita antiquada se concentra nos sabores básicos pelos quais esse aperitivo é conhecido: queijo cheddar, pimentão, maionese e queijo cremoso. Incluímos uma pitada de pimenta caiena e pimenta jalapeño em conserva em cubos para aquecer um pouco o prato, mas você pode deixá-los de fora se for purista.
Pegue a receita Molho de cebola Vidalia
Cebola caramelizada Vidalia, creme de leite e especiarias se misturam neste mergulho rico e totalmente sulista. E, uma boa notícia para todos vocês, procrastinadores, fazer molho de cebola do zero é realmente muito rápido e fácil. Certifique-se de caramelizar profundamente as cebolas para que sua doçura complexa se espalhe por todo o prato. Recomendamos servir o molho com batatas fritas simples para deixar a cebola brilhar.
Pegue a receita Brie Assado com Bacon e Maçãs
Este aperitivo doce e salgado é um upgrade para o clássico brie assado que você costuma servir em uma mesa de aperitivos. Seria difícil encontrar alguém que não ame queijo brie cozido derretido, independentemente do que você coloque nele, mas quando você cobre com canela, maçãs e bacon? Perfeição. Este prato pode ficar sozinho ou como um complemento de uma tábua de queijos. Apenas tome cuidado - isso provavelmente roubará o show.
Pegue a receita

Ovos Deviled Clássicos

Você não pode errar em servir ovos cozidos em um churrasco de verão, festa de férias ou coquetel. Quer você siga a receita clássica ou apimente o perfil do sabor adicionando mostarda amarela, alcaparras e picles ao recheio de gema, seus convidados ficarão entusiasmados em colocar as mãos neles. Guarnições como bacon são adições inesperadas que todos irão gostar, mas se você quiser manter a tradição, esta é a receita certa.
Pegue a receita Ostras com Muscadine Mignonette
Adoramos servir ostras como aperitivo porque já estão embaladas no recipiente perfeito para servir. Para servir ao lado, colocamos nosso próprio toque sulista em um molho mignonette adicionando uvas muscadine. A adição das uvas ao vinagre mignonette confere-lhes uma qualidade em conserva para um toque de sabor por cima das ostras frias e salgadas.
Pegue a receita

Fotos (bolinhos fritos, molho de cebola, ovos cozidos, ostras): Ramona King
Foto (tomate verde frito): Danielle Atkins
Foto (hushpuppies): Maura Friedman

Foto (brie assado): Pam Brand

Rachel Taylor é redatora da Southern Kitchen. Ela se mudou para Atlanta no início deste ano após se formar na faculdade em Maryland e foi especialista em público digital no Atlanta Journal-Constitution e Politically Georgia, bem como redatora freelance para publicações como USA Today e Delmarva Daily Times em Maryland & # Costa Leste dos anos 39. Ela morou na França e na Itália e adora viajar.


A receita de coquetel mais fácil para elevar sua festa de Natal

Afinal, esta é a temporada. A temporada de festas animadas com petiscos chiques como caviar e ostras. A temporada de se vestir e dançar sob as luzes cintilantes. Talvez você esteja dando uma festa dessas e talvez precise de uma receita de coquetel para combinar com o clima.

Você pode simplesmente abrir uma garrafa de champanhe ou uma garrafa de vinho espumante alternativo de sua escolha (grite para Cava). O champanhe, com suas bolhas brilhantes e dramáticas, é absolutamente apropriado para uma festa de Natal. Mas se você quiser algo um pouco mais extra, algo com um pouco mais de brilho, mais vigor, recomendo adicionar um pouco de licor às suas bolhas?

É isso - essa é toda a receita do coquetel. Encontre um licor, derrame um pouco no fundo de uma taça de champanhe e encha o resto com champanhe. A versão mais comum e oficial disso é o Kir Royale, que usa cassis (licor de groselha). Ou você pode ter ouvido falar da Morte na Tarde, em que um pouco mais do que um toque de absinto é coberto com Champanhe.

Mas quase não há fim para os licores que você pode combinar com Champagne. Licores de frutas funcionam melhor: experimente Grand Marnier (com um toque de laranja!), Chambord (licor de framboesa), Cherry Heering ou aguardente de pêssego. Licores de flor de sabugueiro como St Germain lhe dará um toque floral de coquetel, ou Domaine de Canton para um snap de gengibre. Toda a família de licores com sabor de anis brinca muito bem com bolhas, incluindo o absinto mencionado, mas também pastis, anis e Herbsaint. Amari como Campari, Cynar e Aperol são lindos com um champanhe seco para um toque mais sofisticado.

O que estou dizendo é: esta é uma grande oportunidade de cavar na parte de trás do seu armário de bebidas, encontrar a garrafa de licor que se mudou com você para vários apartamentos ao longo dos anos, mas permanece dois terços cheia e se livrar dela de uma vez por todas. Você vai impressionar seus amigos fazendo isso também.

Ah, e para o sábio: coquetéis dessa natureza descem muito facilmente e são carregados de açúcar, então observe quantos você bebe e se mantém hidratado. Guarde a ressaca do champanhe para o dia de ano novo.


Receitas de coquetéis de verão

Faça um coquetel para celebrar o verão. Temos muitas combinações de bebidas refrescantes, desde tequila ao nascer do sol e ponches de frutas a gins e spritzes aromatizados.

Brisa do mar

Misture vodka, suco de cranberry e suco de toranja para fazer um coquetel clássico da brisa do mar. Sirva em um copo alto e decore com limão para o sabor do verão

Tequila nascer do sol

Domine a arte de um nascer do sol de tequila clássico, com grenadine, tequila, triple sec, suco de laranja - e, claro, um coquetel de cereja e guarda-chuva como enfeite

Gim de morango

Capture o verdadeiro sabor do verão com este destilado com infusão de frutas silvestres que faz um gim 'n' tônico impressionante ou a base para um coquetel de frutas

Daiquiri de melancia

Procurando um refrescante coquetel de verão para entreter os amigos? Experimente um daiquiri de melancia com rum branco, suco de limão e licor de melancia

Mojito de framboesa

Misture framboesas frescas com limão, hortelã, açúcar, rum branco e água com gás para fazer um mojito de framboesa forte que é perfeito para festas de verão

Mojito de manga e abacaxi # 038

Dê ao seu coquetel clássico favorito um toque tropical com nosso mojito de manga e abacaxi. Esta bebida vibrante e frutada é perfeita para a temporada de festas de verão

Martini de maracujá

Este fácil coquetel de maracujá está repleto de sabores picantes e é perfeito para comemorar com os amigos. Cubra com prosecco para uma bebida especial

Refrigerador de coco e abacaxi # 038

Desfrute deste coquetel tropical que agrada as multidões com rum de coco, gim e suco de abacaxi. Ele ficará feliz em um balde de gelo por várias horas, ideal para churrascos de verão


Um coquetel de caviar moderno - receitas

No blini, nas rodelas de batata, nas panquecas de batata, nos rolos de salmão defumado. alguns puristas comem direto da lata. Nosso caviar favorito de todos os tempos era um prato surpresa de caviar: duas colheres de sopa de osetra escondidas sob uma cr & egraveme de couve-flor lisa como panna cotta. Um prato tão mágico quanto bizarro, será lembrado até os dias de sua morte por todos aqueles que o experimentaram no lendário restaurante Joel Robuchon & rsquos Jamin em Paris, por volta de 1990.

Esperamos que você nos envie suas receitas favoritas de caviar. Os nossos incluem:

Aperitivos

1. Golden Caviar Dip

Seus amigos podem se deliciar com seu molho de alcachofra, seu molho de iogurte com curry, seu molho de queijo cremoso poblano. É hora de experimentar uma nova rave, com caviar. A receita é cortesia do czar Nicoulai. Você pode pedir os caviares diretamente e, se estiver em São Francisco, pare no café deles no Ferry Building para saborear o cardápio de caviar.

  • 1 xícara de creme de leite
  • & frac12 xícara cr & egraveme fra & icircche
  • & frac14 xícara de cebolinha fresca, finamente picada
  • 4 onças de caviar de peixe branco dourado
  • Suco de 1 limão
  • 3 ovos cozidos, peneirados
  • 1 colher de sopa de pimenta verde triturada
  • Sal e pimenta a gosto
  • Coloque todos os ingredientes em uma tigela e mexa até ficar bem misturado. Leve à geladeira 2-3 horas, experimente e ajuste o tempero a seu gosto.
  • Sirva com vegetais crus ou batatas fritas sem sal.

Caviar Czar Nicoulai American Golden Whitefish

2. Torta de Caviar para Festa

Nossa primeira introdução ao caviar foi este hors d & rsquooeuvre criado por nossa mãe para todos os feriados e coquetéis desde a nossa infância. A mãe adaptou-o da receita impressa na embalagem exterior do caviar de peixe romano Romanoff.

  • 6 ovos cozidos
  • 3 colheres de sopa de maionese
  • 1- e frac12 xícaras de Bermuda * ou cebola Vidalia picada
  • 8 onças de cream cheese amolecido
  • 2/3 xícara de creme de leite
  • Frasco de 4,7 onças de caviar preto e vermelho de lumpfish (mamãe usou a marca Romanoff especificada na receita original, mas dadas as muitas ovas diferentes disponíveis atualmente, você pode querer atualizar para o peixe-paddlefish para preto e salmão para o vermelho)
  • & frac12 xícaras de salsa picada ou cebolinha para enfeitar
  • & frac12 xícaras de alcaparras
  • Pumpernickel party bread, toast points ou blini

* Se a cebola Bermuda estiver forte, molhe a cebola picada em água fria por 15 minutos, coe e seque com papel toalha.

  • Unte uma assadeira com formato de mola de 8 ou 9 polegadas.
  • Pique os ovos cozidos. Combine com a maionese e espalhe no fundo da panela.
  • Polvilhe as cebolas picadas uniformemente para criar uma segunda camada.
  • Misture o cream cheese amolecido com o creme de leite e espalhe sobre a camada de cebola. Tampe e leve à geladeira por 3 horas ou mais (pode ser feito no dia anterior e refrigerado neste momento). Coloque a forma de forma de mola em um prato coberto com uma toalha de papel para coletar o escoamento do líquido.
  • Antes de servir, lave cuidadosamente os caviares de peixe em tigelas separadas com água, coe e escorra em papel absorvente. Passe uma faca ao redor da borda da forma de mola e remova o anel.
  • Espalhe o caviar e outras guarnições em um design estético. Use papel de cera para mascarar e palitos de dente para mover o caviar. Você deve traçar o esquema do seu projeto com antecedência. A mãe, que tinha uma mão meticulosa e firme, fez círculos concêntricos de caviar preto, caviar vermelho e salsa para criar, na verdade, um olho de boi de caviar. Aqueles com menos habilidade podem tentar a abordagem de asterisco, cruzando linhas verticais na torta. Para os que têm problemas com as mãos, salpicar caviar vermelho de um lado e preto do outro é atraente e honroso. Plante uma trilha de alcaparras em todo o canteiro central e mdashit não precisa ser reto.
  • Coloque o & ldquopie & rdquo em uma bandeja de servir com espalhadores e pão ou blini. (Mamãe colocou a torta em cima de um guardanapo de papel festivo, disponível em lojas com suprimentos para festas.)
  • Sirva com vodka gelada e champanhe.

Não se deixe intimidar: o design da bússola acima foi criado por um estilista de alimentos profissional.

3. Mergulho de caviar em camadas

Esta é uma variação mais simples da Torta de Caviar de Festa acima.

  • 6 ovos cozidos
  • 2 xícaras de cebola picada Bermuda (vermelha)
  • 1 litro de creme de leite
  • 8 onças de caviar de qualquer tipo ou cor ou 4 onças de cada uma das duas cores / sabores contrastantes para um topo meio a meio
  • Salsa picada (opcional)
  • Cebolinha, tomate cereja ou uva para enfeitar (opcional)
  • Pão de confeiteiro e / ou torradas
  • Em uma tigela de vidro de 2 xícaras, alterne as camadas de ovos picados, cebola e creme de leite. As camadas de creme de leite devem ser grossas, enquanto as camadas de ovo e cebola serão finas. A camada superior deve ser creme azedo.
  • Cubra a camada superior com caviar. Se você estiver usando guarnições, deixe um espaço descoberto na borda.
  • Limpe a borda com salsa picada.
  • Crie uma cebolinha & ldquopalm & rdquo peça central para a tigela encurtando e franjando as pontas ou vá mais simples e centralize uma cereja amarela ou vermelha ou tomate uva.
  • Centralize a tigela em um prato grande e coloque as fatias de pão.

Hors D & rsquoOeuvres ou cursos principais

4. Ovos em seu ninho

Sirva como primeiro prato em um almoço ou jantar festivo, como um coquetel substancial ou um deleite especial de Páscoa. Cortesia do Czar Nicoulai.

  • 1 dúzia de pequenos ovos de galinha
  • Ovas de peixe branco com sabor natural e colorido do czar Nicoulai
  • Macarrão de celofane
  • Ferva bem os menores ovos que você puder encontrar. Descasque, corte ao meio, retire as gemas e reserve para outro uso.
  • Preencha as cavidades dos ovos com sua escolha de três ovas de peixe branco de cores diferentes (recomendamos o czar Nicoulai & rsquos Beterraba açafrão, gengibre e caviar de peixe branco com infusão de Wasabi por seus diversos sabores e suas cores vermelha, laranja e verde).
  • Cozinhe e resfrie um pacote de macarrão de celofane asiático e crie um & ldquonest & rdquo em cada prato do tamanho de um almoço. Arrume com arte três ovos recheados no ninho e enfeite o prato com folhas de cebolinha e cr & egraveme fra & icircche.

Caviar de peixe branco infundido: Beterraba, Açafrão, Gengibre e Wasabi.

5. Nouvelle Deviled Eggs Com Caviar Caps

Para isso, fazemos nossa própria receita de ovo cozido, mas para economizar tempo, compramos saladas de peixe defumado em uma loja de alimentos especializados local ou em nossas fontes online favoritas. Servimos os ovos como primeiro prato em almoços e jantares de primavera e verão e como petiscos em coquetéis e chás. Os três recheios de cores diferentes & mdashyellow, white, and pink & mdashare sazonalmente alegres com ou sem seus chapéus de caviar e o rico leito verde de espinafre ou acelga é um belo visual, bem como um contraponto saboroso.

Faz 8 primeiros pratos ou 24 hors d & rsquooeuvres

  • 1 dúzia de ovos
  • 1 colher de sopa de maionese
  • 1/3 colher de chá de mostarda Dijon
  • & frac34 colher de chá de suco de limão fresco
  • & frac14 libras carne de caranguejo
  • 1 libra de salada de esturjão defumado
  • 1 libra de salada de salmão defumado
  • & frac12 colher de chá de endro fresco, cortado e & frac14 colher de chá de raspas de limão ralada (opcional)
  • 2 onças de caviar de salmão, caviar de peixe branco dourado e caviar de peixe preto
  • 2 libras de espinafre fresco ou acelga
  • Noz-moscada fresca (opcional)
  • Manteiga, sal e pimenta a gosto
  • Em uma panela grande o suficiente para cobrir os ovos com água fria com um centímetro de espaço, leve a água para ferver. Reduza o fogo e cozinhe suavemente os ovos por 10 minutos. Não cozinhe por mais tempo ou um anel verde se formará ao redor da gema.
  • Retire do fogo, escorra e coloque os ovos em água fria até que estejam frios o suficiente para serem manuseados. Descasque-os imediatamente.
  • Corte uma parte fina de cada extremidade do ovo para criar uma superfície plana e depois corte os ovos ao meio na largura, não no comprimento, para que cada metade fique em pé.
  • Você só vai devorar 1/3 dos ovos, 2/3 do restante serão recheados com as saladas de peixe. Assim, você pode escolher endurecer todas as gemas e aproveitar o excesso da mistura nas torradas no dia seguinte ou reservar as gemas extras para fazer salada de espinafre, enfeitar vegetais, etc. As quantidades de ingredientes acima são para preparar apenas 1/3 do gemas, então ajuste-as de acordo.
  • Amasse as gemas, a maionese, a mostarda e o endro. Remova qualquer casca ou cartilagem da carne de caranguejo e misture com a mistura de ovo. Coloque em um saco de confeitar descartável com ponta em estrela e canalize 1/3 das claras em neve.
  • Adicione & frac12 colher de chá de endro e & frac14 colher de chá de casca de limão ralada à salada de salmão defumado, se desejar. Pipe the smoked salmon and smoked sturgeon salads into 1/3 each of the remaining egg whites.
  • Cover and chill until 15 minutes before serving. If preparing in advance, you may wish to place the eggs in a deep baking dish or spring form that you can seal with plastic wrap without disturbing the stuffed tops.
  • Wilt the spinach or chard until pliable drain and toss with butter and salt and pepper to taste. Freshly grated nutmeg is a wonderful accent to these vegetables.
  • Use small tongs to create a circular &ldquonest&rdquo of spinach or chard on each plate. The circle should be bare to the plate in the center so the eggs can stand upright. Put one color of each egg on the plate and garnish with a contrasting caviar &ldquocap&rdquo&mdasha few eggs&mdashon the top: black caviar on the yellow egg and crab mixture, red caviar on the white sturgeon, and golden caviar on the pink salmon.

First Courses or Main Courses

6. Seared Ahi Tuna with Wasabi Whitefish Caviar Vinaigrette

Wasabi-flavored caviar garnishes the seared tuna and flavors the vinaigrette. Yield: 2 servings. Courtesy of Tsar Nicoulai. Shown below along with wasabi mashed potatoes.

Ingredientes para the Wasabi Whitefish Caviar Vinaigrette

  • ½ tablespoon Dijon mustard
  • ½ tablespoon rice wine vinegar
  • ¼ cup canola oil
  • 2 tablespoons of Tsar Nicoulai Wasabi Whitefish Roe

Ingredients for the Tuna

  • 2 four ounce Ahi Tuna Filets
  • 4 tablespoons of black and white sesame seeds
  • Salt and black pepper to taste
  • 2 tablespoons of peanut oil
  • 1 tablespoon of Tsar Nicoulai Naturally Colored and Flavored Whitefish Roe
  • Mix the sesame seeds with salt and black pepper. Coat the Tuna with the mixture.
  • Allow the pan to get hot at medium-high heat. Pour in the oil and heat until right before smoking.
  • Sear the filets for 1 minute each side to whatever level doneness is preferred. Place the tuna on a plate and pour on the vinaigrette.
  • Garnish with additional Tsar Nicoulai Wasabi Whitefish Roe.

7. Scallop Skyscrapers

This is a festive and stunning &ldquoarchitectural&rdquo creation&mdashbut easy to make. Serve it as a first course or as a fish course in a more elaborate dinner. We adapted this one from a dish we enjoyed at Tru restaurant in Chicago several years ago. It&rsquos a showstopper, and it has become one of our own signature dishes.

Select infused whitefish caviars of different colors and flavors: ginger (yellow), wasabi (pale green), and beet (red) or regular whitefish caviar (yellow). Seek black paddlefish or bowfin caviars for the black layer. The large salmon eggs make the most impressive topper. If you can&rsquot find infused caviars locally (they are available from TsarNicoulai.com and CollinsCaviar.com), you should be able to find yellow whitefish, orange, red tobiko, and a black caviar.

  • 4 large sea scallops per person
  • 4 different colored and flavored caviars, 1 teaspoon of each per person
  • 1 bunch chives
  • Parmesan tuile, savory fan cracker, gourmet grissini (thin breadsticks), or other architectural elements to anchor behind the scallop skyscraper (1 per person, optional)
  • Small new potatoes, peeled and boiled, to hold the tuile or breadsticks (1 per person, optional)
  • Long toothpicks
  • Manteiga sem sal
  • Lightly pan sauté the scallops in butter for a minute or two on each side, depending on thickness. Scallops should be medium-rare, not overcooked.
  • Remove and assemble the scallops into four towers, using the first three caviars as &ldquomortar&rdquo between each layer. Do not add the top caviar layer until the end.
  • The scallops need not be of even size in fact, uneven sizes make a more interesting tower. The sizes should decrease as the tower builds up. Sort the cooked scallops by size and use the largest for the bottom layer. Place on a small, attractive plate. ( A glass, crystal, black or solid red plate is especially handsome for this dish but any solid color plate will work.)
  • You can use the caviar colors in any order, but assuming you will end up with orange salmon caviar on top, here is a suggestion: place a small spoonful of red or yellow caviar atop the first scallop and add the second. Use black caviar between the second and third, and green caviar between the third and fourth. It&rsquos O.K. if the caviar layers are uneven&mdashthe asymmetry is part of the beauty of the dish.
  • After you have added the fourth scallop, use a long toothpick to hold the scallops together.
  • Then top the fourth scallop with a generous mound of salmon caviar.
  • If you are using a Parmesan tuile or other cracker garnish (Chef Rick Tramonto of Tru created a large, sail-shaped cracker with crimped edges you may bake them or find interesting shapes in your specialty food store), level one end of the new potatoes so they will sit steadily on the plate. Use an ice pick, knife, or other implement to create an aperture to anchor the cracker. Set one cracker behind each of the scallop skyscrapers.
  • Scatter assorted caviar eggs over the plate, along with some tiny snipped chives. If you aren&rsquot using crackers, drape a couple of chives across the back plate in an X formation.

8. Scallops With Caviar and Asparagus

Caviar goes well with all fish and seafood. We love serving it with scallops not only because we like scallops, but because they&rsquore so quick and easy to cook. You can adapt this same concept to a lobster tail, shrimp, or any white-fleshed fish like swordfish, cod or halibut.

This is a dish where you can splurge on Caspian or American sturgeon caviar. Or, as with the preceding dish, you can serve a trio of scallops as a main course with a different caviar on each. We&rsquod recommend salmon, paddlefish, and whitefish.

  • 1 large scallop for a first course, 3 for a main course
  • 1 teaspoon caviar per scallop
  • 3-5 thin asparagus per plate
  • Manteiga sem sal
  • Dill to garnish
  • Lemon curls or spirals (optional)
  • Cook the asparagus and butter lightly if you wish.
  • Lightly pan sauté the scallops in butter for a minute or two on each side, depending on thickness. Scallops should be medium-rare, not overcooked.
  • Fan 3-5 asparagus on each plate. Place the scallop(s) on the asparagus and top with caviar.
  • Snip dill over the plate (or scatter small sprigs).
  • Garnish with a lemon spiral.

Note: You can plate the asparagus and garnishes ahead of time and get the hot scallops to the table faster.

9. Caviar & Angels

Caviar and pasta are two favorite foods that naturally go together. Just match fine shapes with minimal surface area that won&rsquot overwhelm the caviar pearls. Angel hair is a perfect match. You can use Caspian or American sturgeon caviar if you&rsquore feeling flush, but salmon caviar works just fine.

  • 1 package angel hair pasta
  • 1-2 tablespoons unsalted butter
  • 8 ounce container crème fraîche at room temperature
  • 1 small jar salmon caviar
  • 3 ounces poached fresh salmon or salmon kabobs, smoked salmon, or fresh oysters (optional)
  • Fresh grated lemon zest
  • Tempero fresco
  • If including fresh salmon, prepare by poaching. (You can use leftover salmon, just warm it briefly before incorporating it into the dish.)
  • Cook pasta according to package directions, drain and toss with butter. Apportion in tight mounds on individual plates.
  • Place several spoons of crème fraîche in the center of each mound and a heaping teaspoon of caviar in the center of the crème fraîche
  • If you are using seafood, cut and evenly space the pieces around the base of the plate (e.g., at compass points)
  • Don&rsquot use cheese with this pasta dish, but grate a bit of fresh lemon zest over the pasta and seafood.
  • Garnish with snipped dill.

Leftovers taste great cold!

Investigate The World Of Caviar

Caviar: A mapping of the delicacy past and uncertain future. Click here for more information or to purchase. The World of Caviar: An A to Z guide for all things caviar. Click here for more information or to purchase. The Taste of Dreams: Explore how Russian caviar became a sexy culinary staple. Click here for more information or to purchase.

Lifestyle Direct, Inc. All rights reserved. Images and indicated recipes are the copyright of their individual owners.


The Tastiest Food to Serve at Your Kentucky Derby Party

From hot browns to bourbon balls, we know what your guests are hungry for.

You've got the cocktail menu set, your outfit's picked out, and of course, you've got your hat. You're almost ready for the most sensational Derby Day party around&mdashvirtual or otherwise. There's just one thing left to consider: what to serve. Not to worry, we've come up with a list of all the must-have Derby-inspired foods that your guests will be craving when it comes time for the Run for the Roses.

Bonus: if you want to make an officially Triple Crown-worthy spread, check out the free virtual cooking classes taught by Churchill Downs&rsquos Executive Chef, David Danielson, to create race day favorites straight from the Derby itself.

First created at Louisville's famed Brown Hotel in the 1920s (some say as a hangover cure) the Hot Brown is o iconic sandwich of Kentucky. The openface affair features sliced roasted turkey on thick toast, smothered in a rich cheesy Mornay sauce and baked until bubbling. And in case that wasn't enough, the whole thing gets topped off with bacon and a slice of tomato. Trust us, your guests won't be able to get enough.

The perfect thing to wash down your Derby day delicacies? The race's signature drink, the mint julep, of course! The classic cocktail is made simply of muddled mint, sugar, and bourbon with ample crushed ice and of course, a julep wouldn't be a julep if it wasn't served in a frosty metal cup.

There's a reason they call pimento cheese the caviar of the south&mdashno elegant, southern themed party would dare go without it. Recipes vary, and you can certainly add any upscale touches you'd care to (artisanal cheese, fire-roasted peppers, even actual caviar) but consider cheddar, pimentos, and mayonnaise non-negotiable.

COMPRE AGORA Blackberry Farm pimento cheese, $69 for four, goldbelly.com

No southern party would be complete without deviled eggs. Luckily, these hardboiled eggs with a melange of seasoned yolks are not only an easy, make-ahead appetizer, they're also an endlessly riff-able crowd pleaser.

COMPRE AGORA Deviled Egg Platter, $20.95, williams-sonoma.com

Think of this Kentucky staple as an American twist on tzatziki. Made with cream cheese, cucumbers, onion, and dill, this creamy concoction can be used for everything from spreading on sandwiches and crackers to a dip for crudite.

Biscuits are an ideal Derby party food, not only because they're quintessentially southern, but because they're incredibly versatile. Slather them with butter fresh from the oven (bonus points for gravy) or set out room temperature biscuits with jams, cold cuts, cheeses, and dips for a make-your-own biscuit bar.

COMPRE AGORA Loveless Cafe biscuits, $79 for thirty, goldbelly.com

Simple and delicious, bourbon balls are made from a mixture of ground cookies and nuts as well as (you guessed it) bourbon, all coated in cocoa or chocolate. Because Derby Day is nothing if not an excuse to work bourbon into your menu as often as possible.

COMPRE AGORA Woodford Reserve bourbon balls, $45 for sixteen, goldbelly.com

Give your cheese plate a Kentucky-style makeover. This hearty cheese spread is a state favorite made from cheddar, beer, garlic, and spices. The thick texture is perfect for slathering on crackers or pretzels. or just about anything else for that matter.

Thanks to a certain colonel, there are is perhaps no food as synonymous with Kentucky as fried chicken. Whether you're serving it fresh from the fryer or chilled, picnic-style, you'll want to have plenty of this finger-licking goodness on hand for the big day.

Southern food can get a little heavy, which is where this famous sweet-salty-acidic relish saves the day. Made from a mix of seasonal vegetables (green tomatoes are a common one) and soaked in a brine of vinegar, salt, and sugar, chow chow can give a lift to even the richest dishes.

The first version of this famous pie was made in the Melrose Inn of Prospect, Kentucky, just outside of Louisville. Though the original recipe is a closely guarded secret, you can buy the chocolate and walnut filled confections online from the family that invented them.


The Best Lei'd Plans

6/25/15 By Elyse Inamine

Daniel Anthony wakes up at 5 a.m., then trudges over to his kitchen in Kailua, a beachy neighborhood on Oahu beloved for its turquoise waters and soft white sand. For the next many hours, he boils, peels and pounds 150 pounds of taro on handmade stone and mango wood boards into pa'i'ai, fermented blocks of taro once the centerpiece of Hawaiian meals, or what Anthony hails as "the true essence of taro."

His particular recipe comes from sifting through the archives at the Bishop Museum and years perfecting his pounding technique: "I was just a naughty kid, so I was forced to do this with my dad growing up," he says.

And now Anthony's given new life to the ancient Hawaiian art and counts local Honolulu stars like Town's Ed Kenney and Top Chef contestant Lee Anne Wong among his clients. So when I recently called Anthony with a rush order for a meager five pounds of pa'i'ai, he normally would have responded with a firm no and jaunty mahalo.

"Only because it's Chris [Kajioka]," he told me. Two days later, five pounds of neatly packaged, lovingly labored-over pa'i'ai arrived, ready for Kajioka's modern-day luau menu (see the slideshow).

Kalua Pork Belly

Steamed Black Cod with Sweet Potatoes and Dried Shrimp

Red Snapper Poke

Luau Basil Cocktail

Pa'i'ai with Lychee, Ho'io and Dried Shrimp

That's how basically everyone in or from Hawaii feels about Kajioka, an Oahu-born Per Se vet and formerly the opening chef for Honolulu's critically acclaimed, tony blockbuster of a restaurant Vintage Cave.

"That guy is killing it," Sheldon Simeon of Migrant Maui gushes. "He's bringing some really precise cooking, using simple items and presenting it very high end."

"He's the guy who's going to make Michelin-star food in Hawaii," Jordan Keao, the chef of Hawaiian San Francisco pop-up, 'Aina, adds.

So it came as a huge shock to Honolulu when Kajioka left a seemingly ideal position at Vintage Cave a year ago. People asked why (a new son, a change of pace, he explained) and where he was going (staging at Rustic Canyon, later helping his friend Mourad Lahlou open Mourad in San Francisco). However, Kajioka always knew he would go back to the island.

"For such a long time, I wanted to be away," Kajioka tells me. "I really love Hawaii now, and I'm really proud to be from here."

Now the long-lost son of Honolulu is finally setting down roots in his hometown with Senia, which he hopes to open later this year. Kajioka is teaming up with his old Per Se chefs Anthony and Katherine Rush to simply make delicious local food—a far cry from Vintage Cave's 20-course menu filled with little luxuries like caviar macarons. But there will be a tasting menu offered at a small chef's counter, too. "It allows us to get out our artistic side," Kajioka laughs.

Every grand occasion in Hawaii calls for a luau—the homecoming of Honolulu's rising star, say, or a new canoe in years past. So when we tapped him for a menu, Kajioka dreamed up a sophisticated take on the traditional celebration, sans coconut bikinis, tiki torches and hokey spit-roasted animals—one that pays homage to local ingredients and cooking methods heralded by the ancient Hawaiians.

"I used to hate Hawaiian food when I was young," Kajioka says. "But now I believe that we must look back at the ancient methods of presentation, techniques and ingredients to push forward."

So he's frying up slices of Anthony's pa'i'ai and drizzling them with a funky, sweet fiddlehead fern and lychee salad (see the recipe). And he's twisting the components of storied laulau (see the recipe), usually pork wrapped in taro leaves and steamed for hours instead he's wrapping fatty cod, purple sweet potatoes and dried shrimp with kale to bring out the leaf's smokiness.

And as for the typical soy-and-tuna poke combo, Kajioka has other ideas.

"There's a million different poke recipes," he explains. "This one is basically kinilaw [a Filipino-style ceviche], which always has coconut and citrus."

Pa'i'ai with lychee, ho'io and dried shrimp | Red snapper poke

Kajioka tosses chunks of red snapper in coconut milk and lime juice, then sprinkles on cracked macadamia nuts and sweet pickled onions for a most luxurious poke (see the recipe). The honeydew-hued cocktail served with the meal comes from his pal, Kyle Reutner, behind Hawaii Bitters Company, and it's an elegant basil- and rum-laced drink inspired by the huge harvest of lychee on the island this year (see the recipe).

Kalua pork, normally whole pig or shoulder cooked in an underground oven known as an imu and then shredded, takes a Vietnamese turn with pork belly shellacked with London-based chef Anthony Rush's warmly spiced, soy-inflected glaze (see the recipe).

"I think he made it in New York. It's just delicious, and it speaks of Hawaii, with the star anise and fennel and sweet soy," Kajioka says.

Even in New York City, where he earned his chops, an 11-hour plane ride away from Honolulu, Kajioka searched for flavors of home.

"I think it's a lot of people's dream here to learn on the mainland, then come home and show everyone, 'Hey, this is what I learned.' I always wanted to come home but wasn't sure when," he says.

"But now I really believe this is a really great time to be a chef in Hawaii. The farmers and cooks are really proud to be here and push the cuisine forward," Kajioka continues. "To me, the quality of the resources allows the cuisine to be world class. Hawaii has that."


Assista o vídeo: ZDROWY i SYCĄCY KOKTAJL dla zabieganych! Jedz Inaczej (Dezembro 2021).

Mother of Pearl Caviar Knife Spreaders: Why stop with the spoons? Continue the luxe feel with these mother of pearl spreading knives. Click here for more information or to purchase.