Receitas incomuns

Como fazer tiramisu clássico

Como fazer tiramisu clássico

Veja como fazer um tiramisu clássico, passo a passo. Ótima sobremesa para preparar no Natal, no Dia de Ação de Graças e nas festas de fim de ano.

Crédito da fotografia: Cindy Rahe

Sempre pensei no tiramisu como uma "sobremesa de restaurante". Você sabe - uma daquelas sobremesas chiques que você nunca pensaria em fazer em casa.

Isso ocorre principalmente porque o tiramisu é uma das duas sobremesas que minha mãe sempre pede nos restaurantes (a outra é o crème brulee; ela gosta de um clássico). Sinceramente, nunca encontrei tiramisu fora do ambiente de um restaurante!

Mas, alguns anos atrás, isso mudou quando organizamos nosso primeiro jantar de Natal e minha mãe pediu tiramisu para a sobremesa. Eu estava definitivamente com um pouco de medo, mas entrei em "qual é a pior coisa que poderia acontecer?" modo.

Acontece que fazer um bom tiramisu em casa não é tão difícil. Na verdade, requer um pouco de paciência, algumas batidas sólidas e algumas dicas para ajudá-lo!

Vídeo! Como fazer tiramisu

Tiramisu é como o primo italiano mais velho e descolado de um bolo de sorvete americano. Ambos são essencialmente sobremesas de biscoitos em camadas com um recheio leve e cremoso.

O tiramisu, no entanto, tem alguns componentes exclusivos que o diferenciam. O recheio começa com um zabaglione - que é um nome chique para gemas de ovo batidas com açúcar e vinho marsala (ou rum, no nosso caso) em banho-maria até ficar claro, claro e espumoso. Este zabaglione estabelece o sabor de todo o prato.

Para estabilizar o zabaglione e dar um pouco de corpo, bato o mascarpone e o creme de leite (um truque aprendido com Zoe François, que por sua vez o escolheu no livro de receitas de farinha de Joanne Chang). Em seguida, coloco o chantilly no zabaglione resfriado.

Incorporar o mascarpone ao chantilly, em vez de mexê-lo no zabaglione como é tradicional, também parece ajudar a evitar que a mistura se separe e fique granulada, um problema comum que muitas pessoas encontram com o tiramisu.

O resultado é um doce e sedoso - e ligeiramente embriagado! - recheio de creme. Uma vez feita essa parte, o resto do tiramisu é apenas um trabalho de montagem, seguido por uma longa refrigeração na geladeira.

Meu tiramisu de Natal acabou fazendo sucesso, o que foi ótimo, já que cozinhei demais nossa costela! O tiramisu montou lindamente, fatiado facilmente (muito melhor do que eu esperava) e definitivamente fez nosso primeiro Natal parecer ainda mais especial.

Dicas para o sucesso do Tiramisu

  • Deixe seu zabaglione esfriar até a temperatura ambiente:Tecnicamente, ele só precisa esfriar a 90F, mas a menos que você queira sacar seu termômetro, deixe-o esfriar até a temperatura ambiente ou um pouco mais quente. Muito quente e ele derreterá o chantilly quando você misturá-los.
  • Espere para bater o creme até que a zabaglione esfrie:As natas batem rápido e é melhor não deixar o creme batido por muito tempo, então espere até que o zabaglione esfrie antes de bater o creme.
  • Bata o mascarpone com as natas batidas: Muitas receitas adicionam o mascarpone ao zabaglione, mas descobrimos que isso às vezes deixava o zabaglione inexplicavelmente granulado. Em vez disso, bater com o creme facilita a integração do mascarpone no prato sem se preocupar com esse problema
  • Bata o mascarpone por apenas 15 a 30 segundos para amolecer:Antes de bater com as natas, bata levemente o mascarpone sozinho para amolecê-lo. Tenha cuidado para não chicotear demais, pois o mascarpone rico em gordura pode começar a se separar. Melhor errar do lado da chicotada em vez de exagerar.
  • Adicione o creme aos poucos: Depois de amolecer o mascarpone, regue o creme bem devagar, batendo em velocidade média. Assim que estiver tudo adicionado, pare a batedeira, raspe as laterais e continue batendo por mais 30 a 60 segundos até que a mistura mantenha picos firmes.
  • Procure chantilly com pontas firmes:Você quer que o chantilly fique entre os picos suaves, onde as pontas do chantilly amolecem sobre si mesmas, e os picos rígidos, quando os picos ficam retos. Você quer um pouco de oscilação em seus picos.

Esta receita foi desenvolvida e escrita por Cindy Rahe com a ajuda de Summer Miller e Marta Rivera. Esforço da equipe!

Como fazer tiramisu clássico

Ingredientes

  • 6 gemas de ovo grandes
  • 1 xícara (200 gramas) de açúcar, dividido
  • 3 onças (6 colheres de sopa) de rum escuro, dividido
  • 1 1/2 xícaras (12 onças) de queijo mascarpone, frio da geladeira
  • 1 xícara de creme de leite fresco, frio da geladeira
  • 1 xícara de água fervente
  • 1 colher de sopa de café expresso em pó
  • 1 pacote (7 onças) ladyfingers
  • Cacau em pó para espanar o topo
  • Assadeira de 8 x 8 polegadas
  • Panela e tigela refratária, ou banho-maria
  • Batedor de Balão

Método

1 Prepare o prato: Unte levemente com óleo uma assadeira de 20 x 20 cm.

2 Bata as gemas e o açúcar para fazer a zabaglione: Coloque uma tigela grande à prova de calor sobre uma panela com água fervente para criar um banho-maria (a tigela deve ficar na borda da panela e o fundo não deve tocar a superfície da água).

Bata as gemas e 3/4 de xícara do açúcar na tigela. Continue batendo até que o açúcar se dissolva, a mistura tenha aumentado ligeiramente de volume e tenha uma cor amarela clara. Não tenho certeza? Esfregue um pouco da mistura entre dois dedos (será quente, mas não muito quente para tocar) - deve ficar macia e sedosa; se sentir algum grânulo de açúcar, continue batendo.

3 Adicione o rum: Gradualmente, acrescente 2 onças (4 colheres de sopa) de rum e continue batendo rapidamente em banho-maria por cerca de 10 minutos, até que a mistura fique espessa, espumosa e amarela muito clara. (Você também pode usar um mixer de mão para esta etapa, se preferir.)

Remova a tigela do banho-maria e reserve até que resfrie a pelo menos 90F ou à temperatura ambiente.

4 Bata o mascarpone e o cremeVocê pode usar uma batedeira manual ou uma batedeira com um batedor anexo para esta etapa. Se estiver usando uma batedeira, fique muito atento e não se afaste enquanto o mascarpone estiver batendo. Os misturadores de mesa são tão poderosos que são fáceis de manipular, o que faz com que o mascarpone se separe. Você tem um pouco mais de espaço de manobra com uma batedeira.

Com uma batedeira manual ou na tigela grande da batedeira com batedeira, bata o mascarpone em velocidade média por 15 a 30 segundos, até ficar homogêneo e amolecer. Tenha cuidado para não bater demais ou o mascarpone se separará e ficará granulado.

Com a batedeira ainda em velocidade média, vá acrescentando o creme de leite em um jato fino e lento até que esteja todo incorporado. Isso deve levar de 1 a 2 minutos. Desligue a batedeira e raspe a tigela. Continue batendo com a batedeira em velocidade média-alta por mais 30 a 60 segundos, até que a mistura mantenha picos firmes e não muito firmes.

5 Misture o chantilly e a zabaglione: Dobre 1/3 do creme de leite batido no zabaglione para clarear e, em seguida, acrescente o restante do creme de leite.

6 Faça o líquido de imersão do café para as ladyfingers: Em um prato largo e raso, misture o 1/4 xícara de açúcar restante com a 1 onça (2 colheres de sopa) restante de rum, a água fervente e o café expresso em pó. Mexa para dissolver o açúcar e o expresso.

7 Monte o tiramisu: Mergulhe um dedo de cada vez no líquido expresso, virando-o para que todos os lados fiquem uniformemente umedecidos - basta um mergulho rápido; mais e as ladyfingers começam a se desintegrar. Organize os ladyfingers molhados em fileiras no fundo da assadeira.

Depois de terminar a camada, espalhe 1/2 da mistura de mascarpone por cima. Repita a imersão e arrume uma segunda camada e espalhe o restante do mascarpone por cima.

8 Refrigere o tiramisu: Cubra o tiramisu e leve à geladeira por pelo menos 8 horas ou até 24 horas para dar tempo ao tiramisu para firmar e para os dedos da senhora amolecer.

9 servir: Polvilhe com cacau antes de servir. Sirva em fatias diretamente da frigideira. As sobras vão durar cerca de 5 dias.

Olá! Todas as fotos e conteúdo são protegidos por direitos autorais. Por favor, não use nossas fotos sem permissão prévia por escrito. Obrigado!

Assista o vídeo: TIRAMISÙ com Raissa Ribeiro. DICAS MASTERCHEF (Outubro 2020).