Receitas tradicionais

Desculpe, Chipotle: Pesquisa mostra que os clientes ainda não confiam na sua comida

Desculpe, Chipotle: Pesquisa mostra que os clientes ainda não confiam na sua comida

A pesquisa com mais de 2.000 pessoas descobriu que os clientes não estão de volta a bordo com Chipotle após sustos de segurança alimentar

A empresa de Wall Street, Cowen, baixou a classificação de investimento da Chipotle e prevê baixo desempenho da marca após resultados desanimadores da pesquisa.

Um Pesquisa de agosto de 2017 da empresa de Wall Street Cowen de mais de 2.000 Chipotle os consumidores classificaram a “qualidade e confiabilidade dos alimentos” da marca em seus níveis mais baixos desde o susto de E. coli de 2015 da marca.

O analista Andrew Charles, que criou a pesquisa, escreveu que: “Estamos preocupados com os esforços futuros para impulsionar as vendas não são suficientes para melhorar essas medidas e, por sua vez, não irão impulsionar as expectativas dos investidores de vendas na mesma loja.”

Ele prevê que a marca continuará com baixo desempenho, apesar do lançamento de novos produtos como queso molho de queijo.

De acordo com Business Insider, desde seus próprios problemas de saúde pública, a Chipotle viu uma queda de 53 por cento na classificação do cliente quanto à qualidade e confiabilidade dos alimentos.

Mas o porta-voz da Chipotle, Chris Arnold, rebateu as descobertas do analista. “Em muitas medidas, estamos nos níveis pré-crise ou próximos a eles, e continuamos trabalhando duro para restaurar a confiança”, disse ele ao Business Insider, referindo-se a uma pesquisa interna que relatou que 87 por cento dos clientes acham que a Chipotle serve alimentos de alta qualidade.

Infelizmente, a previsão de Cowen de uma Chipotle de baixo desempenho rapidamente fez com que suas ações caíssem 3,78 por cento por volta da 13h00 em 8 de setembro, informou o Business Insider.

Quer se apaixonar novamente pela marca que faz sua tigela de burrito favorita? Aqui estão 13 coisas que você não sabia sobre o Chipotle Mexican Grill.


Dez principais reclamações de clientes de cuidados domiciliares

Embora a maioria das agências de atendimento domiciliar trabalhe arduamente para fornecer um atendimento excelente a cada cliente, ainda há muito que pode ser feito para melhorar o atendimento e garantir experiências ainda melhores para os clientes. No Home Care Pulse, conduzimos pesquisas com milhares de idosos todos os meses para entender sua experiência em receber atendimento domiciliar e identificar onde as agências que os atendem podem melhorar. Ao fazer isso, identificamos dez áreas principais de reclamações de clientes. Quantos deles podem ser um problema para sua agência?

1. Confusão na comunicação devido a vários cuidadores cuidando de um cliente.

Os clientes gostam de ter a estabilidade de um cuidador e um ponto de contato. Ter um “apontador” garante que a responsabilidade seja assumida e garante aos clientes que nada se perderá na comunicação.

2. Cuidadores que não são pontuais.

Os clientes de cuidados domiciliares geralmente relatam que os cuidadores chegam atrasados ​​ou saem mais cedo. Alguns clientes têm uma programação rígida e o fato de um cuidador chegar tarde significa que eles podem ser deixados sozinhos. Pode ser um grande inconveniente para os membros da família que precisam ficar mais tempo e perder os 10-20 minutos extras pelos quais estão pagando.

3. Qualidade inconsistente de cuidados.

Alguns cuidadores são melhores em seu trabalho do que outros, mas pode ser muito frustrante para um cliente quando um cuidador é excepcional e o próximo executa apenas tarefas básicas. Leia nossas postagens sobre recrutamento, retenção e treinamento de cuidadores de qualidade para garantir que seu nível de atendimento seja sempre confiável.

WEBINAR GRATUITO

O estado do atendimento domiciliar em 2021

Terça-feira, 25 de maio | 14h Leste | 60 minutos

4. Cuidadores gastando muito tempo nos telefones.

Os clientes ficam muito irritados quando os cuidadores estão pontuais e perdendo tempo no telefone, negligenciando o cliente. Aplique regras rígidas sobre o uso do telefone celular, estabeleça uma penalidade padrão para aqueles que violarem as regras e responsabilize seus cuidadores.

5. Falta de treinamento do cuidador.

Os clientes às vezes ficam chateados quando os cuidadores não conseguem realizar os pedidos básicos de cozinha e limpeza. Uma mulher que entrevistamos disse que, quando pediu ao cuidador um sanduíche de queijo grelhado, a jovem colocou o queijo em um pedaço de pão e o jogou na torradeira, criando uma enorme bagunça. Alguns cuidadores podem se beneficiar de instruções ou receitas básicas de culinária.

6. Diferenças culturais / barreiras linguísticas.

Muitas culturas têm padrões diferentes de cozinha e higiene. Se você contratar alguém de outro país, ensine nossos costumes e palavras básicas em inglês antes de começar a trabalhar. Barreiras de idioma e diferenças de limpeza podem ser muito preocupantes e frustrantes para seus clientes.

7. Sem taxas de desconto para turnos de 12+ horas.

Os clientes que precisam mais de ajuda pagarão muito mais do que aqueles que precisam apenas de ajuda básica. Se seu orçamento permitir, tente economizar um ou dois dólares nessas longas visitas. Isso poderia ser mais difícil com as recentes mudanças nas isenções do cuidador, mas os clientes apreciarão qualquer esforço que você possa fazer.

ESTUDO DE CASO DA AGÊNCIA DE ASSISTÊNCIA AO DOMICÍLIO

Como o proprietário da Lifetime Care Obtém sua equipe para tornar a satisfação do cliente sua estrela do norte

Eles descobriram a maneira certa de fazer isso.

8. O cronograma de pagamento é inconveniente.

Algumas empresas enviam uma fatura semanal, mas alguns clientes preferem o faturamento mensal, pois é mais fácil controlar os pagamentos. Lembre-se dos clientes ao planejar sua programação de faturamento.

9. Sendo cobrado uma hora e meia.

Os clientes reclamam de serem cobrados hora e meia nos feriados, o que equivale a cerca de US $ 30 / hora. Eles acham que é muito íngreme e cuidados não deveriam custar tanto. Se você puder fazer ajustes, faça-o. No mínimo, forneça informações aos clientes, para que eles entendam por que essa política está em vigor.

10. Não ser informado quando os cuidadores ligam dizendo que estão doentes.

Não é incomum que os cuidadores liguem dizendo que estão doentes, mas o escritório não liga para os clientes nem envia um substituto. Esse é um problema de comunicação que pode causar problemas astronômicos para seus clientes e para sua empresa de home care.

Embora todas as empresas lutem de uma forma ou de outra, é importante fazer um inventário detalhado e honesto de seu desempenho. Somente assim você poderá iniciar o caminho para a melhoria e criar uma empresa de cuidados domiciliares saudável e em crescimento. Se você estiver cometendo um ou mais desses erros, execute as etapas necessárias para resolver o problema e evitar o impacto negativo que esses problemas podem ter sobre o conjunto de clientes e a reputação.

Quer saber o que os cuidadores estão dizendo? Confira as dez principais reclamações de cuidadores.


Dez principais reclamações de clientes de cuidados domiciliares

Embora a maioria das agências de atendimento domiciliar trabalhe arduamente para fornecer um atendimento excelente a cada cliente, ainda há muito que pode ser feito para melhorar o atendimento e garantir experiências ainda melhores para os clientes. No Home Care Pulse, conduzimos pesquisas com milhares de idosos todos os meses para entender sua experiência em receber atendimento domiciliar e identificar onde as agências que os atendem podem melhorar. Ao fazer isso, identificamos dez áreas principais de reclamações de clientes. Quantos deles podem ser um problema para sua agência?

1. Confusão na comunicação devido a vários cuidadores cuidando de um cliente.

Os clientes gostam de ter a estabilidade de um cuidador e um ponto de contato. Ter um “apontador” garante que a responsabilidade seja assumida e garante aos clientes que nada se perderá na comunicação.

2. Cuidadores que não são pontuais.

Os clientes de cuidados domiciliares geralmente relatam que os cuidadores chegam atrasados ​​ou saem mais cedo. Alguns clientes têm uma programação rígida e o fato de um cuidador chegar tarde significa que eles podem ser deixados sozinhos. Pode ser um grande inconveniente para os membros da família que precisam ficar mais tempo e perder os 10-20 minutos extras pelos quais estão pagando.

3. Qualidade inconsistente de cuidados.

Alguns cuidadores são melhores em seu trabalho do que outros, mas pode ser muito frustrante para um cliente quando um cuidador é excepcional e o próximo executa apenas tarefas básicas. Leia nossas postagens sobre recrutamento, retenção e treinamento de cuidadores de qualidade para garantir que seu nível de atendimento seja sempre confiável.

WEBINAR GRATUITO

O estado do atendimento domiciliar em 2021

Terça-feira, 25 de maio | 14h Leste | 60 minutos

4. Cuidadores gastando muito tempo nos telefones.

Os clientes ficam muito irritados quando os cuidadores estão pontuais e perdendo tempo no telefone, negligenciando o cliente. Aplique regras rígidas sobre o uso do telefone celular, estabeleça uma penalidade padrão para aqueles que violarem as regras e responsabilize seus cuidadores.

5. Falta de treinamento do cuidador.

Os clientes às vezes ficam chateados quando os cuidadores não conseguem realizar os pedidos básicos de cozinha e limpeza. Uma mulher que entrevistamos disse que, quando pediu ao cuidador um sanduíche de queijo grelhado, a jovem colocou o queijo em um pedaço de pão e o jogou na torradeira, criando uma enorme bagunça. Alguns cuidadores podem se beneficiar de instruções ou receitas básicas de culinária.

6. Diferenças culturais / barreiras linguísticas.

Muitas culturas têm padrões diferentes de cozinha e higiene. Se você contratar alguém de outro país, ensine nossos costumes e palavras básicas em inglês antes de começar a trabalhar. Barreiras de idioma e diferenças de limpeza podem ser muito preocupantes e frustrantes para seus clientes.

7. Sem taxas de desconto para turnos de 12 horas ou mais.

Os clientes que precisam de mais ajuda pagarão muito mais do que aqueles que precisam apenas de ajuda básica. Se seu orçamento permitir, tente economizar um ou dois dólares nessas longas visitas. Isso poderia ser mais difícil com as recentes mudanças nas isenções do cuidador, mas os clientes apreciarão qualquer esforço que você possa fazer.

ESTUDO DE CASO DA AGÊNCIA DE ASSISTÊNCIA AO DOMICÍLIO

Como o proprietário da Lifetime Care Obtém sua equipe para tornar a satisfação do cliente sua estrela do norte

Eles descobriram a maneira certa de fazer isso.

8. O cronograma de pagamento é inconveniente.

Algumas empresas enviam uma fatura semanal, mas alguns clientes preferem o faturamento mensal, pois é mais fácil controlar os pagamentos. Lembre-se dos clientes ao planejar sua programação de faturamento.

9. Sendo cobrado uma hora e meia.

Os clientes reclamam de serem cobrados hora e meia nos feriados, o que equivale a cerca de US $ 30 / hora. Eles acham que é muito íngreme e o cuidado não deve custar tanto. Se você puder fazer ajustes, faça-o. No mínimo, forneça informações aos clientes, para que eles entendam por que essa política está em vigor.

10. Não ser informado quando os cuidadores ligam dizendo que estão doentes.

Não é incomum que os cuidadores liguem dizendo que estão doentes, mas o escritório não liga para os clientes nem envia um substituto. Este é um problema de comunicação que pode causar problemas astronômicos para seus clientes e sua empresa de home care.

Embora todas as empresas lutem de uma forma ou de outra, é importante fazer um inventário detalhado e honesto de seu desempenho. Somente fazendo isso você pode iniciar o caminho para a melhoria e criar uma empresa de cuidados domiciliares saudável e em crescimento. Se você estiver cometendo um ou mais desses erros, execute as etapas necessárias para resolver o problema e evitar o impacto negativo que esses problemas podem ter sobre o conjunto de clientes e a reputação.

Quer saber o que os cuidadores estão dizendo? Confira as dez principais reclamações de cuidadores.


Dez principais reclamações de clientes de cuidados domiciliares

Enquanto a maioria das agências de atendimento domiciliar trabalha extremamente para fornecer um atendimento excelente a cada cliente, ainda há muito que pode ser feito para melhorar o atendimento e garantir experiências ainda melhores para os clientes. No Home Care Pulse, conduzimos pesquisas com milhares de idosos todos os meses para entender sua experiência em receber atendimento domiciliar e identificar onde as agências que os atendem podem melhorar. Ao fazer isso, identificamos dez áreas principais de reclamações de clientes. Quantos deles podem ser um problema para sua agência?

1. Confusão na comunicação devido a vários cuidadores cuidando de um cliente.

Os clientes gostam de ter a estabilidade de um cuidador e um ponto de contato. Ter um “apontador” garante que a responsabilidade seja assumida e garante aos clientes que nada se perderá na comunicação.

2. Cuidadores que não são pontuais.

Os clientes de cuidados domiciliares geralmente relatam que os cuidadores chegam atrasados ​​ou saem mais cedo. Alguns clientes têm uma programação rígida e o fato de um cuidador chegar tarde significa que eles podem ser deixados sozinhos. Pode ser um grande inconveniente para os membros da família que precisam ficar mais tempo enquanto perdem os 10-20 minutos extras pelos quais estão pagando.

3. Qualidade inconsistente de cuidados.

Alguns cuidadores são melhores em seu trabalho do que outros, mas pode ser muito frustrante para um cliente quando um cuidador é excepcional e o próximo executa apenas tarefas básicas. Leia nossas postagens sobre recrutamento, retenção e treinamento de cuidadores de qualidade para garantir que seu nível de atendimento seja sempre confiável.

WEBINAR GRATUITO

O estado do atendimento domiciliar em 2021

Terça-feira, 25 de maio | 14h Leste | 60 minutos

4. Cuidadores gastando muito tempo nos telefones.

Os clientes ficam muito irritados quando os cuidadores estão pontuais e perdendo tempo no telefone, negligenciando o cliente. Aplique regras rígidas sobre o uso do telefone celular, estabeleça uma penalidade padrão para aqueles que violarem as regras e responsabilize seus cuidadores.

5. Falta de treinamento do cuidador.

Os clientes às vezes ficam chateados quando os cuidadores não conseguem realizar os pedidos básicos de cozinha e limpeza. Uma mulher que entrevistamos disse que, quando pediu ao cuidador um sanduíche de queijo grelhado, a jovem colocou queijo em um pedaço de pão e o jogou na torradeira, criando uma grande bagunça. Alguns cuidadores podem se beneficiar de instruções ou receitas básicas de culinária.

6. Diferenças culturais / barreiras linguísticas.

Muitas culturas têm padrões diferentes de cozinha e higiene. Se você contratar alguém de outro país, ensine nossos costumes e palavras básicas em inglês antes de começar a trabalhar. Barreiras de idioma e diferenças de limpeza podem ser muito preocupantes e frustrantes para seus clientes.

7. Sem taxas de desconto para turnos de 12+ horas.

Os clientes que precisam de mais ajuda pagarão muito mais do que aqueles que precisam apenas de ajuda básica. Se seu orçamento permitir, tente economizar um ou dois dólares nessas longas visitas. Isso poderia ser mais difícil com as recentes mudanças nas isenções do cuidador, mas os clientes apreciarão qualquer esforço que você possa fazer.

ESTUDO DE CASO DA AGÊNCIA DE ASSISTÊNCIA AO DOMICÍLIO

Como o proprietário da Lifetime Care Obtém sua equipe para tornar a satisfação do cliente sua estrela do norte

Eles descobriram a maneira certa de fazer isso.

8. O cronograma de pagamento é inconveniente.

Algumas empresas enviam uma fatura semanal, mas alguns clientes preferem o faturamento mensal, pois é mais fácil controlar os pagamentos. Lembre-se dos clientes ao planejar sua programação de faturamento.

9. Sendo cobrado uma hora e meia.

Os clientes reclamam de serem cobrados hora e meia nos feriados, o que equivale a cerca de US $ 30 / hora. Eles acham que é muito íngreme e cuidados não deveriam custar tanto. Se você puder fazer ajustes, faça-o. No mínimo, forneça informações aos clientes, para que eles entendam por que essa política está em vigor.

10. Não ser informado quando os cuidadores ligam dizendo que estão doentes.

Não é incomum que os cuidadores liguem dizendo que estão doentes, mas o escritório não liga para os clientes nem envia um substituto. Este é um problema de comunicação que pode causar problemas astronômicos para seus clientes e sua empresa de home care.

Embora todas as empresas lutem de uma forma ou de outra, é importante fazer um inventário detalhado e honesto de seu desempenho. Somente fazendo isso você pode iniciar o caminho para a melhoria e criar uma empresa de cuidados domiciliares saudável e em crescimento. Se você estiver cometendo um ou mais desses erros, execute as etapas necessárias para resolver o problema e evitar o impacto negativo que esses problemas podem ter sobre o conjunto de clientes e a reputação.

Quer saber o que os cuidadores estão dizendo? Confira as dez principais reclamações de cuidadores.


Dez principais reclamações de clientes de cuidados domiciliares

Embora a maioria das agências de atendimento domiciliar trabalhe arduamente para fornecer um atendimento excelente a cada cliente, ainda há muito que pode ser feito para melhorar o atendimento e garantir experiências ainda melhores para os clientes. No Home Care Pulse, conduzimos pesquisas com milhares de idosos todos os meses para entender sua experiência em receber atendimento domiciliar e identificar onde as agências que os atendem podem melhorar. Ao fazer isso, identificamos dez áreas principais de reclamações de clientes. Quantos deles podem ser um problema para sua agência?

1. Confusão na comunicação devido a vários cuidadores cuidando de um cliente.

Os clientes gostam de ter a estabilidade de um cuidador e um ponto de contato. Ter um “apontador” garante que a responsabilidade seja assumida e garante aos clientes que nada se perderá na comunicação.

2. Cuidadores que não são pontuais.

Os clientes de cuidados domiciliares geralmente relatam que os cuidadores chegam atrasados ​​ou saem mais cedo. Alguns clientes têm uma programação rígida e o fato de um cuidador chegar tarde significa que eles podem ser deixados sozinhos. Pode ser um grande inconveniente para os membros da família que precisam ficar mais tempo e perder os 10-20 minutos extras pelos quais estão pagando.

3. Qualidade inconsistente de cuidados.

Alguns cuidadores são melhores em seu trabalho do que outros, mas pode ser muito frustrante para um cliente quando um cuidador é excepcional e o próximo executa apenas tarefas básicas. Leia nossas postagens sobre recrutamento, retenção e treinamento de cuidadores de qualidade para garantir que seu nível de atendimento seja sempre confiável.

WEBINAR GRATUITO

O estado do atendimento domiciliar em 2021

Terça-feira, 25 de maio | 14h Leste | 60 minutos

4. Cuidadores gastando muito tempo nos telefones.

Os clientes ficam muito irritados quando os cuidadores estão pontuais e perdendo tempo no telefone, negligenciando o cliente. Aplique regras rígidas sobre o uso do telefone celular, estabeleça uma penalidade padrão para aqueles que violarem as regras e responsabilize seus cuidadores.

5. Falta de treinamento do cuidador.

Os clientes às vezes ficam chateados quando os cuidadores não conseguem realizar os pedidos básicos de cozinha e limpeza. Uma mulher que entrevistamos disse que, quando pediu ao cuidador um sanduíche de queijo grelhado, a jovem colocou queijo em um pedaço de pão e o jogou na torradeira, criando uma grande bagunça. Alguns cuidadores podem se beneficiar de instruções ou receitas básicas de culinária.

6. Diferenças culturais / barreiras linguísticas.

Muitas culturas têm padrões diferentes de cozinha e higiene. Se você contratar alguém de outro país, ensine nossos costumes e palavras básicas em inglês antes de começar a trabalhar. Barreiras de idioma e diferenças de limpeza podem ser muito preocupantes e frustrantes para seus clientes.

7. Sem taxas de desconto para turnos de 12+ horas.

Os clientes que precisam de mais ajuda pagarão muito mais do que aqueles que precisam apenas de ajuda básica. Se seu orçamento permitir, tente economizar um ou dois dólares nessas longas visitas. Isso poderia ser mais difícil com as recentes mudanças nas isenções do cuidador, mas os clientes apreciarão qualquer esforço que você possa fazer.

ESTUDO DE CASO DA AGÊNCIA DE ASSISTÊNCIA AO DOMICÍLIO

Como o proprietário da Lifetime Care Obtém sua equipe para tornar a satisfação do cliente sua estrela do norte

Eles descobriram a maneira certa de fazer isso.

8. O cronograma de pagamento é inconveniente.

Algumas empresas enviam uma fatura semanal, mas alguns clientes preferem o faturamento mensal, pois é mais fácil controlar os pagamentos. Lembre-se dos clientes ao planejar sua programação de faturamento.

9. Sendo cobrado uma hora e meia.

Os clientes reclamam de serem cobrados hora e meia nos feriados, o que equivale a cerca de US $ 30 / hora. Eles acham que é muito íngreme e cuidados não deveriam custar tanto. Se você puder fazer ajustes, faça-o. No mínimo, forneça informações aos clientes, para que eles entendam por que essa política está em vigor.

10. Não ser informado quando os cuidadores ligam dizendo que estão doentes.

Não é incomum que os cuidadores liguem dizendo que estão doentes, mas o escritório não liga para os clientes nem envia um substituto. Esse é um problema de comunicação que pode causar problemas astronômicos para seus clientes e para sua empresa de home care.

Embora todas as empresas lutem de uma forma ou de outra, é importante fazer um inventário detalhado e honesto de seu desempenho. Somente fazendo isso você pode iniciar o caminho para a melhoria e criar uma empresa de cuidados domiciliares saudável e em crescimento. Se você estiver cometendo um ou mais desses erros, execute as etapas necessárias para resolver o problema e evitar o impacto negativo que esses problemas podem ter sobre o conjunto de clientes e a reputação.

Quer saber o que os cuidadores estão dizendo? Confira as dez principais reclamações de cuidadores.


Dez principais reclamações de clientes de cuidados domiciliares

Embora a maioria das agências de atendimento domiciliar trabalhe arduamente para fornecer um atendimento excelente a cada cliente, ainda há muito que pode ser feito para melhorar o atendimento e garantir experiências ainda melhores para os clientes. No Home Care Pulse, conduzimos pesquisas com milhares de idosos todos os meses para entender sua experiência em receber atendimento domiciliar e identificar onde as agências que os atendem podem melhorar. Ao fazer isso, identificamos dez áreas principais de reclamações de clientes. Quantos deles podem ser um problema para sua agência?

1. Confusão na comunicação devido a vários cuidadores cuidando de um cliente.

Os clientes gostam de ter a estabilidade de um cuidador e um ponto de contato. Ter um “apontador” garante que a responsabilidade seja assumida e garante aos clientes que nada se perderá na comunicação.

2. Cuidadores que não são pontuais.

Os clientes de cuidados domiciliares geralmente relatam que os cuidadores chegam atrasados ​​ou saem mais cedo. Alguns clientes têm uma programação rígida e o fato de um cuidador chegar tarde significa que eles podem ser deixados sozinhos. Pode ser um grande inconveniente para os membros da família que precisam ficar mais tempo e perder os 10-20 minutos extras pelos quais estão pagando.

3. Qualidade inconsistente de cuidados.

Alguns cuidadores são melhores em seu trabalho do que outros, mas pode ser muito frustrante para um cliente quando um cuidador é excepcional e o próximo executa apenas tarefas básicas. Leia nossas postagens sobre recrutamento, retenção e treinamento de cuidadores de qualidade para garantir que seu nível de atendimento seja sempre confiável.

WEBINAR GRATUITO

O estado do atendimento domiciliar em 2021

Terça-feira, 25 de maio | 14h Leste | 60 minutos

4. Cuidadores gastando muito tempo nos telefones.

Os clientes ficam muito irritados quando os cuidadores estão pontuais e perdendo tempo no telefone, negligenciando o cliente. Aplique regras rígidas sobre o uso do telefone celular, estabeleça uma penalidade padrão para aqueles que violarem as regras e responsabilize seus cuidadores.

5. Falta de treinamento do cuidador.

Os clientes às vezes ficam chateados quando os cuidadores não conseguem realizar os pedidos básicos de cozinha e limpeza. Uma mulher que entrevistamos disse que, quando pediu ao cuidador um sanduíche de queijo grelhado, a jovem colocou queijo em um pedaço de pão e o jogou na torradeira, criando uma grande bagunça. Alguns cuidadores podem se beneficiar de instruções ou receitas básicas de culinária.

6. Diferenças culturais / barreiras linguísticas.

Muitas culturas têm padrões diferentes de cozinha e higiene. Se você contratar alguém de outro país, ensine nossos costumes e palavras básicas em inglês antes de começar a trabalhar. Barreiras de idioma e diferenças de limpeza podem ser muito preocupantes e frustrantes para seus clientes.

7. Sem taxas de desconto para turnos de 12+ horas.

Os clientes que precisam de mais ajuda pagarão muito mais do que aqueles que precisam apenas de ajuda básica. Se seu orçamento permitir, tente economizar um ou dois dólares nessas longas visitas. Isso poderia ser mais difícil com as recentes mudanças nas isenções do cuidador, mas os clientes apreciarão qualquer esforço que você possa fazer.

ESTUDO DE CASO DA AGÊNCIA DE ASSISTÊNCIA AO DOMICÍLIO

Como o proprietário da Lifetime Care Obtém sua equipe para tornar a satisfação do cliente sua estrela do norte

Eles descobriram a maneira certa de fazer isso.

8. O cronograma de pagamento é inconveniente.

Algumas empresas enviam uma fatura semanal, mas alguns clientes preferem o faturamento mensal, pois é mais fácil controlar os pagamentos. Lembre-se dos clientes ao planejar sua programação de faturamento.

9. Sendo cobrado uma hora e meia.

Os clientes reclamam de serem cobrados hora e meia nos feriados, o que equivale a cerca de US $ 30 / hora. Eles acham que é muito íngreme e cuidados não deveriam custar tanto. Se você puder fazer ajustes, faça-o. No mínimo, forneça informações aos clientes, para que eles entendam por que essa política está em vigor.

10. Não ser informado quando os cuidadores ligam dizendo que estão doentes.

Não é incomum que os cuidadores liguem dizendo que estão doentes para o escritório, mas o escritório não liga para os clientes nem envia um substituto. Esse é um problema de comunicação que pode causar problemas astronômicos para seus clientes e para sua empresa de home care.

Enquanto todas as empresas lutam de uma forma ou de outra, é importante fazer um inventário detalhado e honesto de seu desempenho. Somente fazendo isso você pode iniciar o caminho para a melhoria e criar uma empresa de cuidados domiciliares saudável e em crescimento. Se você estiver cometendo um ou mais desses erros, execute as etapas necessárias para resolver o problema e evitar o impacto negativo que esses problemas podem ter sobre o conjunto de clientes e a reputação.

Quer saber o que os cuidadores estão dizendo? Confira as dez principais reclamações de cuidadores.


Dez principais reclamações de clientes de cuidados domiciliares

Embora a maioria das agências de atendimento domiciliar trabalhe arduamente para fornecer um atendimento excelente a cada cliente, ainda há muito que pode ser feito para melhorar o atendimento e garantir experiências ainda melhores para os clientes. No Home Care Pulse, conduzimos pesquisas com milhares de idosos todos os meses para entender sua experiência em receber atendimento domiciliar e identificar onde as agências que os atendem podem melhorar. Ao fazer isso, identificamos dez áreas principais de reclamações de clientes. Quantos deles podem ser um problema para sua agência?

1. Confusão na comunicação devido a vários cuidadores cuidando de um cliente.

Os clientes gostam de ter a estabilidade de um cuidador e um ponto de contato. Ter um “apontador” garante que a responsabilidade seja assumida e garante aos clientes que nada se perderá na comunicação.

2. Cuidadores que não são pontuais.

Os clientes de cuidados domiciliares geralmente relatam que os cuidadores chegam atrasados ​​ou saem mais cedo. Alguns clientes têm uma programação rígida e o fato de um cuidador chegar tarde significa que eles podem ser deixados sozinhos. Pode ser um grande inconveniente para os membros da família que precisam ficar mais tempo enquanto perdem os 10-20 minutos extras pelos quais estão pagando.

3. Qualidade inconsistente de cuidados.

Alguns cuidadores são melhores em seu trabalho do que outros, mas pode ser muito frustrante para um cliente quando um cuidador é excepcional e o próximo executa apenas tarefas básicas. Leia nossas postagens sobre recrutamento, retenção e treinamento de cuidadores de qualidade para garantir que seu nível de atendimento seja sempre confiável.

WEBINAR GRATUITO

O estado do atendimento domiciliar em 2021

Terça-feira, 25 de maio | 14h Leste | 60 minutos

4. Cuidadores gastando muito tempo nos telefones.

Os clientes ficam muito irritados quando os cuidadores estão pontuais e perdendo tempo no telefone, negligenciando o cliente. Aplique regras rígidas sobre o uso do telefone celular, estabeleça uma penalidade padrão para aqueles que violarem as regras e responsabilize seus cuidadores.

5. Falta de treinamento do cuidador.

Os clientes às vezes ficam chateados quando os cuidadores não conseguem realizar os pedidos básicos de cozinha e limpeza. Uma mulher que entrevistamos disse que, quando pediu ao cuidador um sanduíche de queijo grelhado, a jovem colocou o queijo em um pedaço de pão e o jogou na torradeira, criando uma enorme bagunça. Alguns cuidadores podem se beneficiar de instruções ou receitas básicas de culinária.

6. Diferenças culturais / barreiras linguísticas.

Muitas culturas têm padrões diferentes de cozinha e higiene. Se você contratar alguém de outro país, ensine nossos costumes e palavras básicas em inglês antes de começar a trabalhar. Barreiras de idioma e diferenças de limpeza podem ser muito preocupantes e frustrantes para seus clientes.

7. Sem taxas de desconto para turnos de 12 horas ou mais.

Os clientes que precisam mais de ajuda pagarão muito mais do que aqueles que precisam apenas de ajuda básica. Se seu orçamento permitir, tente economizar um ou dois dólares nessas longas visitas. Isso poderia ser mais difícil com as recentes mudanças nas isenções do cuidador, mas os clientes apreciarão qualquer esforço que você possa fazer.

ESTUDO DE CASO DA AGÊNCIA DE ASSISTÊNCIA AO DOMICÍLIO

Como o proprietário da Lifetime Care Obtém sua equipe para tornar a satisfação do cliente sua estrela do norte

Eles descobriram a maneira certa de fazer isso.

8. O cronograma de pagamento é inconveniente.

Algumas empresas enviam uma fatura semanal, mas alguns clientes preferem o faturamento mensal, pois é mais fácil controlar os pagamentos. Lembre-se dos clientes ao planejar sua programação de faturamento.

9. Sendo cobrado uma hora e meia.

Os clientes reclamam de serem cobrados hora e meia nos feriados, o que equivale a cerca de US $ 30 / hora. Eles acham que é muito íngreme e cuidados não deveriam custar tanto. Se você puder fazer ajustes, faça-o. No mínimo, forneça informações aos clientes, para que eles entendam por que essa política está em vigor.

10. Não ser informado quando os cuidadores ligam dizendo que estão doentes.

Não é incomum que os cuidadores liguem dizendo que estão doentes, mas o escritório não liga para os clientes nem envia um substituto. Esse é um problema de comunicação que pode causar problemas astronômicos para seus clientes e para sua empresa de home care.

Embora todas as empresas lutem de uma forma ou de outra, é importante fazer um inventário detalhado e honesto de seu desempenho. Somente assim você poderá iniciar o caminho para a melhoria e criar uma empresa de cuidados domiciliares saudável e em crescimento. Se você estiver cometendo um ou mais desses erros, execute as etapas necessárias para resolver o problema e evitar o impacto negativo que esses problemas podem ter sobre o conjunto de clientes e a reputação.

Quer saber o que os cuidadores estão dizendo? Confira as dez principais reclamações de cuidadores.


Dez principais reclamações de clientes de cuidados domiciliares

Enquanto a maioria das agências de atendimento domiciliar trabalha extremamente para fornecer um atendimento excelente a cada cliente, ainda há muito que pode ser feito para melhorar o atendimento e garantir experiências ainda melhores para os clientes. No Home Care Pulse, conduzimos pesquisas com milhares de idosos todos os meses para entender sua experiência em receber atendimento domiciliar e identificar onde as agências que os atendem podem melhorar. Ao fazer isso, identificamos dez áreas principais de reclamações de clientes. Quantos deles podem ser um problema para sua agência?

1. Confusão na comunicação devido a vários cuidadores cuidando de um cliente.

Os clientes gostam de ter a estabilidade de um cuidador e um ponto de contato. Ter um “apontador” garante que a responsabilidade seja assumida e garante aos clientes que nada se perderá na comunicação.

2. Cuidadores que não são pontuais.

Os clientes de cuidados domiciliares geralmente relatam que os cuidadores chegam atrasados ​​ou saem mais cedo. Alguns clientes têm uma programação rígida e o fato de um cuidador chegar tarde significa que eles podem ser deixados sozinhos. Pode ser um grande inconveniente para os membros da família que precisam ficar mais tempo e perder os 10-20 minutos extras pelos quais estão pagando.

3. Qualidade inconsistente de cuidados.

Alguns cuidadores são melhores em seu trabalho do que outros, mas pode ser muito frustrante para um cliente quando um cuidador é excepcional e o próximo executa apenas tarefas básicas. Leia nossas postagens sobre recrutamento, retenção e treinamento de cuidadores de qualidade para garantir que seu nível de atendimento seja sempre confiável.

WEBINAR GRATUITO

O estado do atendimento domiciliar em 2021

Terça-feira, 25 de maio | 14h Leste | 60 minutos

4. Cuidadores gastando muito tempo nos telefones.

Os clientes ficam muito irritados quando os cuidadores estão pontuais e perdendo tempo no telefone, negligenciando o cliente. Enforce strict rules about cell phone usage, set a standard penalty for those who break the rules, and hold your caregivers accountable.

5. Lack of caregiver training.

Clients are sometimes upset when caregivers can’t perform basic cooking and cleaning requests. One woman we interviewed said when she asked her caregiver for a grilled cheese sandwich, the young woman stuck cheese on a piece of bread then dropped it in the toaster, creating a huge mess. Some caregivers may benefit from basic cooking instructions or recipes.

6. Cultural differences/language barriers.

Many cultures have different standards for cooking and hygiene. If you hire someone from another country, teach them about our customs and basic words in English before they start working. Language barriers and cleanliness differences can be very troubling and frustrating for your clients.

7. No discounted rates for 12+ hour shifts.

Clients who have a greater need for help will pay much more than those with only basic help needed. If your budget allows, try to take off a dollar or two for those long visits. This could be more difficult with the recent changes to caregiver exemptions, but clients will appreciate whatever effort you can make.

HOME CARE AGENCY CASE STUDY

How the Owner of Lifetime Care Gets His Staff to Make Client Satisfaction Their North Star

They’ve zeroed in on the right way to do it.

8. Pay schedule is inconvenient.

Some companies send out a weekly bill, but some clients prefer monthly billing since it’s easier to keeping track of payments. Keep clients in mind when planning your billing schedule.

9. Being charged time and a half.

Clients complain of being charged time and a half on holidays, which equals to about $30/hour. They feel that’s too steep and care shouldn’t cost that much. If you’re able to make adjustments, do so. At the very least, provide information for clients, so they understand why this policy is in place.

10. Not being told when caregivers call in sick.

It’s not uncommon for caregivers to call in sick to the office, but the office doesn’t call the clients or send a replacement. This is a communication problem that could cause astronomical problems for your clients and your home care business.

While all businesses struggle in one way or another, it’s important to take a detailed and honest inventory of your performance. Only by doing this can you begin the road to improvement and create a growing, healthy home care business. If you’re making one or more of these mistakes, take the necessary steps to solve the problem and prevent the negative impact these issues could have on your client pool and reputation.

Wondering what caregivers are saying? Check out the Top Ten Complaints from Caregivers.


Top 10 Complaints from Home Care Clients

W hile most home care agencies work extremely hard to provide great care to every client, there’s still a great deal that can be done to improve care and ensure even better experiences for clients. At Home Care Pulse, we conduct surveys with thousands of seniors every month to understand their experience receiving home care and identify where the agencies serving them can improve. In doing this, we’ve identified ten top areas of client complaints. How many of these might be an issue for your agency?

1. Confusion in communication due to multiple caregivers caring for one client.

Clients like having the stability of one caregiver and one point of contact. Having a “point man” ensures responsibility is taken and assures clients that nothing will be lost in communication.

2. Caregivers who aren’t punctual.

Home care clients commonly report that caregivers come late or leave early. Some clients are on a strict schedule, and having a caregiver show up late means they could be left unattended. It can be a huge inconvenience for family members who have to stay longer while missing out on those extra 10-20 minutes they’re paying for.

3. Inconsistent quality of care.

Some caregivers are better at their job than others, but it can be really frustrating for a client when one caregiver is exceptional, then the next performs only basic tasks. Read our posts on recruiting, retaining and training quality caregivers to ensure your level of care is always reliable.

FREE WEBINAR

The State of Home Care in 2021

Tuesday, May 25th | 2pm Eastern | 60 minutes

4. Caregivers spending too much time on phones.

Clients get really irritated when caregivers are on the clock and wasting time on their phones, neglecting the client. Enforce strict rules about cell phone usage, set a standard penalty for those who break the rules, and hold your caregivers accountable.

5. Lack of caregiver training.

Clients are sometimes upset when caregivers can’t perform basic cooking and cleaning requests. One woman we interviewed said when she asked her caregiver for a grilled cheese sandwich, the young woman stuck cheese on a piece of bread then dropped it in the toaster, creating a huge mess. Some caregivers may benefit from basic cooking instructions or recipes.

6. Cultural differences/language barriers.

Many cultures have different standards for cooking and hygiene. If you hire someone from another country, teach them about our customs and basic words in English before they start working. Language barriers and cleanliness differences can be very troubling and frustrating for your clients.

7. No discounted rates for 12+ hour shifts.

Clients who have a greater need for help will pay much more than those with only basic help needed. If your budget allows, try to take off a dollar or two for those long visits. This could be more difficult with the recent changes to caregiver exemptions, but clients will appreciate whatever effort you can make.

HOME CARE AGENCY CASE STUDY

How the Owner of Lifetime Care Gets His Staff to Make Client Satisfaction Their North Star

They’ve zeroed in on the right way to do it.

8. Pay schedule is inconvenient.

Some companies send out a weekly bill, but some clients prefer monthly billing since it’s easier to keeping track of payments. Keep clients in mind when planning your billing schedule.

9. Being charged time and a half.

Clients complain of being charged time and a half on holidays, which equals to about $30/hour. They feel that’s too steep and care shouldn’t cost that much. If you’re able to make adjustments, do so. At the very least, provide information for clients, so they understand why this policy is in place.

10. Not being told when caregivers call in sick.

It’s not uncommon for caregivers to call in sick to the office, but the office doesn’t call the clients or send a replacement. This is a communication problem that could cause astronomical problems for your clients and your home care business.

While all businesses struggle in one way or another, it’s important to take a detailed and honest inventory of your performance. Only by doing this can you begin the road to improvement and create a growing, healthy home care business. If you’re making one or more of these mistakes, take the necessary steps to solve the problem and prevent the negative impact these issues could have on your client pool and reputation.

Wondering what caregivers are saying? Check out the Top Ten Complaints from Caregivers.


Top 10 Complaints from Home Care Clients

W hile most home care agencies work extremely hard to provide great care to every client, there’s still a great deal that can be done to improve care and ensure even better experiences for clients. At Home Care Pulse, we conduct surveys with thousands of seniors every month to understand their experience receiving home care and identify where the agencies serving them can improve. In doing this, we’ve identified ten top areas of client complaints. How many of these might be an issue for your agency?

1. Confusion in communication due to multiple caregivers caring for one client.

Clients like having the stability of one caregiver and one point of contact. Having a “point man” ensures responsibility is taken and assures clients that nothing will be lost in communication.

2. Caregivers who aren’t punctual.

Home care clients commonly report that caregivers come late or leave early. Some clients are on a strict schedule, and having a caregiver show up late means they could be left unattended. It can be a huge inconvenience for family members who have to stay longer while missing out on those extra 10-20 minutes they’re paying for.

3. Inconsistent quality of care.

Some caregivers are better at their job than others, but it can be really frustrating for a client when one caregiver is exceptional, then the next performs only basic tasks. Read our posts on recruiting, retaining and training quality caregivers to ensure your level of care is always reliable.

FREE WEBINAR

The State of Home Care in 2021

Tuesday, May 25th | 2pm Eastern | 60 minutes

4. Caregivers spending too much time on phones.

Clients get really irritated when caregivers are on the clock and wasting time on their phones, neglecting the client. Enforce strict rules about cell phone usage, set a standard penalty for those who break the rules, and hold your caregivers accountable.

5. Lack of caregiver training.

Clients are sometimes upset when caregivers can’t perform basic cooking and cleaning requests. One woman we interviewed said when she asked her caregiver for a grilled cheese sandwich, the young woman stuck cheese on a piece of bread then dropped it in the toaster, creating a huge mess. Some caregivers may benefit from basic cooking instructions or recipes.

6. Cultural differences/language barriers.

Many cultures have different standards for cooking and hygiene. If you hire someone from another country, teach them about our customs and basic words in English before they start working. Language barriers and cleanliness differences can be very troubling and frustrating for your clients.

7. No discounted rates for 12+ hour shifts.

Clients who have a greater need for help will pay much more than those with only basic help needed. If your budget allows, try to take off a dollar or two for those long visits. This could be more difficult with the recent changes to caregiver exemptions, but clients will appreciate whatever effort you can make.

HOME CARE AGENCY CASE STUDY

How the Owner of Lifetime Care Gets His Staff to Make Client Satisfaction Their North Star

They’ve zeroed in on the right way to do it.

8. Pay schedule is inconvenient.

Some companies send out a weekly bill, but some clients prefer monthly billing since it’s easier to keeping track of payments. Keep clients in mind when planning your billing schedule.

9. Being charged time and a half.

Clients complain of being charged time and a half on holidays, which equals to about $30/hour. They feel that’s too steep and care shouldn’t cost that much. If you’re able to make adjustments, do so. At the very least, provide information for clients, so they understand why this policy is in place.

10. Not being told when caregivers call in sick.

It’s not uncommon for caregivers to call in sick to the office, but the office doesn’t call the clients or send a replacement. This is a communication problem that could cause astronomical problems for your clients and your home care business.

While all businesses struggle in one way or another, it’s important to take a detailed and honest inventory of your performance. Only by doing this can you begin the road to improvement and create a growing, healthy home care business. If you’re making one or more of these mistakes, take the necessary steps to solve the problem and prevent the negative impact these issues could have on your client pool and reputation.

Wondering what caregivers are saying? Check out the Top Ten Complaints from Caregivers.


Top 10 Complaints from Home Care Clients

W hile most home care agencies work extremely hard to provide great care to every client, there’s still a great deal that can be done to improve care and ensure even better experiences for clients. At Home Care Pulse, we conduct surveys with thousands of seniors every month to understand their experience receiving home care and identify where the agencies serving them can improve. In doing this, we’ve identified ten top areas of client complaints. How many of these might be an issue for your agency?

1. Confusion in communication due to multiple caregivers caring for one client.

Clients like having the stability of one caregiver and one point of contact. Having a “point man” ensures responsibility is taken and assures clients that nothing will be lost in communication.

2. Caregivers who aren’t punctual.

Home care clients commonly report that caregivers come late or leave early. Some clients are on a strict schedule, and having a caregiver show up late means they could be left unattended. It can be a huge inconvenience for family members who have to stay longer while missing out on those extra 10-20 minutes they’re paying for.

3. Inconsistent quality of care.

Some caregivers are better at their job than others, but it can be really frustrating for a client when one caregiver is exceptional, then the next performs only basic tasks. Read our posts on recruiting, retaining and training quality caregivers to ensure your level of care is always reliable.

FREE WEBINAR

The State of Home Care in 2021

Tuesday, May 25th | 2pm Eastern | 60 minutes

4. Caregivers spending too much time on phones.

Clients get really irritated when caregivers are on the clock and wasting time on their phones, neglecting the client. Enforce strict rules about cell phone usage, set a standard penalty for those who break the rules, and hold your caregivers accountable.

5. Lack of caregiver training.

Clients are sometimes upset when caregivers can’t perform basic cooking and cleaning requests. One woman we interviewed said when she asked her caregiver for a grilled cheese sandwich, the young woman stuck cheese on a piece of bread then dropped it in the toaster, creating a huge mess. Some caregivers may benefit from basic cooking instructions or recipes.

6. Cultural differences/language barriers.

Many cultures have different standards for cooking and hygiene. If you hire someone from another country, teach them about our customs and basic words in English before they start working. Language barriers and cleanliness differences can be very troubling and frustrating for your clients.

7. No discounted rates for 12+ hour shifts.

Clients who have a greater need for help will pay much more than those with only basic help needed. If your budget allows, try to take off a dollar or two for those long visits. This could be more difficult with the recent changes to caregiver exemptions, but clients will appreciate whatever effort you can make.

HOME CARE AGENCY CASE STUDY

How the Owner of Lifetime Care Gets His Staff to Make Client Satisfaction Their North Star

They’ve zeroed in on the right way to do it.

8. Pay schedule is inconvenient.

Some companies send out a weekly bill, but some clients prefer monthly billing since it’s easier to keeping track of payments. Keep clients in mind when planning your billing schedule.

9. Being charged time and a half.

Clients complain of being charged time and a half on holidays, which equals to about $30/hour. They feel that’s too steep and care shouldn’t cost that much. If you’re able to make adjustments, do so. At the very least, provide information for clients, so they understand why this policy is in place.

10. Not being told when caregivers call in sick.

It’s not uncommon for caregivers to call in sick to the office, but the office doesn’t call the clients or send a replacement. This is a communication problem that could cause astronomical problems for your clients and your home care business.

While all businesses struggle in one way or another, it’s important to take a detailed and honest inventory of your performance. Only by doing this can you begin the road to improvement and create a growing, healthy home care business. If you’re making one or more of these mistakes, take the necessary steps to solve the problem and prevent the negative impact these issues could have on your client pool and reputation.

Wondering what caregivers are saying? Check out the Top Ten Complaints from Caregivers.


Assista o vídeo: Złap lęk, zanim on złapie Ciebie! Warsztaty dla uczniów #wiemikropka. Przecinek i Kropka (Novembro 2021).