Receitas tradicionais

Cordeiro recheado com fermento em pó

Cordeiro recheado com fermento em pó

Preparei uma das melhores receitas de cordeiro da atualidade. Cordeiro recheado, no caso a costela e a polpa, temperei bem, deixei no forno para penetrar muito bem e dourar bem, para que pegue na sua atenção quando tirar o tabuleiro do forno. Uma grande, grande bondade para os consumidores de carneiro. É perfeito para refeições festivas, certamente irá surpreender os seus convidados com este prato.

  • 1 polpa de cordeiro
  • 1 pedaço de costela de cordeiro
  • órgãos de cordeiro
  • 5 cebolas verdes
  • 1 link dill verde
  • 1 link salsa verde
  • 1 cebola seca
  • 300 gr de tomates descascados em suco natural
  • algumas pequenas cenouras
  • 5 dentes de alho
  • 2 ovos
  • sal
  • Pimenta
  • colorau
  • alecrim seco (ou fresco)
  • 1 colher de sopa de especiarias para cordeiro
  • Pimenta
  • 2 folhas de louro
  • 1/2 xícara de vinho tinto

Porções: 6

Tempo de preparação: mais de 120 minutos

PREPARAÇÃO DA RECEITA Cordeiro recheado com fermento:

Lave os órgãos do cordeiro, ferva-os em uma panela com água, pimenta e louro. Quando estiverem cozidos, escorra-os bem de água, deixe esfriar. Corte-os finamente com uma faca ou passe-os pelo robô, optei por colocá-los no robô. Corte a cebola verde em rodelas. Pique a salsinha e o endro finamente. Misture em uma tigela os órgãos picados, as verduras, a cebolinha e os ovos. Vire bem a composição, tempere com sal e pimenta. Descasque uma abóbora, rale e lave com um guardanapo. Retire com cuidado a pele, se possível sem romper, coloque o enchimento do órgão dentro, empurre levemente com os dedos. Se a pele se romper em algum lugar, costure com uma linha especial para cozinha ou prenda com palitos de dente. Misture em uma tigela sal, pimenta, páprica, especiarias de cordeiro, alecrim seco. Com essa mistura, massageie levemente a carne por todos os lados e coloque-a em uma bandeja maior. Cebola descascada, cortada em rodelas, descasque as cenouras. Pique finamente os tomates pelados e corte o alho em rodelas. Coloque as cenouras entre os pedaços de carne. Deite o sumo de tomate em toda a superfície da carne, mas também no tacho, a seguir coloque a cebola e as rodelas de alho. Despeje o vinho na panela, mas também um copo de água. Cubra com papel alumínio, coloque o cordeiro no forno quente a 190 graus por 2 horas. Retire o papel alumínio após este tempo, aumente a temperatura para 200-210 graus e deixe o bife até dourar bem por cima. Quando estiver pronto, retire do forno, deixe esfriar um pouco. Sirva com picles, saladas, enfeites de legumes ou batatas. Minha família preferia com salada de beterraba. Desfrute de sua refeição!



As entranhas de um cordeiro (coração, fígado, pulmões, baço)

5 cachos de cebolinha

2 cachos de alho verde

2 feixes de salsa

2 links de endro

1 colher de sopa de azeite,

purê de cordeiro

Como se preparar para o tradicional fígado de cordeiro


Limpe e ferva os órgãos: corte-os em pequenos pedaços para que entrem no picador ou peça ao açougueiro que os pique. Coloque-os em uma panela e adicione sal. Leve para ferver e retire a espuma que se forma na superfície. Lave as verduras e pique finamente. Pique a cebola e refogue um pouco.

Passe os órgãos pelo picador e misture com as verduras. Adicione a cebola endurecida e 4-5 ovos crus inteiros ao picador. Adicione os temperos, o sal e a pimenta e coloque a farinha de rosca em uma bandeja, acrescente a composição e embrulhe na farinha de rosca. Pré-aqueça o forno a 200 graus.

Asse por cerca de 50 minutos e sirva. Para fazer o filé recheado com ovos cozidos, ferva 3-4 ovos cozidos e coloque metade da composição da carne na bandeja preparada com o purê. Deite os ovos e depois coloque o resto da composição e embrulhe bem com o pó.


Peneire 300 g de farinha em uma tigela. Faça um buraco no meio da farinha.


Aqueça o leite à temperatura corporal.


Em uma tigela, esfregue o fermento com uma colher de açúcar até que se dissolva. Adicione um pouco de leite morno (50 ml) e misture bem. Despeje o líquido no buraco no meio da farinha. Misture com um pouco de farinha, cubra a tigela com uma toalha e deixe a maionese crescer em local aquecido.


Em seguida, sobre a maionese levantada acrescente as gemas, o sal, o açúcar, o açúcar baunilha, o óleo e o restante do leite (aquecido junto à temperatura corporal). Sove tudo, adicionando aos poucos a farinha. Limpe as mãos da massa, lave, unte com óleo e reúna a massa das paredes da tigela, junte tudo em uma bola e unte o óleo e a tigela ao mesmo tempo. Cubra com papel alumínio, depois com uma toalha e deixe a massa levedar em local aquecido.


Enquanto isso, prepare o recheio de queijo: coloque o requeijão no ralador grande de uma tigela, acrescente o requeijão, o açúcar, o açúcar baunilha, os ovos e as claras e as passas douradas (panquecas com água e espremidas). Misture tudo e incorpore a semolina.


Bata as claras em neve com uma pitada de sal, acrescente o açúcar e bata até ficarem como merengue. Incorpore o cacau, depois as nozes moídas.


Ligue o forno para aquecer.


A massa é dividida da seguinte forma: 3/4 para a base e 1/4 para a trança e cruz. Você pode deixar tudo para a base se não quiser fazer tranças.


Espalhe a massa para a base na mesa de trabalho untada com óleo. Unte com clara de ovo misturada com cacau e nozes, deixando as bordas livres. Enrole e corte em fatias grossas. Eles são colocados em uma fôrma untada com óleo e forrada com papel manteiga. Leve a assadeira ao forno até que a massa esteja meio assada. Em seguida, retire a assadeira do forno e acrescente o recheio de queijo (se não quiser que as tranças caiam no recheio de queijo, como aconteceu comigo, leve a assadeira ao forno até engrossar um pouco). O resto da massa é trançado à vontade e posto sobre o queijo (trancei uma parte da massa em 3 e coloquei nas pontas e fiz uma cruz com a massa trançada em dois). Unte as tranças com a gema misturada ao leite e leve a assadeira de volta ao forno até que a Páscoa esteja bem dourada.


Menu especial: Cordeiro - preparado de outra forma

  • Costelas de cordeiro recheadas (Maria Matyiku / Epoch Times) Costelas de cordeiro recheadas

Costelas de cordeiro recheadas sempre podem competir com o tradicional bife de cordeiro assado. Para além do facto de serem particularmente saborosos, ao prepará-los desta forma, teremos bife e costeleta de borrego juntos.

Aqui está uma receita tradicional de família, que fazemos quase todos os anos.

Ingredientes para o bife:

  • costelas de meio cordeiro
  • Azeite
  • Orégano, sal, pimenta, colorau

Para o recheio:

  • 250 g de entranhas de cordeiro cozidas
  • 250 g de cogumelos
  • 2 ovos
  • 2 cachos de cebolinha / alho
  • 1 ramo de salsa verde / endro

Preparação:

As entranhas são bem lavadas e depois fervidas em água a ferver com um pouco de sal e pimenta em grão. Após a fervura, os órgãos são drenados da água em que foram fervidos e, após o resfriamento, passam pelo picador.

Enquanto isso, pique finamente a cebola / alho, os cogumelos e as folhas de salsa / endro.

Misture a carne picada com a cebola, o alho e as verduras, depois acrescente os ovos, o pão ralado, o sal e a pimenta. Homogeneizar bem a composição.

O cordeiro é bem lavado e depois murcha. Fazemos um bolso sob a pele dele, depois o enchemos com a composição pronta, sem encher com força.

Após o recheio, pegamos as pontas com palitos, para que o recheio não saia.

Unte bem o borrego com azeite de oliva, tempere com sal, pimenta, páprica e orégano, coloque em uma assadeira com as costelas para baixo e o recheio para cima. Coloque uma xícara de água, sal e pimenta na assadeira e cubra com papel alumínio.

Leve ao forno quente, em fogo médio, por meia hora, depois continue em fogo baixo até dourar (cerca de duas horas). Retire a bandeja do forno, retire o papel alumínio e teste se a carne penetrou. Usando uma colher, despeje bem sobre o bife do suco na panela. Coloque de volta no forno por cerca de 15-20 minutos.

Depois de esfriar, remova os palitos com cuidado. Pode ser repartido cortando cuidadosamente ao longo das costelas, de modo que cada fatia tenha uma costela ou duas de cordeiro. Colocamos as peças assim cortadas em um prato.

Pode ser servido com guarnições variadas de vegetais e saladas variadas ou, como tal, com salada de mostarda, raiz-forte ou beterraba.

Como acompanhamento preparamos batatas assadas temperadas com orégãos, acompanhadas de uma salada de endívias e rabanetes.


Tripa de cordeiro

As entranhas de cordeiro são bem lavadas e fervidas em uma panela com água e uma colher de chá de sal. Espuma de vez em quando e deixe ferver até ficar macio (cerca de 30 minutos). Retire da panela e deixe esfriar.
Enquanto preparamos a composição para o gotejamento, coloque a farinha de rosca em uma tigela com água fria e um pouco de vinagre.
Pique finamente as verduras: cebola, alho, endro e salsa.

Refogue a cebola e o alho juntos e depois acrescente as entranhas. Sempre misturamos com uma colher de pau.
Deixe esfriar, depois acrescente o tomilho moído, os ovos batidos separadamente, o endro, a salsa picada e os temperos. Homogeneizamos bem a composição.
Se quiser uma consistência fina, passe a mistura por um moedor de carne. Cortei-os com uma faca, porque queria experimentar uma textura diferente.
Unte uma forma resistente ao calor com manteiga e coloque o pó por cima. Coloque-o de forma que fique nas bordas por muito tempo, para que possa ser virado sobre o recheio.
Encha a panela com a mistura obtida. Pressione levemente com uma colher, cubra e retire o excesso de pó.
Asse no forno pré-aquecido em fogo médio por 40 minutos. Ele escurece e sai facilmente das bordas da tigela.
Em vez de pão ralado, você pode usar uma folha de coca ou uma bandeja untada com manteiga e forrada com pão ralado.
Drobul é servido frio com uma guarnição de vegetais e salada ou apenas com mostarda.
Bom apetite!
PS: Você pode embrulhar a composição em pó e dar-lhes o formato de almôndegas que depois frita em uma frigideira no óleo.


Batatas naturais para bife de frango assado

Enquanto a carne está no forno, prepare uma deliciosa guarnição para Steak sua frango assado. Descasque a abóbora, rale e corte em cubos médios. Coloque-os para ferver em uma panela com água e deixe-os apenas até que pareçam mais fáceis de penetrar com um garfo. Retire as batatas da água e coloque-as na frigideira ao lado do frango, quando a carne já estiver levemente dourada. O Kaiser também é cortado em rodelas e colocado sobre as batatas. Volte a colocar o tabuleiro no forno até que as batatas e o frango estejam bem penetrados.

O melhor frango é o servido logo que é retirado do forno. Por isso, coloque um pedaço de frango em um prato com batatas naturais, regue com o molho e, antes de servir, polvilhe um pouco de salsinha picada. Você não precisa comer apenas cordeiro no domingo de Páscoa. Impressione sua familia com bife de frango assado com batatas naturais.


Tripa de cordeiro

Ensopado de borrego, uma receita tradicional romena para a refeição da Páscoa. É perfumado e cremoso, não impreciso! Se você não gosta do cheiro de cordeiro, pode substituir os órgãos por frango, seguindo os mesmos passos.

Estamos nos aproximando rapidamente das férias e já entramos na febre dos preparativos. Todos procuram o cordeiro perfeito, os pratos perfeitos, as sobremesas perfeitas. Tudo para ter na mesa da Páscoa os melhores e mais saborosos pratos. Para o fígado do cordeiro, você precisa dos órgãos de um, dois cordeiros, dependendo da quantidade de fígado que você deseja obter. Dos órgãos de um cordeiro você obterá uma bandeja de gotejamento. Se você sacrificar seu próprio cordeiro, tudo o que precisa fazer é guardar e usar seus órgãos. Caso contrário, você precisará comprar cordeiro no açougue. Certifique-se de que são frescas, não cheiram mal e não têm cor escura.

A estrela da mesa é sem dúvida o demônio. Fresco, delicioso, perfumado, servido frio com mostarda. Uma delícia!

Os órgãos deste pedaço de carneiro são bem limpos de quaisquer vestígios de gordura ou sangue, qualquer cartilagem é removida e lavada em água fria. Atenção especial deve ser dada aos rins que são mantidos em vinagre por algumas horas para se livrar do odor característico. Não coloque sal nos órgãos ao endurecê-los. O sal os fortalecerá. Tempere apenas quando tiver parado o fogo.

Em seguida, asse o maravilhoso pedaço de cordeiro em uma bandeja untada com manteiga e forrada com papel manteiga ou embrulhe a massa na assadeira. Você também pode colocar ovos cozidos dentro do tambor para um aspecto mais elegante.Deixe o tambor no forno até que esteja uniformemente dourado e firme ao toque. Antes de servir, deixe esfriar para que corte bem e não se desfaça. O Drobul é servido frio, como aperitivo com mostarda e uma deliciosa salada primaveril. Se você ainda não fez isso, agora é a oportunidade perfeita para experimentá-lo!

Se gostou da receita de hoje, assine a nossa Newsletter. Desta forma, você não perderá nenhuma novidade culinária. Você também pode nos seguir no Facebook ou Instagram.


Vídeo: GRILLED OSTRICH. OSTRICH MEAT on CHARCOAL. ENG SUB (Dezembro 2021).