Receitas tradicionais

6 dicas para hospedar uma festa de verão melhor

6 dicas para hospedar uma festa de verão melhor

Existem várias maneiras de hospedar amigos e familiares para um soirée de verão casual. Por que não atualizar suas habilidades de hospedagem e agitar um pouco as coisas? O anfitrião (es) que assume riscos conquista o amor de seus convidados. Você pode lidar totalmente com um upgrade de festa: hospedar deve ser divertido, não estressante, e se você planejar com antecedência, sua festa vai acontecer sem contratempos.

Esteja você organizando um piquenique, churrasco ou um jantar ao ar livre, Chassie Post de Gilt.com está aqui para oferecer algumas dicas que farão da sua festa de verão o assunto do momento.

Peça comidas saudáveis ​​e sofisticadas:

- Peça bifes saudáveis ​​alimentados com grama e frango criado a pasto direto do seu computador com o produto orgânico de Gilt City, Bife certificado pelo USDA e combinação de frango de BeetnikFoods.com.

- Comestíveis perfeitos para o a festa vai chegar direto na sua porta com 30% de desconto em seu próximo pedido no FreshDirect.com, cortesia de Gilt City.

- Pratos orgânicos, locais e bem apresentados são entregues na sua porta com serviços de entrega de refeições como o Hamptons Aristocrat. Experimente Coquetel com serviço de bufê nos Hamptons de Gilt City para até 50, com aperitivos deliciosos e equipe, se você estiver participando de uma festa no leste.

Saia da mesa:

- Para um toque tradicional entretenimento ao ar livre, leve seus convidados para a praia ou faça uma fogueira no gramado.

Beachy Seat:

- Tem um monte de gente vindo e falta de assentos? Jogue no chão algumas colchas coloridas e grossas e toalhas de praia!

Real Fake:

- Como se costuma dizer, finja até conseguir!

- Não tenha medo de dar um impulso ao seu buquê de verão! Adoramos misturar flores verdadeiras e falsas para dar aos nossos botões algum poder de permanência. A chave: um belo vaso. Põe o bonito nas pétalas!

Festa portátil:

- Como todos sabemos, a festa é onde está o bar!

- Eu adoro uma barra portátil, e esta pequena bolsa de couro chique com todos os itens essenciais é a melhor festa portátil!

Sonho de sorvete:

- Para o melhor sorvete caseiro sanduíche de sempre, faça seu próprio sorvete e congele em um cilindro. Fatie círculos como se fosse uma massa de biscoito, faça um sanduíche com seus biscoitos caseiros (ou não!) E voila!

- Ou crie sua própria sorveteria com uma máquina de sorvetes super festiva. Torne-o especial com óculos inspirados em cones e deixe a diversão começar!


Principais dicas de Julia Turshen para a festa definitiva

Quando a autora de livros de receitas Julia Turshen apresenta seu podcast culinário Keep Calm and Cook On, ela tem um estilo relaxado e confortável que deixa seus convidados à vontade. Ela adota a mesma abordagem quando dá uma festa. Mantenha a calma e mostre suas principais dicas para entretenimento.

Julia Turshen começou a cozinhar tão jovem que o apelido de sua família era "Julia, a Criança". Antes de ter idade suficiente para segurar uma faca de chef, ela dava festas. Seu primeiro, um sarau no Dia dos Namorados para seus avós e parentes variados, tinha um código de vestimenta rigoroso de gravata preta e apresentava pequenos sanduíches que Julia de 6 anos imaginou com um cortador de biscoitos em formato de coração. & quotFoi tudo muito extra & quot, Julia diz rindo. & quotMeu estilo divertido ficou muito mais relaxado & quot.

Hoje em dia, Julia & # x2014, que escreve livros de receitas de sucesso e dirige Equity at the Table, um banco de dados que conecta minorias sub-representadas no mundo da alimentação & # x2014, tem muito mais probabilidade de saudar seus convidados com uma camisa para fora da calça e jeans. Seu entusiasmo em reunir as pessoas, no entanto, ainda queima. A maioria das reuniões de Julia é espontânea e acontece na casa de fazenda de 150 anos no interior do estado de Nova York que ela divide com a esposa Grace Bonney, fundadora do blog DesignSponge. “Como moramos em uma área rural sem muitos restaurantes, eu cozinho em casa todos os dias”, diz Julia. & quotIsso torna muito fácil enviar mensagens de texto aos amigos e dizer: & aposEi, comprei frango demais. Você quer vir? & Apos & quot

Julia acredita que a comida não precisa ser complicada para ser boa. Ela serve pratos simples, deliciosos, quentes ou em temperatura ambiente, eliminando o estresse da cozinha de última hora. & quotEu não quero ficar presa na cozinha pensando se todos estão falando por aí. & quot Ela também se certifica de preparar uma refeição que todos gostem. Então, ao convidar alguém para sua casa pela primeira vez, ela pergunta sobre a restrição alimentar. & quotEu não quero que ninguém sinta do lado de fora da minha mesa, e isso se traduz no que estamos comendo. & quot.

No entanto, trata-se de mais do que comida deliciosa. “O que é mais importante para mim é a qualidade do nosso tempo juntos”, diz ela. & quotVocê quer que as pessoas saiam de sua casa pensando, Foi uma noite tão boa!& quot Para esse fim, ela adora reunir amigos de diferentes círculos com quem ela prevê que se darão bem e, em seguida, incentivá-los a se conhecerem e a encontrar soluções para os dilemas do dia. & quotAdoro que conversas significativas comecem em torno da minha mesa, e meu objetivo é garantir que elas não terminem aí. & quot


Como será o entretenimento pós-pandemia? Especialistas pesam

Os círculos sociais estão fervilhando de novo, então pedimos a três especialistas em entretenimento que nos dessem suas melhores dicas para organizar uma festa pós-pandemia que fosse tão confortável quanto memorável.

Depois de mais de um ano de distanciamento, estamos todos ansiosos para nos socializar, agora que as vacinas estão amplamente disponíveis e o número de infecções por COVID está diminuindo. Mas como exatamente será o entretenimento pós-pandemia? Algumas pessoas ainda estão (compreensivelmente!) Desconfiadas de contato próximo, mesas de pastoreio compartilhadas & mdashor compartilhou qualquer coisa, realmente & mdash enquanto outros estão prontos para mergulhar, partir o pão e brindar uns aos outros com gosto.

Quase um terço dos americanos dizem que já começaram a se socializar, de acordo com uma pesquisa recente do Axios-Ipsos Coronavirus Index. Outros 29 por cento dizem que o farão assim que eles, ou todos em seu círculo, forem vacinados, 21 por cento dizem quando as autoridades dizem que é seguro e 20 por cento dizem que simplesmente não sabem.

Embora um número crescente de pessoas esteja pronto para a festa, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças ainda sugerem reuniões íntimas e pequenas, em oposição a grandes. Toda essa incerteza persistente tem todos se perguntando qual é a melhor e mais segura maneira de entreter a pós-pandemia de uma forma que garanta que todos estejam confortáveis ​​e tenham um bom tempo e mdashhosts incluídos.

Aqui está uma dica: Quanto menor, melhor. Pelo menos agora. & ldquoThere & rsquos interesse crescente em encontros mais íntimos no momento, & rdquo diz Rebecca Gardner, fundadora e diretora criativa de eventos e interiores coletivos Houses and Parties (cujos cenários de festa são mostrados acima e abaixo). & ldquoA boa notícia é que pequenas festas parecem significativas, permitindo que você tenha mais tempo e espaço para se conectar e cuidar de detalhes bonitos. & rdquo Mas isso não significa que você tenha que sacrificar a elegância ou a sofisticação. & ldquoEu quero usar lantejoulas, dançar na mesa e encontrar meus sapatos nos arbustos na manhã de domingo, mas já faz um ano e a maioria de nós fica feliz em entrar na ponta dos pés primeiro, & rdquo acrescenta Gardner.

Outro benefício das pequenas reuniões é que os detalhes têm chance de brilhar. "A reunião intencional está de volta", diz Melissa Ippensen, designer de eventos especiais no histórico Barnsley Resort em Adairsville, Geórgia, lar de um fluxo constante de negócios elegantes que, segundo ela, se tornaram mais íntimos no mundo pós-COVID. Sempre, as pessoas valorizam a união, então os eventos se tornaram mais pessoais. Coisas como a configuração do local dos hóspedes e toques de decoração pessoais estão influenciando cada reunião mais do que nunca. Os pequenos detalhes são aprimorados porque apenas se reunir é um verdadeiro deleite! "

Agora, mais do que nunca, as pessoas valorizam a união, então os eventos se tornaram mais pessoais.

Uma maneira fácil de minimizar as preocupações persistentes sobre festas pós-pandemia é organizar uma festa ao ar livre. & ldquo Jantares ao ar livre deixam todos à vontade e permitem que os hóspedes se divirtam, mas ainda façam parte da comunidade, & rdquo Ippensen diz. Informe seus convidados com antecedência, para que eles saibam o que esperar. & ldquoOfereça um embrulho nas costas de uma cadeira se a noite ficar fria, tenha alguns lindos guarda-sóis para oferecer sombra e diga ao grupo para levar sapatilhas, não sapatos de salto. "Estar ao ar livre não deve fazer você se sentir restrito a quintais e pátios, no entanto . & ldquoTodo mundo está entediado com seu próprio pátio, então mude o jantar para um parque ou uma fazenda de peônias local & mdashanywhere novo e emocionante & rdquo Gardner sugere.

Mesmo ao ar livre, a elegância de um jantar banhado está de volta. & rdquoEsqueça o estilo familiar! Esqueça os bufês! Vamos nos vestir bem e sentar! ”, Diz Gardner. Mas pense além de apenas uma salada e um prato principal. & ldquo & rsquo & rsquo; rsquina-se de ver comida estilo estação desconstruída para acomodar pratos pequenos e mais pratos ", diz Ippensen.

Você também deve considerar a colocação de mesas e cadeiras. & ldquoUma boa regra pós-COVID é colocar as tabelas a cerca de 10 a 12 pés de distância & rdquo, diz Marielle Shortell, fundadora da Hestia Harlow, que cuida das configurações de tabela de aluguel e devolução. Pré-pandemia, 24 "era normal para cada configuração de local, mas & ldquodependendo do evento e do nível de conforto, isso pode ser estendido ainda mais & rdquo Shortell diz. Mantenha os grupos para não mais de seis em uma rodada de 60" ou uma mesa retangular de 8 ' .

Quer o seu sarau seja dentro de casa ou ao ar livre, fazer uma pista de dança parecer 100% segura para o COVID é uma tarefa difícil, & ldquobuuuuut você poderia ter uma pista de dança de 10 'x 10' e deixar que cada convidado faça a sua vez, & rdquo diz Gardner. Outra ideia é expandir a pista de dança e adicionar vinhetas com mesas de coquetel e espreguiçadeiras para que todos possam participar no seu nível de conforto. & ldquoNós & rsquove usamos plantas e vegetação para criar bolsões que ajudam os hóspedes a se lembrarem de se distanciarem socialmente & rdquo, diz Ippensen. "Traz o elemento externo para uma festa interna e parece que você está dançando em um jardim."

Se for o tipo de reunião que exige o envio de convites, personalize-os. & ldquoUma nota gentil que diz que você deseja que o convidado celebre com você, seja pessoalmente ou por meio de votos calorosos, permite que eles saibam que não há problema em dizer não se eles ainda não estiverem muito confortáveis ​​em reuniões sociais & rdquo Ippensen acrescenta. Nem todo mundo está pronto para entretenimento pós-pandemia & mdash, mas a boa notícia é que estamos quase lá!

Pronto para hospedar? Encontre alguma inspiração de designer abaixo.


As 25 melhores ideias para festas na piscina para tornar sua próxima festa um respingo

Mergulhe nessas receitas, temas e decorações que são perfeitas para festas na piscina!

O verão está chegando e, para muitas pessoas, isso significa fazer festas na piscina no quintal. Não há melhor maneira de vencer o calor do verão do que convidar seus amigos e família para nadar, relaxar na piscina e, geralmente, apenas se divertir ao sol. Para adicionar cor e variedade ao seu sarau e comidas de verão, reunimos algumas das melhores ideias para festas na piscina que a web tem a oferecer e inclui temas, decorações, receitas, jogos e muito mais. Alguns desses projetos DIY, como balões de piscina ou uma peça central festiva de abacaxi coberta de confete, são tão simples que podem ser feitos em questão de minutos. Outros, como uma barra de tiki DIY ou uma fogueira personalizada, exigem um pouco mais de esforço para criar, mas serão um grande golpe em festas e podem ser usados ​​para entreter durante todo o verão! Claro, nenhuma festa na piscina está completa sem alguns lanches leves de verão. Quer você queira apimentar as coisas com tacos de camarão ou mantê-lo doce com uma barra flutuante de sorvete, temos receitas para todos os gostos e ocasiões. Confira nossa galeria de ideias para ter certeza de que sua próxima festa na piscina será um respingo!

Esta receita festiva de camarão e manga é ideal para encontros improvisados ​​de verão, quando você precisa de um jantar rápido que requer o mínimo de cozimento. Deixe seus amigos escolherem suas próprias coberturas e fazer o taco dos seus sonhos!

Veja mais em Oh Joy !.

Este bar flutuante de sorvete é perfeito para um sarau de verão e uma bebida à beira da piscina e pode ser apreciado por adultos e crianças. Dê um toque especial a este favorito da infância, servindo-o com sucos espumantes e refrigerantes aromatizados.

Veja mais em Julie Blanner.

Os balões são uma das formas mais fáceis e acessíveis de decorar para qualquer festa. Dê um toque divertido de cor à sua piscina, fazendo flutuar balões na água.

Crie a festa na piscina em tons pastéis dos seus sonhos com um bolo ombre rosa claro mágico, confetes personalizados e enfeites de flamingo no gramado. Sem piscina? Sem problemas. Deixe seus convidados refrescarem os calcanhares em um dia quente em uma piscina inflável.


10 dicas para hospedar uma festa do pijama de sucesso

Seu filho está hospedando sua primeira festa do pijama? Torne-o um grande sucesso seguindo estas dicas de especialistas.

Pernoites, festas do pijama, pernoites: como quer que você os chame, boatos sugerem que eles são o paraíso para as crianças e o inferno para os pais. Crianças muito animadas ou com saudades de casa, sacos de dormir molhados, barrigas nervosas e conflitos sociais podem ser uma experiência bastante esclarecedora. “Às 4 da manhã, meu filho era o único dormindo”, diz Linda Lee de Mississauga, Ontário. “Os outros estavam praticando uma dança para o aniversário dela, e estavam todos vestidos e prontos para se apresentar!”

Limpe a poeira de Cheezie e as memórias borradas pelo cansaço, no entanto, e uma imagem mais positiva começa a surgir. “A festa do pijama pode fornecer uma chance para as crianças praticarem a independência e aumentar as habilidades sociais e de resolução de problemas, tudo dentro de um ambiente seguro”, diz Rob Stringer, um treinador de pais e jovens e pai de dois filhos em Binbrook, Ontário. Então, como você pode hospedar uma ótima festa do pijama sem recorrer à intervenção divina? (OK, uma pequena oração não faria mal & # 8230) Pedimos a pais e especialistas canadenses que definissem suas regras básicas.

1. Você não deve hospedar uma festa do pijama até que seu filho esteja realmente pronto
“Isso deve ter uns sete ou oito anos para uma festa”, diz Jamie Kyle McGillian, autor de Festa do pijama! Jogos e risos para uma noite divertida e a mãe de duas filhas em Dobbs Ferry, NY. “Você sabe que a criança está pronta quando diz que gostaria de experimentar, quando começa a fazer as malas e a planejar jogos para brincar.” Dito isso, crianças de apenas cinco anos provavelmente podem lidar com uma pequena visita noturna com um ou dois amigos ou primos próximos.

Outra questão a considerar é se seus pequenos convidados estão prontos. Se você não tiver certeza, um bom compromisso pode ser uma festa do pijama "meio", em que os hóspedes vestem pijamas, se divertem e saem por volta das 21h. Ou considere uma política de exclusão. “Deixamos claro que as crianças eram bem-vindas para serem buscadas na hora de dormir e podiam ligar para casa a qualquer momento se decidissem ficar ou não”, disse Vicki Delinger, mãe de uma filha de 11 anos em Edmonton.

2. Você deve limitar a lista de convidados
Comece pequeno - com talvez um a três convidados - e aumente para um número maior conforme você pega o jeito da festa do pijama. Mas se você tiver mais experiência com crianças - e dois adultos responsáveis ​​disponíveis durante toda a noite - comece imediatamente e peça de seis a dez para ficarem aqui. Delinger é uma daquelas almas mais fortes. “Minha filha dormiu na casa dela nos últimos quatro aniversários, com até 15 meninas em cada - mas descobri que elas se divertem muito.”

Considere também as personalidades envolvidas. Este pode não ser o momento de apresentar novos amigos à multidão. “Você deve brincar com eles pelo menos uma vez para conhecê-los e - vamos ser honestos - certifique-se de não odiá-los”, diz Peggy Campbell, * uma mãe de dois filhos em Dartmouth, NS. “Odiar durante o dia é muito mais fácil do que odiar à noite.” Procure um número par de crianças, incluindo o anfitrião. Três é uma multidão, como diz o ditado, especialmente quando os três estão cansados.

3. Você deve honrar os pais de seus convidados
O sucesso de sua festa do pijama é diretamente proporcional à quantidade de informações compartilhadas - tanto de saída quanto de entrada. “Os convites devem indicar claramente os horários de entrega e coleta, se as refeições estão incluídas, o que as crianças devem trazer (saco de dormir, travesseiro), um pouco de informação sobre supervisão e quaisquer atividades planejadas, além de um número de contato”, diz Stringer.

Converse com os outros pais sobre a experiência do pijama de seus filhos, alergias alimentares e hábitos noturnos. Por exemplo, alguns pais podem esperar um telefonema antes de dormir.

Se é seu filho quem está dormindo, não seja tímido sobre seus problemas de xixi à noite ou medo do escuro. Vai sair de qualquer maneira, e um pai anfitrião preparado pode lidar com a situação de forma positiva e discreta.

4. Você não deve oferecer guloseimas açucaradas ou alimentos pesados ​​uma hora antes de deitar
Mini-pizzas, vegetais e molhos, frutas frescas, pretzels, pipoca e outros light, alimentos sem nozes e lanches são escolhas sábias. “Dê guloseimas no início da noite para dar tempo de queimar o açúcar”, diz Kim Gauvin, de Ottawa, mãe de um menino de nove anos. E, é claro, evite qualquer comida que possa perturbar a barriga já nervosa de alguém longe de casa. “Lembre-se de que será você limpando o vômito do rejunte, mais ninguém”, diz Campbell com tristeza.

5. Você deve relaxar com as atividades
“Incentive, mas não force ninguém a jogar os jogos e fazer o trabalhos manuais, ”Sugere McGillian. “Mantenha muitos livros e revistas à mão para que as crianças que não querem fazer a atividade ainda possam se divertir e se sentir confortáveis.” As melhores atividades permitem que todos se envolvam - ao contrário de um videogame, digamos, onde apenas um ou dois podem jogar.

Boas ideias incluem: decorar cupcakes ou fazer sundaes assistindo a filmes apropriados para a idade e não assustadores, criando uma rotina de dança ou vídeo fazendo karaokê jogando jogos de tabuleiro e construindo fortes, se você tiver almofadas de sofá amplas. “Eu gosto do jogo de amá-lo ou odiá-lo - quando eu era um professor substituto, crianças do jardim de infância até a sétima série se divertiam com ele”, diz McGillian. Forme um círculo e dê a cada criança a chance de nomear algo: a praia, camarão frito, tempestades de neve. Então, cada pessoa tem que decidir se ama ou odeia. “Não existe meio-termo, então isso sempre faz as pessoas rirem”, diz ela.

6. Você deve estar por perto e ter um código
Mantenha as crianças mais novas ao alcance da audição, no mesmo andar que você com as crianças mais velhas no porão ou em uma sala de recreação separada. Faça o check-in a cada 15 a 30 minutos. “Melhor errar por ser um pouco intrusivo na primeira vez”, diz Stringer. Ele e McGillian também recomendam desenvolver uma frase de código que seu filho possa dizer a você se as coisas estiverem saindo do controle ou se um convidado estiver tendo problemas. (A frase pode ser tão simples como “Que horas são?”) Assim, você pode intervir e ajudar, mas ninguém se sente destacado. E, claro, certifique-se de ter alarmes de fumaça funcionando onde quer que as crianças durmam ou brinquem.

7. Você deve honrar o campo de dormir nivelado
Um círculo de sacos de dormir na sala de estar ou no chão do quarto, se o espaço permitir, significa que todos estão conectados e iguais. Além disso, evita que as crianças caiam umas sobre as outras da cama e abafa as discussões sobre quem vai dormir e onde. “Cada vez que um novo amigo dorme, há um debate sobre quem vai dormir na cama de cima”, avisa Gauvin, que preferia a opção mais igualitária de seu filho em anos anteriores.

8. Você deve tornar o sono possível
“Nunca há esperança de uma hora de dormir regular ou de que o sono venha mesmo com as luzes apagadas”, diz Gauvin. Dito isso, existem algumas coisas que você pode fazer para que as crianças durmam às 2 da manhã em vez das 4 da manhã. Avise-as quando as luzes se apagarem e o que se espera delas. Diminua as luzes que antecedem esse momento e, possivelmente, distribua lanternas assim que as luzes forem apagadas. Se as risadas não pararam bem na madrugada, considere dormir com eles você mesmo ou estabelecer a lei. “A voz profunda e assustadora de um pai é essencial no momento final, final, final do apagamento das luzes”, diz Campbell.

9. Você deve se preparar para escovas de dente esquecidas e saídas repentinas
Espere o inesperado: tenha à disposição sacos de dormir, cobertores, travesseiros e produtos de higiene pessoal extras. Gauvin diz que as escovas de dente são as mais esquecidas. Quase todos os pais com quem conversamos também haviam preparado os pais de seus convidados para esperar um telefonema no caso de seu filho ficar com saudades de casa ou ficar fora de controle. Alguns até recomendam ter uma folha de inscrição para que os números de contato sejam fáceis de encontrar às 3 da manhã.

10. Você não deve dizer: & # 8220 Oh, venha buscá-lo quando quiser. & # 8221
“Não faça a coleta no dia seguinte depois das 10h”, avisa Campbell. Mesmo que eles conversassem até as 3 da manhã, provavelmente ainda acordarão às 7. O amanhecer turvo e incrustado de chips será difícil, mas você pode se consolar por ter criado algumas memórias mágicas e, com sorte, um vínculo ainda mais forte de amizade, para seu filho e seus convidados.

Quanto aos pais convidados, siga a regra de ouro e faça aos pais anfitriões o que você gostaria que fizessem a você. Isso significa embalar todas as coisas concebíveis - incluindo brinquedos de mimo - que seu filho possa precisar, certificando-se de que ele está bem alimentado e descansado antes de chegar, não o deixando mais cedo "porque você estava na vizinhança" e pegando-o no dia seguinte a tempo , ou mesmo - Deus te abençoe! - cedo. Isso também significa que você está dando a próxima festa do pijama!

Dormindo com os peixes & # 8230 e os dinossauros e os aviões

Quer apimentar suas festas do pijama? De museus a zoológicos e bibliotecas, muitas instalações em todo o Canadá oferecem programas noturnos inesquecíveis para crianças:

Aquário de Vancouver: participe de um passeio marinho pelos bastidores e depois cochile ao lado das baleias beluga. Vancouver, (604) 659-3504, vanaqua.org

H.R. MacMillan Space Center: Construa um foguete, curta uma viagem espacial em um simulador de vôo e maravilhe-se com o céu noturno no teatro planetário. Vancouver, (604) 738-7827 ramal 241, spacecentre.ca

Royal Tyrrell Museum of Paleontology: Snooze entre mais de três dezenas de esqueletos de dinossauros. Drumheller, Alta., 1-888-440-4240, tyrrellmuseum.com

Zoológico de Toronto: adormeça ao ar livre em um acampamento no mato ao ouvir os gritos e gritos de animais exóticos. Toronto, (416) 392-5947, torontozoo.com

Fort Edmonton Park Passe a noite como um pioneiro, usando lanternas para iluminar e fazendo bannock para o café da manhã. Edmonton, (780) 496-8787, fortedmontonpark.ca (Clique em Programas, Programas Educacionais, Programas em Grupo.)

Centro de Ciências de Saskatchewan: Brinque de cientista maluco por uma noite com atividades e programas científicos. Regina, 1-800-667-6300 ramal 3, sasksciencecentre.com

Museu Infantil de Manitoba: Desfrute de uma caça ao tesouro misteriosa após o expediente e de um filme tarde da noite antes de preparar os sacos de dormir. Winnipeg, (204) 924-4004, childrensmuseum.com

Museu Canadense de Aviação: Pilote um Cessna, faça um tour com uma lanterna no museu e caia sob as asas de um avião. Ottawa, (613) 993-4264, aviation.technomuses.ca

Montreal Biodôme: deite-se com as criaturas dentro de um dos ecossistemas vivos do Biodôme. Montreal, (514) 868-3000, www2.ville.montreal.qc.ca/biodome

Museu Marítimo do Atlântico: Explore um navio a vapor de 100 anos, aprenda sobre a vida no mar e ouça histórias de fantasmas antes de dormir. Halifax, (902) 446-4416, http://maritimemuseum.novascotia.ca

Wolfville Memorial Library: Desfrute de sua festa do pijama literária anual com um convidado misterioso - em 2008 foi Robert Munsch! Wolfville, NS, (902) 542-5760, valleylibrary.ca

Este artigo foi publicado originalmente em abril de 2009.

Você está preocupado que seu filho não seja extrovertido o suficiente? Confira este vídeo sobre como você pode tornar seu filho mais extrovertido:


Cozinhando para uma multidão

Convidar para um grupo de convidados sempre parece divertido. Mas se você & rsquear como muitas anfitriãs, as tarefas e & ldquowhat-ifs & rdquo (& ldquoE se eu não fizer o suficiente? & Rdquo & ldquo & ldquo; E se alguém não comer carne? & Rdquo) de alimentar um faminto pode levar até mesmo um cozinheiro calmo a entrar em pânico. & ldquoNíveis de estresse naturalmente aumentam um pouco mais quando você precisa de uma festa & rdquo, diz Dawn Simmons, uma instrutora de culinária em Dallas e autora de Cozinhando para multidões para leigos. & ldquoO planejamento é a chave para aliviar muita ansiedade e, se você se divertir, seus convidados também o farão. & rdquo Aqui, como servir com sucesso.

Vasculhando sua pilha de & ldquorecipes, devo tentar um dia & rdquo por algo que irá impressionar? A menos que você tenha uma entrada de reserva (e por que colocar esse estresse extra em si mesmo?), Confie em refeições que você pode (quase) cozinhar de olhos fechados. Experimentar novos pratos ou receitas complicadas aumenta as chances de problemas, diz Simmons, você deve sempre testar as receitas antes de servi-las a um grupo. Se você está morrendo de vontade de fazer algo novo, escolha um aperitivo ou sobremesa como parte de uma variedade de outras receitas confiáveis ​​e não deixe de fazer um prato do qual toda a refeição depende.

Enlouqueça quando você estiver hospedando seu clube de jantar de paladar aventureiro. Caso contrário, certifique-se de que seu menu agrada a gostos variados. Tradução: fique longe de ovos de codorna e qualquer outra coisa incomum. Como é difícil saber as preferências alimentares de todos, inclua opções vegetarianas e evite pesar no menu um ingrediente ou tempero específico (coentro no arroz, coentro de frango, coentro margaritas) no caso de um convidado ter aversão, sugere Aaron Albrecht, Chef Executivo na Dean & amp Deluca na cidade de Nova York, onde supervisiona o departamento de catering.

O que você ganha quando deixa toda a sua comida para o dia da festa? Uma anfitriã que estava se mexendo durante a maior parte da reunião. & ldquoEscolha pratos que você pode fazer em grandes lotes com antecedência e reaqueça um pouco antes da festa para que você possa se misturar mais e ser um bom anfitrião & rdquo, diz Albrecht. Ele recomenda fazer clássicos italianos, como berinjela ao parmesão e lasanha, bem como assados ​​e sopas, com antecedência. Socializar é difícil quando você tem que estacionar em frente ao fogão para fazer refogados, águias e salteados.

A quantia que você precisa fazer varia de acordo com seus convidados (somente para adultos ou seu time de futebol adolescente & rsquos voraz?) E quando você & rsquore servindo (planeje porções maiores na hora do jantar), diz Simmons. Quanto mais tipos de itens você oferece em cada curso, menos você precisa de cada um. Algumas orientações grosseiras de Dummies.com sobre quanto cozinhar por pessoa: para entr & eacutees, cerca de & frac12 libras de frango desossado ou carne moída ou 4 a 5 onças de macarrão para os lados, 3 a 4 onças de vegetais e 1 e frac12 onças de grãos e para sobremesa, cerca de dois biscoitos ou brownies.

Libere tempo e espaço valioso no forno comprando alguns itens pré-fabricados (não sabemos). A maioria das cozinhas domésticas não tem uma tonelada de superfície preparada, então pegar um prato crudit & eacute ou charcuterie ou um acompanhamento de trabalho intensivo permite que você se concentre no que você estão fazer, diz Albrecht. Considere completar uma refeição com um favorito local e talvez uma torta de uma barraca popular ou alguns patês de um grande dono da mercearia do Oriente Médio. Uma pequena ajuda torna uma anfitriã menos atormentada.

Embora as refeições preparadas sejam adequadas para eventos formais, elas exigem que você esteja & ldquoon & rdquo durante todo o evento. Com uma configuração de servir-se, no entanto, uma anfitriã pode lidar com a maior parte do trabalho antes da chegada da empresa e apenas reabastecer quando necessário. Além disso, os hóspedes adoram a liberdade de escolher o que desejam comer. Vá em estilo buffet com bebidas e sobremesas. Guloseimas sem necessidade de fatiar, como biscoitos e brownies, são as mais fáceis.

Aviso: você pode precisar tocar em seu lado Tipo-A para reduzir o estresse geral. De pratos a ingredientes, faça listas de tudo que você precisa, diz Simmons e mdashand risque esses itens quando você pegar tudo o que você não tiver. Depois de ter um número de funcionários limpo, reúna talheres e pratos suficientes para cobrir todos os convidados durante cada curso, com alguns extras que você não quer lavar a louça suja durante a festa. No dia anterior ao evento, arrume travessas vazias e travessas ao longo do buffet com Post-its indicando o que cada um terá. Se você tiver espaço para geladeira, agrupe os itens de que você precisa para cada prato ou prato, para não caçar durante a hora do aperto, sugere Albrecht.

Quando você está com pouco tempo e há muito o que cozinhar, é tentador calcular a média das temperaturas de cozimento dos pratos individuais para que mais pratos possam ser colocados no forno de uma vez. (& ldquo450 & ordm para as batatas e 350 & ordm para o frango? 400 & ordm então! & rdquo) Mas isso resulta em comida mal cozida, alerta Albrecht. Na verdade, quanto mais você coloca no forno, mais alta deve ser a temperatura de cozimento, embora seja preciso instinto de especialista para saber quanto. Portanto, limite o número de noshes que você assa de uma vez e considere misturá-los em algumas receitas de fogão ou fora da grelha com suas receitas de forno.

Você quer que seu sarau seja lembrado pela excelente comida e bons momentos e por convidados doentes. Comece com estas dicas anti-bactérias do USDA: Nix contaminação cruzada cortando vegetais e fatiando pão em uma tábua que é separada daquela que você usa para carne crua, frutos do mar ou aves. Use um termômetro de alimentos para garantir que você cozinhe carnes a uma temperatura interna mínima segura: 145 e ordmF para cortes de porco, bovino e outras carnes vermelhas 160 e ordmF para carnes moídas e 165 e ordmF para aves. Reaqueça todos os alimentos quentes que você preparou antes de chegar a 165 graus. O lixo come sentado em temperatura ambiente por mais de duas horas. Para manter o controle, evite encher travessas meio vazias com alimentos frescos.


Atena Calderone de EyeSwoon nos mostra como dar um baile de verão EPIC & eacutee

Se há alguém que sabe como dar um soir de verão & # xE9e, é EyeSwoon & # x2019s Athena Calderone. Se você ainda não visitou seu site lindo demais para ser verdade, você encontrará um tesouro de belas fotos e receitas refrescantes e terá um vislumbre das belas festas que ela oferece em seu retiro em East Hampton. Na sexta-feira passada, fui um dos convidados sortudos em um dos eventos de verão de Calderone & # x2019s & # xE9es, para celebrar o Vestiaire Collective, o mais recente site de remessa online de produtos de luxo que causaram sensação entre a multidão da moda. (Se você ainda não conhece o site, agora é a oportunidade perfeita para embarcar em uma maratona de compras em vestiairecollective.com). Convidados notáveis ​​incluíram a estilista Kate Foley (co-anfitriã do evento) Jessie Randall, fundadora da Loeffler Randall e Max Osterweis da SUNO. A noite foi a tríade perfeita de beleza: convidados, decoração e comida.

O quintal pitoresco de Calderone era o cenário perfeito para uma festa de verão e, para sua sorte, ela não precisa olhar muito longe quando se trata de escolher uma paleta, que foi inspirada por seu ambiente: flores roxas brotando em seu jardim e a lavanda que ela estava cortando em uma fazenda local uma semana antes. & # x201CI acho que sem esforço é a chave para evocar uma vibração de verão relaxada. A decoração do jantar foi muito pensada, mas sempre com o objetivo de mantê-lo um pouco informal. & # X201D

Para a peça central, essa simplicidade descontraída foi fundamental. Em vez de uma decoração requintada, Calderone simplesmente colocou cachos de lavanda fresca na mesa diretamente na superfície, criando um corredor bonito e perfumado que não poderia ser mais fácil de executar. Plus, the fresh herbs channeled the origins of Vestiaire Collective. “Since it is a European brand, and our goal was to celebrate the season, I began to think about the ever abundant lavender fields in Provence, France, and how they release such a swoony fragrance and are also an elegant expression of summer.”

For the menus, Calderone opted for casual kraft paper, and had them printed in unexpected white lettering which “kept things elevated.” As for the beautiful wispy bouquets at each place setting, “I worked together with Taylor Patterson of Fodder Fox Farm. Keeping within the pale purple and pink color story, we simply clipped some blooms (some purchased and others from my garden) and tied them together with nude linen fabric that was rustically torn,” explains Calderone. “I prefer for things to feel natural and undone.”

The food was equally pleasing to the eye and palate. During cocktail hour, guests enjoyed hors d’oeuvres and a lovely tequila cocktail, created by Jim Meehan (of PDT and chef Enrique Olvera of Cosme). For dinner, highlighting the season’s best produce, Cloud catering whipped up a strawberry and endive salad with whipped crème fra໬he and strawberry vinaigrette for the appetizer, and Tasmania sea trout with a medley of veggies, potatoes, and a tomato vinaigrette. Each dish came beautifully plated, with ribbons of fresh vegetables carefully arranged atop artful swipes of colorful sauces.


Cocktail Tips

Whether you're an experienced cocktail party host or are just stepping into the stylish world of cocktail party entertaining, here are tips to help make your next party a successful event.

  1. Stock up on plenty of ice. You'll need it for chilling bottles of beer, wine or champagne as well as serving in drinks on the rocks. A good rule of thumb is ​to plan to have one pound of ice per guest.
  2. Be prepared with an assortment of glass styles to cover the type of drinks you plan to serve. These include wine glasses for wines, juice and water straight-sided highballs for tall drinks tumblers for spirits and juices and martini glasses.
  3. Have twice as many glasses on hand as guests. For wine, champagne and martini glasses, wine glass charms will help guests to keep track of glasses as they mill about your party.
  4. For a two-hour party where you only plan on serving wine and/or champagne, you'll need to have one bottle for every two guests. Have a mix of white and red varieties. White used to be the predominant favorite, but red is becoming just as popular. , you'll want to stock up on vodka, whiskey, wines, and beer. For a more complete bar, you can add gin, tequila, rum, bourbon, vermouth, sherry, and brandy.
  5. Don't forget to stock up on mixers including orange juice, soda, tonic, ginger ale, cola, tomato juice, Tabasco, lemons, limes, horseradish, and Worcestershire sauce.
  6. If you anticipate your guests will be wine drinkers, you can prepare by uncorking a few bottles in advance, and then replacing the corks.
  7. Consider hiring a bartender to mix the drinks for your party. That will allow you much more time to socialize with your guests. There are even caterers that specialize in bartending services only.
  8. Have coffee available for any guests that may need a little assistance at the end of the party. Your local taxi company phone number should also be handy and offered to any guests you believe shouldn't be driving.
  9. A cocktail party is not a family event--encourage your guests with children to find a sitter for the night.

7 Rooftop Party Ideas Just In Time For Summer

Memorial Day weekend marked the unofficial start of summer, and what better way to ring in the new season than with a party that makes the most of the rising temperature and balmy nights? Look no further than your very own building for an ideal outdoor refuge that's been waiting all winter to be the backdrop of the ultimate summer bash. So gather your crew, head upstairs, and throw the best hot-weather celebration with these rooftop party ideas, just in time for summer.

Rooftop parties are a summer staple, especially if you're a city dweller. Where else can you enjoy uninterrupted views and cool breezes to wind down from hot sticky days? If you're one of the lucky individuals who has access to a party-ready rooftop, do all your friends a favor and host a get-together to put all previous rooftop gatherings to shame.

Prepare the space with decor that pulls double duty, providing a splash of color with comfy throws and adding some glitz with clever lighting options. Serve up snacks and libations that are easy to consume standing, reclined, or on an improvised dance floor. The greatest thing about a rooftop party is the space does most of the work for you, all you need to provide is a few essential comforts. After that — with the views, the breeze, and the setting that screams summer — you and your guests are destined to make some magical summertime memories.

1. Add Some Shade

If your get-together begins in daylight hours, make sure you provide some shady options with large umbrellas. You don't want to experience the toll of direct sunlight on a scorching summer day.

2. Get Creative With Comfy Seating

Make sure you have plenty of comfortable seating options for your guests. If your roof doesn't already have chairs, consider bringing some up. You can also create cozy spaces using cushions and blankets. When arranging chairs and lounging areas, consider conversation and work in clusters, ensuring that those taking seats will be able to gather together. If you're lacking cushions and feeling really creative, try your hand at making your own pillows. Throw down some outdoor rugs if you have them before putting down anything made of fabric, and try to stick with washable blankets and throws so you don't ruin your best textiles.

3. Bring The Roof To Life With Plants

Skip store-bought decorations and keep things simple with strategically placed decor you already own. The addition of a few potted plants here and there instantly ups the wow-factor (and Instagram-worthiness) of the space while also making the venue look more homey and put together.

4. Keep Food Simple For You And Your Guests

Once your party is underway, the last thing you want is to be stressing about feeding everyone and rushing back and forth between the roof and your apartment to serve up new snacks. If you're planning on cooking for your guests, make things in large batches to save time and energy. Bake a large pizza and cut it up into bite-sized finger food. Or create an array of homemade dips that can hang out in bowls while guests snack throughout the party.

If you want to take things up a notch while still minimizing your serving duties, create a hands-on food bar. For example, set up a DIY avocado station where guests can top off their own avocado halves, providing a basket of avocados and some delectable toppings like salsa and Cotija cheese.

At a rooftop party it's also important to consider how guests will be walking around with their food. If you aren't presenting snacks and dips on tables, make sure they're on sturdy trays that can easily be passed around. Have plenty of plastic plates (of the disposable variety or cheap ones you don't mind possibly sacrificing), or really get the party going with this clever drinkware-dish combo.

5. Keep Cool With Drinks And Keep Drinks Cool

Even if you're asking guests to BYOB (which is highly recommended to make sure everyone stays satiated), make sure you do serve up some of your own drinks. Cold beer and chilled wine are no-brainers for a rooftop bash, but upgrade your drinking options with some fun cocktails to kick off summer. Similar to the DIY food bar, you can set up a station where guests can play mixologist and make their own cocktails. Look up a deliciously simple recipe and provide all the right ingredients with fun labels and a card for instructions they can follow if they choose. Make sure you have plenty of ice and enough coolers to accommodate your guests so your booze stays cold even as the temperature rises.

6. Have Lighting Double As Decoration

If your summer day gathering turns into a soirée, make sure you have lighting that takes you into the evening (not to mention the proper extension cords). Even the simplest string lights instantly bring magic to any roof, but if you really want to impress, choose lights that go beyond straightforward bulbs, or get crafty and make your own like these tissue paper flowers or painted stringlights. Lanterns can also do wonders for a dimly lit roof, so round up your hurricanes and mason jars and cluster them throughout the space.

7. Complete The Scene With Music

Add that final touch of summertime magic with the perfect party playlist. Keep things chill and mellow in the first hour or two that guests arrive, so the conversation can be the star of the show. As the evening marches on, don't be afraid to turn up the beat as guests are more inclined to bust a move. Before the party starts, see who of your friends has the bluetooth speaker with the best sound quality, and if any of them happen to be musicians with a repertoire beyond "Wonderwall," let them know they're welcome to bring their instrument for an acoustic jam session al fresco.


These 15 Easy Summer Party Ideas Will Help You Throw The Ultimate Al Fresco Fête

The biggest do's and don'ts for planning any outdoor soiree.

'Tis the season of sunshine, and with the warmth comes more opportunities to entertain outdoors. Before you send out those invites, read on for event designers' essential do's and don'ts for throwing the perfect outdoor dinner party.

Beachside? Poolside? Al fresco garden party? Help your guests plan their evenings and outfits with an invitation that sets the tone for your fête. If your setting comes with clothing challenges&mdashlike high heel-stumbling grass or shoe-gritting sand&mdashthe invitation is the perfect opportunity to give everyone the heads up, too.

"From your backyard flora to your china cabinet, there are design elements for your al fresco table all around your home," says Ron Wendt of Ron Wendt Design in New York City. Try checking your backyard for natural blooming flowers or greenery to adorn the tables.

If you do decide to bring that fancy china out, tone down your tabletop with some thick cotton dinner napkins or a laid-back base setting, like rattan chargers, for a more informal fête.

Unless you have a side table to keep all the food, you're going to want to save some room for all that deliciousness. "Most al fresco dining is passed family style, and those platters need a place to sit for when all your guests want seconds," says Bri Crowley, creative director of Robertson's Flowers & Events in Philadelphia.

The whole point of an al fresco affair is to keep things light and fun, so no need to go overboard with strict seating plans or floral arrangements. "Let your table reflect the bright colors of the season by mixing up different shades of seasonal flowers for decorative arrangements, and allow your guests to naturally gravitate to the seat of their choice," Wendt says.

Whether you opt for a waft of blooming flowers, the pop of fresh-cut citrus, or the botnaical richness of herbs, smell can play a big role in creating a welcoming (and appetite-inducing) atmosphere. Drinks expert Cody Goldstein from Muddling Memories suggests stimulating your guests senses by garnishing drinks with barely smoldering cinnamon sticks, anise pods, or rosemary sprigs (light them in a fire for 5-10 seconds and then extinguish to bring out their natural aromas.) Or toss a few fresh herbs on the grill to create a scentscape that will subtley perfume the air.

Your dinner party regulars have probably already memorized your go-to playlist, so try mixing things up with something out of the box. "One of my favorite music discovery apps is Radiooooo," says Duolan Li, DJ and co-owner of Tu in Charlestown, South Carolina. "It's a music jukebox time machine that allows you to select songs based on countries and decades as opposed to genres and titles."

Outdoor dining often comes with less-than-plush seating options. Compensate by draping cozy-making fabrics like chic Turkish towels, over chairs and benches.

Rather than mixing up individual cocktails behind the bar, free your hands up by embracing the old-school cool of a classic punch or pitcher cocktail and let guests help themselves.

Before you go crazy with those arrangements, take a moment to consider how much space you're actually working with. "If your floral garlands are too wide, your guests might get more than what they bargained for in their salads!" Crowley says. On the other hand, if you&rsquore using smaller bistro tables, a large floral arrangement could take away from the food.

Setting up DIY food bars not only takes the pressure off serving, it also creates a fun way for guests to create their own meals. Here are a few of New York City-based event designer Jung Lee's favorites:

Taco Bar: "I&rsquod offer grilled shrimp, chicken and meat, salsa, guacamole, lettuce, shredded cheese, cilantro, hot sauce, and blue corn nachos."

Burger Bar: "I&rsquod serve turkey, tuna, and beef&mdashsmall buns, bibb lettuce, sliced tomatoes, sliced onions, pickles, at least two types of cheese, condiments, and chips on the side."

Grilled Pizza Bar: "Prepare a slew of toppings&mdashsausage, herbs, fresh tomato, peppers, mushrooms, hot chili flakes and truffle oil."

Or if you&rsquore pressed for time, outsource the whole thing and order dumplings and different dipping sauces, for a make-shift dumpling bar, Jung adds

If you prefer a plated dinner, be selective in allocating your time so you don't spend the whole party laboring away in the kitchen. Choose one course to dedicate your efforts to - say, a dramatic main, like whole roasted fish or rack of lamb - then opt for family-style starters and sides that can be prepared in advance and served at room temperature.

Between the heat and the insects, you might want to rethink bringing out those bigger dishes too soon. "It&rsquos perfectly fine to set out cold hors d'oeuvres outdoors, but as your first course may be more complex, it&rsquos best to store it inside until the sun sets or the temperature goes down so that it doesn&rsquot spoil," Wendt says.

A tip for your serving area: Lay it out so that it&rsquos no more than 12 feet away from your dining table. "That way, your guests can get up and serve themselves without having to leave the conversation at the table," Wendt adds.

While you shouldn't go crazy with lighting options, you also don't want your guests to be left in the dark when that beautiful sun starts to set. "You need lighting from above and below to insure the perfect ambience," Wendt says. Soft lighting is usually best, in the form of string lights or a lantern over the table. If you have an open umbrella, even better for hanging bistro lights! Lastly, just add hurricane lamps and flood the table with votives, Wendt says, and your table is set.

No need to worry about pulling a Mary Berry (or rushing out to your local bake shop before your guests arrive.) Keep things breezy by laying out some farmers' market fruit, assorted cheeses, or imperfectly-perfect hunks of dark chocolate for everyone to nibble, Italian-style. Trust us, you'll get no complaints.


Assista o vídeo: Looks estilosos de VERÃO que não podem faltar na sua mala! Layla Monteiro (Dezembro 2021).